Com mais 11 meses de contrato, Renan Ribeiro avisa que quer ficar

Renan Ribeiro está a 11 meses do fim de seu contrato com o São Paulo e ainda não foi procurado pela diretoria. Mas o titular absoluto do gol no time de Rogério Ceni procurou não demonstrar qualquer falta de tranquilidade com a situação e pede para renovar.

– Meu contrato vai até maio. Não fui procurado ainda, mas meu pensamento está em campo. deixo essas coisas na mão dos meus empresários. Quero ficar por muito tempo, mas a decisão não é minha. Procuro sempre ajudar e, o tempo que estiver aqui, tenham certeza de que darei o melhor.

O discurso do goleiro condiz com a postura da diretoria são-paulina. Os dirigentes não têm pressa em renovar seu vínculo, mas aprovam sua condição – Renan Ribeiro saiu de terceira opção para titular absoluto, superando Denis e o recém-contratado Sidão.

Mas Renan foi sincero durante sua entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda. O goleiro de 27 anos, há quatro temporadas no Tricolor, admitiu que seria melhor entrar em campo ciente de que tem um futuro mais longo garantido no clube em que está atuando.

– Quando jogador tem contrato mais extenso, tem um pouco mais de tranquilidade. Mas meu pensamento é, no tempo em que estiver aqui dentro, dar o meu melhor. Renovação é com a diretoria e meus empresários. Meu papel é cumprir o tempo que tenho aqui, sejam 11 meses, um ano… Meu pensamento é vir, fazer o melhor nos treinos e estar tranquilo para ajudar o São Paulo.

Confira outros assuntos abordados pelo goleiro durante sua entrevista coletiva:

Reforços
Confio em quem já está no elenco. Todo jogador é bem-vindo e, quem vier, que consiga dar o melhor.

Janela e chance de mais vendas
Estou em um grande clube. Propostas sempre vão chegar. Todos que jogam em time grande têm maior visibilidade. Isso preocupa. Ficamos felizes pela visibilidade, mas cabe a quem está presente esquecer o extracampo quando for acionado para estar em campo e fazer o melhor.

Brasileirão
O Campeonato Brasileiro é difícil. O mais importante é somar três pontos em casa e, quando sair, procurar sempre a vitória, como deve ser no São Paulo. Contra a Ponte, fizemos um bom primeiro tempo, uma desatenção no segundo tempo e sofremos o gol. Não tivemos tanta oportunidade para fazer gol, mas empate estava de bom tamanho. Agora, é conseguir três pontos contra o Vitória, em casa, e seguir nossa caminhada.

Lugano
O Lugano é um jogador experiente, muito importante, cobra bastante do mais novo e do mais velho. Tem muito tempo no clube. A decisão de renovar o contrato dele cabe ao presidente e à diretoria, já devem estar se comunicando. Posso dizer que Lugano é muito importante, mas a decisão é da diretoria.

Briga por título
Temos um bom elenco. Todo jogador no São Paulo precisa pensar em título. Viemos de duas vitórias, sofremos a derrota contra a Ponte, mas o Brasileiro é extenso. Contra o Vitória, temos a oportunidade de reverter os três pontos que perdemos em Campinas para dar sequência na competição

Luiz Araújo
Todo jogador no elenco é importante. O Luiz Araújo é garoto, novo, teve ascensão logo que subiu. Ajuda muito, mas tem muito que aprender, na marcação, recomposição do time. Se está indo embora, desejo boa sorte e que aproveite. O Rogério e os mais experientes conversam para ele não perder vontade e alegria em campo, mas com responsabilidade. É um grande jogador que precisa marcar e usar o ponto forte dele, que é a velocidade.

Torcida barrada em Campinas
O torcedor do São Paulo sempre é importante. Lotam o Morumbi, são o 12° jogador. Não sabia que não puderam ir ao estádio, mas peço que as pessoas que não os deixaram ir que não façam mais isso, eles são muito importantes

Reposição para Luiz Araújo
O Araújo é importante para a equipe, mas o elenco é grande. Não é tão grande como muitos, mas temos peça de reposição, sabendo que acada atleta tem sua importância. O Rogério é inteligente, vai saber posicionar se perder Luiz Araújo, Thiago Mendes ou quem sair.

Derrota para a Ponte Preta
Cada partida é uma partida diferente da outra. No primeiro tempo, não tivemos tanto a posse de bola. Contra o Palmeiras, esperamos um pouco mais e usamos o contra-ataque. Contra a Ponte, nem eu nem o Aranha fomos muito exigidos, sem muita finalização. A Ponte aproveitou a oportunidade e perdemos. Cabe a nós trabalhar para o próximo jogo, pegar o que foi de positivo e negativo e criar cada vez mais para sair vitorioso.

Dança dos técnicos
O Brasil tem muito essa troca de treinadores, não dá muito tempo para aprimorar o trabalho. A cobrança sempre vai existir no Brasil, se perde duas, três partidas está tudo errado, tem que mudar alguma coisa e sobra para alguém.

 

Fonte: Lance

 

Nota do PP: logo mais, às 22h, você ouve a entrevista, na íntegra, de Renan Ribeiro. Também vai ouvir a entrevista de Rogério Ceni, logo após o jogo deste domingo, contra a Ponte.

Um comentário em “Com mais 11 meses de contrato, Renan Ribeiro avisa que quer ficar

  1. Renova já e dispensa o Dênis Mão-de-Alface. Quanto ao Sidão, penso que ele ainda tem que provar capacidade para substituir o Renan nas emergências. Lucas Perri deve ser o terceiro goleiro, por enquanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*