Com Lucas e Luis Fabiano, São Paulo tem aproveitamento superior ao do líder Fluminense

O São Paulo vive realidades distintas em campo no Brasileirão: uma quando Lucas e Luis Fabiano estão em campo, e outra quando pelo menos um deles está ausente. Com seu ataque estrelado, o Tricolor tem um aproveitamento superior ao do líder Fluminense na competição.

Lucas e Luis Fabiano atuaram juntos em cinco oportunidades neste Brasileirão. O São Paulo ganhou quatro destes jogos e perdeu um, o que dá um aproveitamento de 80% – o Fluminense tem 72%.

Sem pelo menos um dos dois, o índice cai para quase a metade. O São Paulo tem sete vitórias, três empates e oito derrotas, o que dá um aproveitamento de 44,4%, e deixaria o time na 11ª colocação – atualmente o Tricolor é o sexto e ganhou 52% dos pontos disputados.

Outro dado estatístico que tem uma diferença expressiva com a presença de Lucas e Luis Fabiano é o quesito média de gols. Com a dupla, o São Paulo balançou as redes em 12 oportunidades, o que dá uma média de 2,4. Sem pelo menos um dos dois, o número cai para a metade: são 22 gols em 18 jogos (1,2).

A pouca utilização de Lucas e Luis Fabiano como dupla de ataque no Brasileirão (atuaram juntos em menos de 22% dos jogos) pode ser explicada por dois fatores: seleção brasileira e lesões/suspensões. Só por defender o Brasil, Lucas já desfalcou o São Paulo em 13 oportunidades.

O caso de Luis Fabiano foi outro: o excesso de lesões e suspensões, problemas que fizeram o Fabuloso entrar em campo apenas em 12 dos 23 jogos que o São Paulo disputou na competição até aqui.

Para o jogo desta quarta-feira contra o Atlético-MG, outra lesão atrapalhou a sequência de Luis Fabiano na competição: ele sentiu o ombro esquerdo e foi vetado nesta terça-feira da partida.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*