Em tarde de Fabuloso, São Paulo vira e vence no Pacaembu

Em seu primeiro encontro com o Corinthians nesta passagem pelo São Paulo, Luis Fabiano brilhou e marcou os dois gols da vitória tricolor, por 2 a 1, neste domingo, no Pacaembu. O Tricolor não vencia o rival no estádio desde 2005 e colecionava seis derrotas consecutivas.

O Fabuloso, que voltava de lesão após seis jogos, transformou a história de uma partida que começou com amplo domínio alvinegro e gol de Emerson logo aos cinco minutos. Os tentos ainda alçaram o centroavante ao posto de artilheiro do Campeonato Brasileiro, com nove gols, ao lado de Fred e Vagner Love. Para completar, o goleador chegou aos seis tentos anotados em seis duelos com o rival na carreira.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 31 pontos e pulou para o quinto lugar da competição nacional, que chegou à metade. Já o Corinthians, com 24, segue em 11º.

As duas equipes voltam a campo no meio de semana. O Timão joga na quarta-feira, contra o Fluminense, no Engenhão. Já o Tricolor duela com o Botafogo no dia seguinte, no Morumbi.

O JOGO

O Corinthians entrou em campo disposto a sufocar o São Paulo. A metade inicial do primeiro tempo foi completamente dominada pelos comandados de Tite, que transformaram a ampla superioridade em gol logo aos cinco minutos, quando Paulo Assunção cochilou na saída de bola e foi desarmado por Paulinho, que rolou para Emerson chegar batendo firme para marcar.

O que já era ruim ficou ainda pior com a desvantagem. Além de sofrer para se acertar taticamente com Douglas improvisado na lateral-esquerda (Cortez cumpriu suspensão) e Paulo Miranda na direita, o Tricolor acusou o golpe e passou a errar lances fáceis.

Perdido, o São Paulo poderia ter sido atropelado se Rogério Ceni não fizesse boas defesas em chutes de Paulinho e Douglas, aos oito e aos nove minutos. Aos 13, foi Douglas, o são-paulino, quem salvou: após chute forte de Emerson da entrada da área, a bola bateu no lateral, que estava caído quase na linha do gol, e saiu.

Ney Franco resolveu agir e inverteu seus laterais. O time melhorou, viu o ímpeto corintiano diminuir e logo empatou. Aos 23 minutos, Luis Fabiano recebeu de Lucas pela direita da área e bateu cruzado, igualando o placar e o jogo, que passou a ter chances dos dois lados. Pelo Corinthians, Emerson obrigou Ceni a defender mais uma, aos 24. Do lado visitante, Maicon chutou para fora após receber grande passe de Jadson, aos 30, e Lucas deu trabalho a Cássio em chute forte dentro da área, aos 37.

Tite trocou Douglas pelo argentino Martínez no intervalo, mas foi o São Paulo quem começou melhor na etapa final. Aos dez minutos, Maicon acionou Luis Fabiano, que sairia na cara do gol se a arbitragem não marcasse impedimento de forma equivocada. No lance seguinte, foi a vez do Corinthians reclamar: com o pé alto, Emerson tomou a bola de Rafael Toloi e foi atingido dentro da área. Wilson Seneme, juiz da partida, nada marcou.

Aos 16 minutos, Luis Fabiano recebeu mais uma bola em posição legal, de Jadson, e desta vez não houve quem o interrompesse. Cássio até tentou, mas foi driblado com uma meia-lua antes de ver o camisa 9 empurrar para as redes.

Assim como o São Paulo no primeiro tempo, o Corinthians sentiu o gol tomado. Tanto que Luis Fabiano teria mais uma chance clara para marcar se Fábio Santos não o derrubasse na entrada da área, aos 26 minutos. Na cobrança, Rogério Ceni deu uma cavadinha e Cássio segurou com tranquilidade.

Passado o susto, os mandantes esboçaram reação. Aos 30, de cabeça, Romarinho assustou. No lance seguinte, de falta, Chicão quase fez. Tite mexeu aos 34, lançando o time à frente com Ramírez no lugar de Alessandro. Ney Franco só alterou aos 41, com Cícero no lugar do esgotado Maicon. Ao mesmo tempo, o estreante Guilherme substituiu Paulo André no Timão, que pressionou. Aos 45, Paulinho pegou a sobra na área, chutou de primeira e viu Paulo Miranda salvar o São Paulo. Foi a última chance.

Só houve tempo para Luis Fabiano ser substituído embaixo de muitos aplausos para a entrada de Casemiro.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 1 X 2 SÃO PAULO

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 6/4/2011 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Seneme (Fifa-SP)
Auxiliares: Marcelo Van Gasse (Fifa-SP) e Herman Vani (SP)

Renda/público: R$ 1.075.972,56/34.843 pagantes
Cartões amarelos: Rafael Toloi, Maicon (SPO); Paulo André, Romarinho, Chicão (COR)
Cartões vermelhos:
GOLS: Emerson, aos 5’/1ºT (1-0); Luis Fabiano, aos 23’/1ºT (1-1); Luis Fabiano, aos 16’/2ºT (1-2)

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro (Ramírez – 34’/2ºT), Chicão, Paulo André (Guilherme – 41’/2ºT) e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas (Martínez – Intervalo) e Danilo; Romarinho e Emerson. Técnico: Tite

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Douglas; Paulo Assunção, Denilson, Maicon (Cícero – 41’/2ºT) e Jadson; Lucas e Luis Fabiano (Casemiro – 46’/2ºT). Técnico: Ney Franco

Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*