Clássico em Minas tem São Paulo de olho em 2017 e Galo em crise

Depois de protagonizarem duas partidas dignas da história desse clássico nacional pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, São Paulo e Atlético-MG se enfrentam de novo, agora pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 17 horas, no estádio Independência. O momento, porém, não lembra em nada aquele momento em que as duas equipes vislumbravam o título continental. No São Paulo, os jogadores querem deixar uma boa impressão a Rogério Ceni, novo técnico do time. No Galo, a necessidade por uma resposta depois da derrota na primeira final da Copa do Brasil virou quase uma obrigação.

Pintado vai comandar o São Paulo nas duas últimas partidas do ano (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Pintado vai comandar o São Paulo nas duas últimas partidas do ano (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Na 13ª posição, o Tricolor não tem mais ambições no nacional por pontos corridos. Apesar da intenção em subir pelo menos uma colocação para garantir uma vaga na Copa Sul-americana de 2017, as atenções estão voltadas mesmo é para Rogério Ceni, que depois de um ano de sua aposentadoria, foi confirmado como substituto de Ricardo Gomes, demitido. É a hora certa para quem espera ganhar espaço na temporada que vem, principalmente para os jovens.

“A notícia foi muito boa. Acho que vai nos ajudar bastante. A motivação no São Paulo tem que ter sempre, não só porque chegou um novo treinador. São dois jogos agora que todos querem mostrar serviço, e agora ainda mais para ele (Rogério Ceni)”, explicou o capitão Maicon.

Mas, por enquanto, quem ficará à beira do campo é o auxiliar Pintado. E o interino vai promover mudanças. A primeira é por necessidade. João Schimidt está suspenso e Wellington fará seu primeiro jogo como titular depois de um ano e dois meses. Além disso, Denis foi barrado depois das seguidas falhas e Renan Ribeiro ganhará oportunidade.

Diogo Giacomini assumiu o time essa semana, após a demissão de Marcelo Oliveira (Foto: Bruno Cantini/CAM)
Diogo Giacomini assumiu o time essa semana, após a demissão de Marcelo Oliveira (Foto: Bruno Cantini/CAM)

Por outro lado, no Galo, a ressaca pela derrota para o Grêmio na primeira final da Copa do Brasil, em pleno Mineirão, ainda é grande e tem deixado até o jogo contra o São Paulo em segundo plano. Embora a queda ainda esteja latejando nas mentes atleticanas, o foco é tentar reverter o resultado contrário de 3 a 1. A próxima partida será na quarta-feira, em Porto Alegre. Mas, antes, o Galo tem o São Paulo pela frente.

O treinador interino, Diogo Giacomini, chamado na última hora após a demissão do técnico Marcelo Oliveira, fez o seu último treino antes do jogo na manhã de sexta-feira, na Cidade do Galo. A novidade do dia foi à presença do atacante, Carlos, que se recuperou de cirurgia no pé direito e está liberado.

O jogador será relacionado para a partida, entretanto, ficará como opção no banco de reservas. Em relação aos jogadores que fazem parte do grupo principal, Rafael Carioca e Fred vão para a partida. Ambos não estavam na derrota para o tricolor gaúcho.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SÃO PAULO

Local:Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de novembro de 2016, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro:Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-Fifa)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araújo Neves (PA).

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Patric, Edcarlos, Jesiel, Leonan, Rafael Carioca, Lucas Cândido, Clayton, Carlos Eduardo, Hyuri e Fred.
Técnico: Diogo Giacomini

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Wellington, Thiago Mendes e Cueva; David Neres, Luiz Araújo e Andres Chavez.
Técnico:Pintado (Interino)

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*