Bauza lembra dos tempos de LDU e pede atenção com a altitude

O São Paulo tem se policiado desde a quinta-feira para não dar como fechada a eliminatória contra o Toluca, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, e quem tem grande parte nisso é o técnico Edgardo Bauza. Conhecedor da força da altitude (Toluca está 2.600m acima do nível do mar) desde os tempos em que foi treinador da LDU de Quito, o treinador exigiu concentração máxima de seus atletas para a partida.

“Se não jogarmos com inteligência, chegaremos à última meia hora do joo com problemas. É uma altura que conheço bem, porque é bem parecida com a de Quito”, disse ele. “Já vivemos essa situação contra o Strongest, temos de jogar um jogo inteligente, não tentar entrar no ritmo que o Toluca vai impor nos primeiros minutos”, avaliou, explicando a forma com que os tricolores têm de atuar.

“Nos propuseram jogar 180 minutos quando chegamos a esse confronto eliminatório, e é isso que venho falando desde a partida no Morumbi. Os primeiros 90 minutos já passaram, faltam os últimos em Toluca. Todos têm de ter isso bem claro em suas mentes”, observou.

Para Patón, os atletas tiveram uma prova difícil contra o Strongest, duelo em que encararam também os 3.600m de altitude de La Paz. Mesmo 1km mais perto do nível do mar, ele acredita que os problemas podem ser ainda maiores no interior do México. “Sem desmerecer a ninguém, me parece que o time do Toluca é melhor que o do Strongest”, afirmou.

Por fim, Bauza ainda fez questão de explicar por que optou pela entrada do volante Wesley no lugar de Paulo Henrique Ganso, mesmo com o armador vivendo sua melhor fase desde que chegou ao Tricolor. “Wesley entrou naquele jogo contra o Strongest porque era a melhor opção que tínhamos no momento. Vai jogar porque é o que tem mais condições de atuar”, encerrou.

Com o 4 a 0 conquistado no jogo de ida, no Morumbi, o São Paulo pode até perder por três gols de diferença que se classificará para as quartas de final da Libertadores. Na próxima fase, o time encararia o vencedor de Racing e Atlético-MG, que empataram por 0 a 0 e decidem a vaga também na quarta, em Belo Horizonte.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.