Brasileiro da LDU de Loja se anima contra São Paulo: ‘Hora de aparecer’

Depois de seis anos no Equador, chegou a hora de voltar a falar português em campo e reencontrar uma equipe do Brasil pela frente. Às 22h (de Brasília) desta quarta-feira, Fabio Renato, atacante brasileiro da LDU de Loja e artilheiro da Copa Sul-Americana com cinco gols, será a esperança de bola na rede contra o São Paulo, pelo jogo de ida das oitavas de final do torneio continental. Ídolo de Loja (cidade com aproximadamente 180 mil habitantes, a 640km da capital Quito), ele vê a partida no Estádio Reina del Cisne como uma oportunidade de ouro para mostrar seu futebol ao país de origem, onde ainda é desconhecido.

– Estou animadíssimo e feliz. Vai ser a primeira vez em anos que vou enfrentar um time brasileiro e espero fazer o melhor possível para ajudar minha equipe. Vai ser um jogo bonito, o estádio vai estar cheio, é a hora de aparecer, essa é a oportunidade. Todo mundo vai ver como vou jogar e espero ir bem – destacou o brasileiro, que tem contrato na LDU de Loja até o fim de 2013 e sonha defender algum clube de seu país no futuro.

Fabio renato ldu de loja cristian nunez nacional-URU (Foto: Agência AFP)Camisa 9, Fabio Renato é o artilheiro da Sul-Americana, mas não marca há dois jogos (Foto: Agência AFP)

Fabio disse que pediu para entrar em campo com o filho Renato Fabio, de quatro anos. Além dele, sua esposa Catiane, também brasileira, estará no estádio, que tem capacidade para cerca de 15 mil pessoas. Apenas o caçula do casal, Pedro Fabio, que nasceu no último dia 5 de setembro, não poderá ver o pai em ação nesta quarta. O atacante diz estar calmo, mas se mostra ansioso.

– Não estou nervoso, não. Quero que chegue logo a hora do jogo (risos).

Com dificuldades para acompanhar o futebol brasileiro, o camisa 9 da LDU de Loja tentou buscar informações sobre o adversário, mas ainda conhece poucos jogadores do São Paulo. Ele comemorou a ausência de Luis Fabiano, machucado, pediu atenção com Lucas e espera balançar a rede de Rogério Ceni para evitar o sufoco da segunda fase da competição. Na ocasião, o time foi derrotado em casa por 1 a 0 para o Nacional, mas conseguiu a classificação no Uruguai, após vencer por 2 a 1.

– Estava vendo na minha casa o jogo deles contra o Santos e contra o Corinthians, no Campeonato Brasileiro. O time é muito forte, vai ser bastante complicado ganhar. Mas também estamos passando por um momento muito bom. Temos que ter atenção de início para não sermos surpreendidos novamente, como aconteceu contra o Nacional. Buscamos o gol a todo momento, mas não saiu. Isso nos prejudicou. Precisamos fazer um resultado em casa. O Rogério Ceni é um excelente goleiro, mas aqui temos que fazer gol – advertiu o atacante, que também aposta no frio e nos 2 mil metros de altitude locais como aliados nesta quarta-feira.

Mas para furar a meta de Ceni, Fabio Renato vai precisar quebrar o jejum de duas partidas sem balançar as redes. Na Sul-Americana, ele fez cinco gols nos dois primeiros jogos contra o Monagas, da Venezuela, mas passou em branco nos duelos contra o Nacional. Com isso, ele agora vê seus concorrentes encostarem na artilharia: Fabbro, do Cerro Porteño, Bevacqua, do Deportivo Quito, e Nuñez, do Liverpool do Uruguai, já estão com quatro. O brasileiro se diz incomodado com a seca, mas garante estar tranquilo.

– Tive oportunidade de marcar contra o Nacional, mas infelizmente errei. Assim é o futebol, preciso estar tranquilo, isso que é importante – minimizou o atacante, que é o terceiro goleador do Campeonato Equatoriano desse ano, com 11 gols, atrás de Bieler (18), da LDU de Quito, e Mina (20), do Barcelona Guayaquil.

A LDU de Loja, comandada pelo equatoriano Paul Vélez, deve ir a campo com Luis Fernández; Armando Gómez, Arnaldo Vera, Jimmy Bermúdez e José Ramón Aguirre; Pedro Larrea, Marco Mosquera, Cristian Quiñónez e Carlos Feraud; Walter Calderón e Fabio Renato.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*