Contratações da era Ceni perdem espaço no São Paulo de Dorival

Em delicada situação no Campeonato Brasileiro, o São Paulo contratou 19 jogadores para a temporada de 2017, sendo que 16 tiveram suas transferências negociadas no período em que Rogério Ceni era o treinador. A grande maioria dos reforços, contudo, perdeu espaço desde que Dorival Júnior assumiu a equipe.

Apenas Sidão, Edimar, Robert Arboleda, Petros e Lucas Pratto vêm sendo utilizados costumeiramente pelo novo técnico. O goleiro, que foi um pedido pessoal de Ceni, recuperou a posição há pouco, já que Dorival não vinha gostando das atuações de Renan Ribeiro.

Os outros 11 atletas contratados na era Rogério Ceni, que durou pouco mais de sete meses, estão ou relegados à condição de reservas, ou machucados, ou já deixaram o clube. Boa parte dos jogadores se insere no primeiro caso. O mais emblemático é o de Jucilei, que chegou com status de titular, mas que perdeu espaço no time nas últimas rodadas.

São acionados ocasionalmente no decorrer das partidas: Marcinho e Thomaz, que foram pedidos especiais de Ceni, Maicosuel, Denilson, Jonatan Gomez e Aderllan. Este último, na verdade, nem sequer estreou com a camisa tricolor, embora esteja fazendo parte do elenco desde julho.

Também trazidos com o aval de Rogério Ceni, Neilton e Cícero já deixaram o São Paulo. O atacante não se adaptou ao clube e foi transferido para o Vitória, ao passo que o meio-campista, afastado por Dorival, rescindiu o contrato na última quinta-feira e está a caminho do Grêmio.

Já Wellington Nem e Morato, cujos contratos de empréstimo se encerram no fim do ano, estão se recuperando de cirurgias no joelho direito e podem não vestir mais a camisa tricolor, já que deverão reunir condições físicas de voltar a jogar somente em 2018.

À frente da equipe são-paulina desde 10 de julho, Dorival recebeu três reforços desde então: Marcos Guilherme, Hernanes e Bruno Alves. Os dois primeiros são titulares, enquanto o segundo, que foi contratado por indicação do treinador, fez apenas duas partidas pelo Tricolor.

Apesar das mudanças de Dorival, o São Paulo segue em fase complicada no Brasileirão. A 13 rodadas para o término da competição, o time ocupa o 17º lugar, com 28 pontos ganhos, ainda ocupando a zona de rebaixamento. O próximo compromisso é o duelo com o Sport, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.