Dupla Lucas-Ney Franco tenta manter-se 100% no Brasileirão

Vivendo um bom momento no Brasileirão, o São Paulo pode alcançar neste domingo, diante do Bahia, em Pituaçu, sua quarta vitória seguida no torneio nacional.

A sequência de resultados positivos do Tricolor coincide com o retorno de Lucas da Olimpíada, que desde que chegou de Londres (ING), não sabe sequer o que é empatar uma partida com a equipe.

Quem agradece as boas atuações e o 100% de aproveitamento do camisa 7 nesse período é o técnico Ney Franco, que passou por momentos delicados nesses dez jogos em que não pôde contar com o atleta (veja mais logo abaixo).

E justo agora, ainda disfrutando da invencibilidade recente de Lucas e da boa fase à frente do time, o comandante são-paulino vai ganhar problemas novamente.

Convocado para os amistosos da Seleção Brasileira contra África do Sul e China, o jogador perderá as próximas duas rodadas do Brasileiro (Internacional e Santos).

Não querendo relembrar os dias ruins em que Lucas esteve com a amarelinha em Londres, Ney Franco já cogitou até recorrer à CBF para não perder o jogador. Porém, o pedido não “depende” só da enorme vontade do São Paulo e do treinador.

– Estamos trabalhando com o Lucas fora dos dois jogos. Se algum jogador for liberado para os seus clubes, vamos pedir para o Lucas também jogar. Estamos respeitando a convocação, mas atentos aos outros clubes. Se alguém for favorecido, pedimos para o Lucas (voltar) também – disse o técnico, em entrevista coletiva após a vitória sobre o Botafogo.

Enquanto ainda tem a opção de escalar o meia-atacante, Ney só pensa em conquistar mais três pontos em Salvador e manter os 100% da dupla na competição.

Para a sequência sem ele, o Tricolor confia em Osvaldo, que voltou bem de lesão. Se Lucas vai ser substituído à altura? Ney Franco torce para que sim, mesmo com os números resistindo em dizer que não.

Antes de Londres
Na última partida antes de servir a Seleção Brasileira, o meia participa da vitória contra o Coritiba, no Morumbi, e deixa a equipe posicionada entre os quatro primeiros. Neste triunfo, o já contratado Ney Franco fica no camarote, enquanto Milton Cruz comanda a equipe do banco de reservas, como aconteceu uma rodada antes, diante do Cruzeiro.

Durante a Olimpíada
O Tricolor oscila na tabela e apesar de conquistar algumas vitórias, chega a ficar seis pontos distante do G4. No período sem o camisa 7, perde para o Atlético-GO e também Vasco, em casa. Situação se complica ainda mais com a série de três derrotas seguidas ante Fluminense, Grêmio e Náutico. No último compromisso sem Lucas, vexame com a goleada sofrida nos Aflitos.

Retorno e recuperação
Sem ser muito utilizado por Mano Menezes, Lucas retorna contra a Ponte Preta e participa ativamente na vitória ao fazer um gol. Na sequência, outro triunfo, desta vez diante do Bahia, e classificação na Copa Sul-Americana. Depois, virada contra o Corinthians com direito uma assistência e na sequência goleada sobre o Botafogo com mais um gol. Time volta a colar no G4.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*