‘Curinga’, Rodrigo Caio sonha em se firmar na zaga: ‘Posso evoluir muito’

O São Paulo perdeu para a Portuguesa, mas voltar a jogar como zagueiro animou Rodrigo Caio. Depois de ser volante e lateral-direito nesta temporada, o jogador se empolgou com a possibilidade de permanecer na função em que chegou às categorias de base do Tricolor.

– Sempre gostei de jogar na defesa. Infelizmente, não pude continuar a minha carreira como zagueiro na base, principalmente por ter machucado o joelho e não ter crescido tanto, e acabei sendo adiantado para volante. Mas, se o São Paulo precisar que eu atue como zagueiro novamente, estou à disposição para ajudar – afirmou ao site oficial do São Paulo.

Reserva no primeiro semestre, Rodrigo Caio passou a ter mais chances com Ney Franco depois da eliminação na Taça Libertadores. No entanto, sofreu para se firmar pelas constantes trocas de posições, já que o time tinha carências no meio de campo e na lateral.

A troca de comando, aliás, não o tirou de ação. O jogador, de 19 anos, foi utilizado nas dez partidas dirigidas pelo técnico Paulo Autuori. Com Edson Silva e Paulo Miranda lesionados, o treinador recorreu a ele para formar a dupla de zaga com Rafael Toloi na derrota por 2 a 1 para a Portuguesa, no último domingo, no Canindé.

Rodrigo Caio, aliás, tem grandes chances de ficar na posição. Os dois zagueiros continuam no departamento médico sem previsão de retorno. A outra alternativa do treinador é escalar o garoto Lucas Silva, de apenas 17 anos. Com a carência no setor, a diretoria tenta a contratação de Roger Carvalho, ex-Bologna, e Antônio Carlos, do Botafogo.

– Eu acredito que posso evoluir muito nessa posição se precisarem de mim. Sempre gostei e me senti confortável jogando mais atrás e meu desejo é apenas de ajudar o São Paulo. Tenho me dedicado e trabalho firme para tirar o time dessa situação no Campeonato Brasileiro – ressaltou Rodrigo Caio.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.