Crise troca de lado e São Paulo pode ultrapassar o Corinthians no domingo

Há cinco rodadas, o Corinthians falava em título e zombava da situação de seu rival São Paulo, que atravessava grave crise interna e na zona de rebaixamento. Mas desde então uma impressionante reviravolta ocorreu nos clubes.

O time alvinegro entrou numa terrível série sem vitórias, acentuada após derrota contra a Ponte e agora vê o grupo de baixo se aproximar. Já a equipe do Morumbi celebrou sua 3ª vitória com Muricy e dá sinais de que não retornará à faixa dos últimos colocados.

Algo improvável até 30 dias atrás pode se materializar neste domingo: o São Paulo (27 pontos e sete vitórias) pode ultrapassar o Corinthians (30 pontos e sete vitórias) na tabela, desde que vença o Goiás, em Goiânia, e o Corinthians perca para o líder Cruzeiro, no Pacaembu.

Com 30 pontos, o Corinthians somou apenas 1 ponto nos últimos 15 disputados. Seu milionário ataque capenga no Brasileirão. Emerson, Pato, Romarinho e Guerrero seguem devendo. O time é o 2º que menos fez gols, à frente apenas do lanterna Náutico, e marcou apenas um gol nos últimos cinco jogos.

Na derrota por 2 a 0 contra a Ponte Preta, quarta, em Campinas, o Corinthians novamente foi vencido por gols nos minutos finais (ambos após os 41 min da 2ª etapa). Assim também havia sido contra o Botafogo (1 a 0) e Goiás (2 a 1).

“Tem de tentar mudar dentro do próprio jogo, como fez hoje [quarta], fazer alternativas, mudar a armação, com dois volantes liberando laterais. É um momento de persistência para encontrar o melhor momento da equipe”, disse Tite.

Já o São Paulo conseguiu superar intensas desavenças políticas e internas. Foi necessário que seu 3º técnico no torneio, Muricy Ramalho, arrumasse o time em campo e retomasse o caminho das vitórias. Na quarta-feira, a equipe superou o Atlético-MG por 1 a 0, a 3ª seguida.

Muricy diz não ter havido “fórmulas mágicas”, mas conseguiu zerar a defesa (não sofreu gol nos 3 jogos) e enfatizou a necessidade de se trabalhar para se reerguer.

“É pouco a pouco, trabalhando, é decisão atrás de decisão. Não sou do tipo de técnico que chega e quer mudar tudo. Vou trabalhando e conseguindo a confiança de todos”, disse o treinador.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Crise troca de lado e São Paulo pode ultrapassar o Corinthians no domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.