Cotado como titular, Daniel se livra de lesões e supera desempenho de 2015

Recuperado dos problemas físicos que o afastaram do São Paulo em 2015, o meia Daniel tem ganhado aos poucos a confiança do técnico Edgardo Bauza. O jogador, que é cotado para integrar o time titular pela terceira vez no ano, superará o rendimento que teve com a camisa tricolor no ano passado caso enfrente o Botafogo-SP, nessa quarta-feira, no estádio do Pacaembu. Para o atleta, o jogo é mais uma chance de mostrar ao treinador que as contusões já fazem parte do passado.

Daniel chegou ao Tricolor no final de 2014, após o Palmeiras desistir de sua contratação. À época, ele se recuperava de uma cirurgia que reconstituiu o ligamento cruzado do joelho direito, lesionado no dia 3 de setembro daquele ano, no período em que defendida o Botafogo. A diretoria alviverde havia cancelado o negócio após o departamento médico do clube descobrir que Daniel precisaria passar por uma nova cirurgia. O São Paulo, no entanto, comprou a aposta e firmou vínculo com o jogador.

Apresentado só em setembro do ano passado, Daniel foi acionado pela primeira vez pelo colombiano Juan Carlos Osorio aos 30 minutos do segundo tempo do empate por 0 a 0 com o Joinville, fora de casa, no dia 2 daquele mês. Ele voltou a atuar em 14 de outubro, sob o comando de Doriva, ao substituir Michel Bastos aos 38 minutos do segundo tempo da derrota por 2 a 0 para o Fluminense, no Maracanã. Após o duelo, Daniel caiu no ostracismo e não teve mais oportunidades.

A contratação de Bauza poderia ter facilitado as coisas para o meia, mas uma contratura muscular sofrida logo na pré-temporada, durante um jogo treino com o Juventus, atrasou o cronograma traçado para o atleta. Ele só teve uma oportunidade na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, quando começou como titular e ficou em campo até os 15 minutos do segundo tempo. No último domingo, no empate por 1 a 1 contra o Ituano, o meia voltou a figurar entre os 11 iniciais e só foi substituído por Centurión aos 28 do segundo tempo.

“Fiquei feliz com minha exibição. Fique quase um ano sem jogar, e mesmo parado durante esse período, estou aguentando bem fisicamente. Esses dois jogos me deram muita confiança. Eu sei que ainda posso render mais e a cada jogo estou me sentindo melhor”, afirmou o jogador, dono de uma das melhores chances criadas contra o Ituano. Aos 46 minutos do primeiro tempo, ele mandou um chute de fora da área e exigiu que o goleiro Fábio fizesse a defesa.

Diante dos dez desfalques que terá para a partida contra o Botafogo-SP, sendo que entre eles estão Wesley, Rogério e Michel Bastos, Bauza ficou sem muitas opções para manter o esquema 4-2-3-1 com dois pontas abertos no campo ofensivo. É nesse vácuo de atletas com características ofensivas que Daniel receberá a terceira chance como titular. Ele deverá ficar aberto pela esquerda, enquanto Centurión ocupará o posto na outra extremidade do campo. No segundo tempo, para preservar a condição física do meia, o Patón poderá optar pela entrada de Kelvin para desempenhar a mesma função.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Cotado como titular, Daniel se livra de lesões e supera desempenho de 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*