Dorival tem cinco candidatos para a vaga de Cueva

O São Paulo volta aos treinos na tarde desta segunda-feira, e o técnico Dorival Júnior terá três dias para encontrar o substituto de Cueva para montar o time que enfrentará a Chapecoense, na quinta-feira, no estádio do Pacaembu.

O camisa 10 já se apresentou ao técnico da seleção peruana, Ricardo Gareca, para os jogos da repescagem da Copa contra a Nova Zelândia, que serão disputados nos dias 11 e 15. Por causa disso, ele perderá três confrontos: o deste meio de semana, Vasco (domingo, no Rio) e Grêmio (dia 15, em Porto Alegre).

O comandante são-paulino não quis dar pistas do substituto. Abaixo, o GloboEsporte.com faz uma análise dos candidatos ao posto do meio-campista, com suas qualidades e deficiências.

Lucas Fernandes

Lucas Fernandes pode voltar ao time titular na quinta-feira (Foto: Érico Leonan / site oficial do SPFC)

Lucas Fernandes pode voltar ao time titular na quinta-feira (Foto: Érico Leonan / site oficial do SPFC)

Revelado na base, o camisa 11 já disputou 12 partidas sob comando de Dorival Júnior e marcou um gol, no empate por 1 a 1 com o Grêmio, em partida realizada no dia 24 de agosto, no Morumbi. O garoto, no entanto, não conseguiu manter uma sequência de bons jogos e passou a ser criticado pelo torcedor. Após a partida contra o Fluminense, quando foi substituído no intervalo, acabou barrado pela comissão técnica. Não é veloz, mas tem qualidade no passe e no chute de longe.

Jonatan Gomez

Jonatan Gomez é polivalente no meio-campo tricolor (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Jonatan Gomez é polivalente no meio-campo tricolor (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Um dos reforços contratados no meio do ano custou R$ 800 mil e assinou contrato de três anos. Pode ser usado em qualquer posição do meio-campo, já que sabe atuar mais recuado, priorizando a marcação, ou mais adiantado, encostando no ataque. Até agora, atuou em 11 partidas com Dorival Júnior e não marcou gols. Na última vez que foi utilizado como titular, contra o Vitória, não teve boa atuação e acabou substituído.

Shaylon

Shaylon pode ganhar uma chance na partida de quinta-feira (Foto: Rubens Chiri / site oficial do SPFC)

Shaylon pode ganhar uma chance na partida de quinta-feira (Foto: Rubens Chiri / site oficial do SPFC)

Assim como Lucas Fernandes, também foi revelado na base. Ainda carece de maior experiência mas, quando foi usado por Dorival Júnior, deu uma boa resposta. Tem um estilo de jogo que lembra Paulo Henrique Ganso. Não é rápido, mas tem boa visão de jogo, procura sempre deixar o companheiro na cara do gol. Pode atualizar centralizado, como também aberto pelo lado direito. Até agora, disputou quatro jogos e marcou um gol, na derrota por 3 a 1 para o Fluminense.

Maicosuel

Questões físicas ainda atrapalham Maicosuel no São Paulo (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Questões físicas ainda atrapalham Maicosuel no São Paulo (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

O camisa 7 chegou ao São Paulo em junho após ser contratado por R$ 3,6 milhões. Por problemas físicos, ficou três meses e meio parado. Quando começava a recuperar seu espaço dentro da equipe, inclusive marcando o gol da vitória do Tricolor sobre o Atlético-PR, sentiu dores na coxa direita e perdeu as partidas contra Flamengo e Santos. Não foi relacionado contra o Atlético-GO por ainda não estar 100%. Pode voltar na quinta. Até agora, jogou quatro vezes com Dorival.

Thomaz

Thomaz disputou apenas duas partidas com Dorival Júnior.  (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Thomaz disputou apenas duas partidas com Dorival Júnior. (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Reforço contratado no começo do ano a pedido de Rogério Ceni, é um meia-atacante que tem bastante velocidade e que também sabe jogar pelas pontas. Só que peca pela irregularidade e foi pouco usado por Dorival Júnior até agora. Foram apenas duas partidas (Vitória e Fluminense) e no total, esteve em campo por apenas 43 minutos. Com uma sequência de jogos, pode repetir o que mostrou em alguns jogos do Campeonato Paulista.

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Dorival tem cinco candidatos para a vaga de Cueva

  1. O certo seria, colocar thomaz ou maiconsuel, que são jogadores no ápice e que tem muita velocidade, Thomaz faz melhor a distribuição de passes, mas maiconsuel e melhor no cabeceio, finaliza melhor e faz a infiltração em jogadas individuais combina melhor com o estilo do Marcos guilherme, e pra posição do pratto que se machucou colocaria o BRENNER !!

  2. E ai que esta minha tristeza. Eu tinha muita esperança mesmo em Lucas Fernandes e Shaylon. Acho que ainda precisam de mais oportunidades, mas penso que se destacassem pelo menos em treinos, não geraria dúvidas, já seriam titulares diretos. O Brenner também é outra aposta que gostaria de ver mais em campo, agora, com menos tempo que outros, entrando num segundo tempo.
    Mas melhoramos. Vamos em breve sair deste fantasma de rebaixamento, tenho fé e certeza e ao mesmo tempo que pena. Jogamos um ano fora vendo um time de m… das galinhas, honestamente pior que o nosso tecnicamente prestes a vencer o campeonato. Isso dá ódio.
    e
    Uma dúvida que carrego é o que será de nosso time em 2018. Metade vai embora. Se demorou para dar “liga” mesmo que modesta, imaginem sem parte deste time, começando quase do zero. Isso também me preocupa. E espero que contratem melhor…..e não essas contratações sem sentido tipo Aderlans da vida….alguem ganha dinheiro, nós sofremos e não ganhamos nada…..

  3. Meu deus, cada jogador, um exemplo como precisamos de reforços em 2018.
    Gostaria de ver o Brener. Mas acho que vai ser o Gomez ou o Thomaz
    Não adianta vim reclamar do Dorival depois, olha nosso elenco

  4. Jonatan Gomez, Buffarini, Centurión…..chega de tanto gringo ruim de bola, vamos dar oportunidade para a base, lembrando que foi essa mesma base que fez o clube respirar e saldar parte das dívidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*