Buffarini pede desculpas ao time e diz ter deixado a vida em campo

Buffarini se esforçou para controlar a emoção depois do jogo entre o São Paulo e o Defensa y Justicia, nesta quarta-feira, na Argentina, pela estreia da Copa Sul-Americana. O lateral direito, que atuava em casa, recebeu o segundo cartão amarelo ap´~os dar um carrinho aos 29 minutos da etapa final e deixou o Tricolor com um jogador a menos.

“Nessa jogada, eu tinha de fechar porque senão ele ia para gol. Fiquei triste, peço desculpas ao time, deixei a vida em campo”, afirmou Buffarini.

Por outro lado, o jogador, que começou o jogo na lateral esquerda no lugar de Junior Tavares, celebrou o fato de o São Paulo ter segurado o 0 a 0 no placar. A segunda partida da competição continental será no dia 11 de maio, no Morumbi. “O importante é que tivemos um bom resultado e vamos definir em casa”, destacou o ala.

O próximo jogo da equipe será neste sábado, também em casa, contra o Linense, pelo Campeonato Paulista. Como venceu o primeiro duelo das quartas de final por 2 a0, o time do técnico Rogério Ceni pode até perder por um gol de diferença que, ainda assim, garantirá vaga na semifinal. Como Bruno se recupera de lesão, Buffarini deve ser titular novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*