Elogiado, Casemiro só retorna ao banco para time ter três atacantes

As duas partidas seguidas que Casemiro fez como titular agradaram a Ney Franco, mas o volante deixará o time neste sábado mesmo assim. Ele foi sacrificado para que o treinador reforce o ataque, com a entrada de Osvaldo ao lado de Lucas e Luis Fabiano.

“Jogou bem, mas sai porque estamos com boas opções para esse jogo. Se o Wellington não atuar na lateral direita, também vai ficar na reserva, mesmo tendo ido bem no último jogo. É que quero entrar com o time mais forte ofensivamente, com três atacantes”, justificou.

O time que vai a campo diante da Portuguesa, no Morumbi, será formado por Rogério Ceni; Wellington (Rodrigo Caio ou Paulo Assunção), Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano.

Casemiro foi titular em duas rodadas por causa das ausências de Maicon e Denilson. Com ambos novamente à disposição – além de Wellington –, o camisa 28 se vê obrigado a mostrar ainda mais serviço diante da concorrência cada vez maior no meio-campo.

No início de agosto, Ney Franco expôs publicamente que Casemiro estava “muito abaixo na parte física” em relação aos companheiros de elenco e passou a solicitar trabalhos complementares ao volante, que começou a treinar, algumas vezes, também no contraturno do elenco.

“Foi opinião do treinador. Se ele entendeu assim, tentei trabalhar da melhor forma, à parte. Trabalhei a parte física por conta própria, vim trabalhar sozinho no CT para recuperar a parte física”, disse o jogador, na última segunda-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Elogiado, Casemiro só retorna ao banco para time ter três atacantes

  1. ESCALANDO O DENILSON E DEIXANDO O WELINGTON NA RESERVA É MAIS UMA PROVA DE QUE O NEI FRANCO É FRACO COMO TÉCNICO. VAMOS VER O JOGO E O QUE O DENILSON NÃO FARÁ, MAS EU JÁ AVISO QUE ELE NÃO VAI MARCAR NINGUEM, NÃO VAI DESARMAR, NÃO VAI GANHAR DIVIDIDAS, NÃO VAI CHUTAR A GOL, ETC, PARECE BRINCADEIRA, MAS ALGUÉM SENTIU FALTA DELE NO JOGO CONTRA O ATLÉTICO MINEIRO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*