Bruno lamenta falta de tempo para Ceni ajustar defesa tricolor

A maratona de jogos que o São Paulo vem enfrentando acabou se refletindo no desempenho da equipe. Sem vencer há três partidas, o time do técnico Rogério Ceni quer reencontrar não só o caminho das vitórias nesta quarta-feira, contra o Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista, mas também a fórmula para não sofrer mais gols. Questionado sobre a queda de rendimento do Tricolor, o lateral Bruno apontou o calendário neste início de temporada como o responsável pela atual situação da equipe.

Levando em conta o Paulistão e a Copa do Brasil, o São Paulo já sofreu 19 gols em 13 partidas. Sem muito tempo para treinar a equipe, Rogério Ceni tenta ajustar os principais problemas na base da conversa. Agora, contra o Botafogo-SP, é a chance do Tricolor encerrar de vez a sequência negativa de duelos em que vem sendo vazado e chegar para o clássico contra o Corinthians, no domingo, mais confiante.

“Acredito que pela maratona de jogos a gente não tem muito tempo para treinar o que temos dificuldade nos jogos. O Rogério vem falando isso, tem que descansar os atletas, é uma maratona muito desgastante. Quando temos tempo, o Rogério está treinando, mas o tempo é muito curto. Estamos mais na base da conversa”, admitiu o lateral-direito Bruno.

Apesar de enfrentar nesta quarta-feira um adversário aparentemente inferior, o São Paulo sabe que precisa entrar em campo com foco total, já que uma derrota para os rivais de Ribeirão Preto abalaria o elenco antes do importante clássico contra o Corinthians, em casa. Precisando dos seis pontos nos próximos dois jogos para deixar bem encaminhada a classificação à próxima fase do Paulista, o Tricolor ainda terá de lidar com importantes desfalques nessas próximas rodadas.

Lucas Pratto, Buffarini e Cueva foram convocados pelos seus respectivos países para as Eliminatórias. Além do trio, Sidão, com uma lombalgia, também segue fora. Já os zagueiros Rodrigo Caio e Maicon são dúvidas. O primeiro se recupera de um edema no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, enquanto o segundo está tratando uma entorse no tornozelo esquerdo. Wesley, que vinha trabalhando no reffis, voltou aos gramados nesta semana após artroscopia no joelho esquerdo, mas ainda não reúne condições de ser relacionado.

“Quem joga no São Paulo está esperando essa oportunidade. Quem for entrar tem que corresponder. Quem se acomoda no banco de reservas não serve para vestir essa camisa, todos vem treinando forte, todos querem essa oportunidade. Acredito que a gente pode dar conta. Estamos no São Paulo porque merecemos, temos que mostrar isso lá dentro”, completou Bruno, respondendo sobre a ausência dos principais jogadores de Rogério Ceni.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Nota do PP: Todo ano é a mesma coisa: maratona de jogos, falta de tempo para treinar…Desde que me conheço por gente e torcedor que o calendário do futebol brasileiro é assim. Portanto, vamos trabalhar mais e chorar menos.

Um comentário em “Bruno lamenta falta de tempo para Ceni ajustar defesa tricolor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*