Com Lugano incerto e Rodrigo Caio valorizado, São Paulo procura zagueiros

São Paulo observa zagueiros no mercado. O setor passa por reformulação, e o clube se adianta para não deixar a defesa enfraquecida. Lugano, com contrato até o fim de junho, tem futuro incerto no Morumbi. A ideia do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, é definir se vai ou não renovar seu vínculo na próxima semana.

Rodrigo Caio, um dos mais valorizados do elenco e alvo de propostas nas últimas janelas de transferência, é outro ponto de interrogação. Seu contrato foi renovado recentemente até 2021. Mas ele nunca escondeu o desejo de jogar na Europa, o que pode acontecer na abertura da janela de transferências. Se perder os dois atletas, o técnico Rogério Ceni ficaria com Maicon, Lucão, Douglas e Éder Militão para o setor.

– Eu sempre acreditei nele (no Lucão). Ele é um jogador de muito potencial, o São Paulo não deve desprezá-lo e pode render frutos financeiros no futuro. Ainda mais agora com o Rodrigo especulado para sair. O Lucão é muito útil, assim como o Militão – disse Rogério Ceni.

Rodrigo Caio é um dos jogadores valorizados do elenco e deverá ser alvo de propostas na janela internacional (Foto: Marcelo Hazan)

Rodrigo Caio é um dos jogadores valorizados do elenco e deverá ser alvo de propostas na janela internacional (Foto: Marcelo Hazan)

Atrás de reforços, o São Paulo pensou no nome de Luiz Otávio, da Chapecoense. Após consultar a situação do zagueiro, o Tricolor considera que não será possível contratá-lo. A avaliação é de que se trata de um bom jogador, mas que nesse momento não é possível tirá-lo da Chape. Ele está emprestado pelo Luverdense.

O clube catarinense não foi procurado pelo São Paulo para tratar de uma possível liberação do defensor, mas tem conhecimento do assédio ao jogador. A cláusula de prioridade de compra dos direitos econômicos por R$ 1.5 milhão deixa o clube tranquilo. Ciente disso, o Tricolor esfriou o interesse, apesar dos elogios ao jogador nos bastidores do Morumbi.

O zagueiro começou a temporada como reserva do time de Vagner Mancini, mas ganhou espaço não só pela firmeza defensiva, como pela presença no ataque.

Foram dele gols importantes para Chape, como na decisão da Recopa, diante do Atlético Nacional, e na vitória sobre o Lanús, pela Libertadores. Está partida, por sinal, deu notoriedade ao zagueiro por conta da escalação irregular, que rendeu punição a Chape e eliminação precoce na competição.

São Paulo consultou situação de Luiz Otávio, zagueiro da Chapecoense, mas descarta internamente (Foto: AP Photo/Agustin Marcarian)

São Paulo consultou situação de Luiz Otávio, zagueiro da Chapecoense, mas descarta internamente (Foto: AP Photo/Agustin Marcarian)

Além da necessidade de reposição para defesa, o Tricolor sabe que precisa fazer uma venda na janela internacional do verão europeu, aberta em junho. Assim, Rodrigo Caio é um dos candidatos a sair. O objetivo do atleta é disputar a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, com a seleção brasileira.

– O que me norteia é equilíbrio financeiro. O São Paulo não pode mais fazer loucuras. Estamos sempre de olho no mercado e queremos reforçar o São Paulo, mas com transações racionais e que se sustentem ao longo do tempo. Do contrário, não faremos – disse o diretor Vinicius Pinotti.

No início do ano, o São Paulo vendeu Lyanco ao Torino, da Itália. Agora, observa opções para se adiantar à possível saída de Rodrigo Caio.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Com Lugano incerto e Rodrigo Caio valorizado, São Paulo procura zagueiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*