Conselho do São Paulo marca reunião que pode expulsar Ataíde e Aidar

O Conselho Deliberativo do São Paulo marcou para o dia 25 de abril (segunda-feira) uma reunião extraordinária que definirá o futuro do ex-presidente Carlos Miguel Aidar e do ex-vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro, atual diretor de relações institucionais, no clube.

A comissão de ética vai dar seu parecer após a investigação da briga entre os dois e vai sugerir uma definição para o caso. A punição (ou arquivamento) apontada pelo relatório será acatada ou não pelos conselheiros. Em último caso, eles podem ser expulsos. A informação foi publicada pelo site do “Lance!” e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O parecer da comissão de ética tem quatro possibilidades: suspensão de 30 dias, suspensão de 90 dias, arquivamento e cassação do mandato de conselheiro.

Aidar e Ataíde foram denunciados pela comissão de ética tricolor por causa de uma briga em outubro do ano passado, em um hotel na zona sul de São Paulo. Na ocasião, Aidar teria oferecido comissão na contratação de um atleta na Portuguesa. Irritado com a proposta, Ataíde tentou agredir o então presidente. Depois, elerenunciou sob denúncias de corrupção.

Segundo conselheiros ouvidos pela reportagem, o parecer não foi enviado para análise antes da reunião extraordinária. Pelo relato, muitos membros do Conselho querem a expulsão de Aidar, e Ataíde deve receber uma punição mais leve.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Conselho do São Paulo marca reunião que pode expulsar Ataíde e Aidar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*