Ceni vê Grêmio mais preparado para possível semifinal da Sul-Americana

Aprender com os erros para dar a volta por cima no momento certo. É essa a lição que o São Paulo tira da derrota por 2 a 1 para o Grêmio, na tarde do último domingo, pelo Campeonato Brasileiro(veja no vídeo ao lado). Principalmente porque, se o Tricolor gaúcho derrotar o Millionarios, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, as duas equipes brasileiras voltarão a se enfrentar na semifinal do torneio continental, com jogos marcados provisoriamente para os dias 21 e 28 de novembro.

O goleiro Rogério Ceni vê hoje o rival comandado por Vanderlei Luxemburgo mais preparado para a briga por uma vaga na grande decisão.

– O que aconteceu nesta partida deve servir como aprendizado, acho que vai ajudar muito a equipe a entender como deve se comportar. Hoje, vejo um Grêmio mais pronto, mais experiente. Nesse jogo do Brasileiro, a nossa força e a nossa juventude, que são nossas principais armas, não funcionaram – afirmou.

Depois de iniciar o ano com duas eliminações, no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, o São Paulo cresceu de rendimento no segundo semestre e tem chance de fechar a temporada com uma vaga na Libertadores de 2013 e na briga por um título inédito. Para Rogério, se o time naufragar no mata-mata, garantir presença na Pré-Libertadores vai virar obrigação.

– Quando se pensa em São Paulo, é preciso sempre pensar em conquistas. Dentro das circunstâncias, voltar à Libertadores é algo que deveria até ser comemorado. Em determinado momento do campeonato estávamos cinco pontos atrás do Vasco, e hoje temos cinco de vantagem do Botafogo. Mas garantir vaga na Pré-Libertadores não é muito mais do que fazer a obrigação – ressaltou.

Como os duelos da Sul-Americana estão marcados para o fim do mês, Rogério espera que o time defina sua situação no Campeonato Brasileiro na próxima rodada. A vaga na Pré-Libertadores será garantida se o Tricolor vencer o Náutico, no Morumbi, e o Botafogo não derrotar o Sport, na Ilha do Retiro.

– Antes da Sul-Americana, precisamos nos garantir no G-4. Título é bacana, é importante, mas não podemos nos esquecer do Campeonato Brasileiro – finalizou.

 

Fonte: Globo Esporte – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*