Dividindo armação com Kaká, Ganso prevê mais espaço para jogar

Na mudança feita pelo técnico Muricy Ramalho para proporcionar a entrada de Kaká no meio-campo do São Paulo, nenhum jogador deve ganhar tanto quanto Paulo Henrique Ganso. Responsável pela armação no esquema 4-2-3-1, o ex-santista agora terá a responsabilidade dividida com o camisa 8. E isso poderá fazer bem ao time, principalmente porque o Tricolor tem sofrido diante de adversários que jogam priorizando apenas a marcação.

– O Kaká está entrando na equipe agora, mas todos nós sabemos que ele tem uma qualidade enorme, e com certeza vai poder nos ajudar já no primeiro jogo. A presença dele fará com que os adversários tenham mais uma cara com quem se preocupar, e aí acredito que vamos ter mais espaços pra poder trabalhar ali no meio – afirmou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube do Morumbi.

Além de mais opções para armar, a presença da dupla Kaká e Ganso também permite o revezamento das peças. Quando um arma, o outro sobe e vice-versa. No treino realizado nesta quinta-feira, isso já foi notado.

– Acredito que a nossa equipe vai ganhar muito em criatividade. Já deu para perceber isso no treino de hoje. Nós dois conseguimos também nos dividir para entrarmos mais na área. Quando um vai, o outro pode ficar. Com isso, poderemos ajudar os atacantes e também finalizar – analisou o camisa 10.

Com muita qualidade técnica, Paulo Henrique Ganso não vê a hora de entrar em campo para jogar ao lado do reforço são-paulino.

– Espero que possamos fazer uma parceria de sucesso – disse.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*