Bauza, Calleri e Centurión: saiba por que o trio volta em baixa à Argentina

Às vésperas do importantíssimo confronto de quinta-feira contra o River Plate, fora de casa, três são-paulinos em especial estão em baixa com parte da torcida. Coincidentemente, os três argentinos do elenco: os atacantes Jonathan Calleri e Ricardo Centurión, e o técnico Edgardo Bauza.

Na derrota por 3 a 1 (de virada) para o São Bernardo, no último sábado, o treinador ouviu gritos de “burro” na primeira substituição, no segundo tempo, quando o time ainda vencia.

Bauza até atendeu aos pedidos para tirar Centurión, mas escolheu Wesley para entrar, enquanto as numeradas pediam por Rogério.

– Assumo toda a responsabilidade dessa derrota, das mudanças – reconheceu Bauza, que volta à Argentina pela primeira vez desde que chegou ao futebol brasileiro, no início do ano.

Será também o primeiro retorno de Calleri ao país. Repassado pela Internazionale de Milão ao São Paulo até a metade do ano, o ex-atacante do Boca Juniors teve um excelente início com a camisa 12, com três gols e uma assistência em dois jogos. A boa fase, no entanto, se foi.

São Paulo Calleri (Foto: Marcos Ribolli)Calleri teve início excelente com a camisa 12 tricolor, mas não acerta o pé há oito jogos (Foto: Marcos Ribolli)

Diante do São Bernardo, ele teve chance de balançar a rede novamente, mas a desperdiçou. Aos quatro minutos do primeiro tempo, pediu para cobrar pênalti sofrido por Carlinhos e chutou para fora. Seu único lance bom no jogo foi uma bola ajeitada para Paulo Henrique Ganso marcar de fora da área. Já são oito partidas sem gol.

Assim como Calleri, Centurión igualmente está em baixa. Há mais tempo até. Depois de um ensaio de reação no meio de semana, contra o Mogi Mirim, o argentino revelado pelo Racing voltou a ter atuação vaiada pelos torcedores. Tem soltado a bola com mais rapidez – mas geralmente no pé do adversário. Ainda assim, é praticamente intocável para Bauza.

São Paulo Centurión (Foto: Marcos Ribolli)Pé esquerdo: Centurión também perdeu chuteira na derrota de virada para o São Bernardo (Foto: Marcos Ribolli)

Na quinta-feira, o trio estará em casa. O São Paulo enfrenta o River Plate, na Argentina, precisando vencer. Afinal, depois de perder no Pacaembu para o The Strongest, da Bolívia, pela primeira rodada da fase de grupos da Taça Libertadores, outro tropeço deixaria a classificação distante. Como alertou Diego Lugano, vale o semestre, tempo de contrato de Calleri.

 

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Bauza, Calleri e Centurión: saiba por que o trio volta em baixa à Argentina

  1. Apoio ao elenco é sacanagem,apoiar esses safados por mais quantos anos ,mais quantas humilhações serão necessárias para verem que eles são o principal problema,seja por corpo mole ou por deficiência técnica mesmo.

    Acredito que a maioria dos torcedores já perceberam que os jogadores ,juntamente com essa velharada da diretoria incompetente/ladra os responsáveis pelo fracasso atual do SPFC.

  2. Quem escala é Bauza, quem mexe no time é ele, quem insiste nas mesmas peças ( o que deixa claro que ele tem seu grupo, e mostra que pode sim ter um elenco rachado, já que os demais não tem chances, mesmo com a falta de produtividade dos escolhidos de sempre), quem não varia a formação tática e insiste em cruzamentos mau feitos pra área é o Bauza… A diretoria não paga em dia, cobra os jogadores publicamente, vive em guerra nos bastidores, e não dão apoio ao elenco… a mídia só fala de crise, planta notícias falsas e desestabiliza o grupo, e a culpa é dos jogadores?
    É fácil chamar os caras de mercenários, mas duvido muito que alguém aqui trabalhe sem receber por 5 ou 6 meses, e ainda assim produzam como se tivesse tudo bem!
    As últimas 3 diretorias ( 3 últimos mandatos) quebraram o tricolor, são cagadas encima de cagadas, tudo começou a desandar com a saída do MAC e do Carlinhos Neves , o tricolor que era uma potência no futebol nacional se apequenou, os títulos sumiram, e clube se envolveu em brigas e intrigas com os rivais, manchou sua imagem e não é mais visado pelos grandes patrocinadores como uma boa vitrine para suas marcas… com isso a grana sumiu, o Reffis perdeu o valor e não atrai mais ninguém, os casos de corrupção da última gestão estão sendo enfiados embaixo dos tapetes, o presidente corrobora com as ações nefastas das organizadas, e patrocina segundo ele mesmo ingressos e carnaval, as organizadas por sua vez quando não brigam e geram mais prejuízo ao clube atacam os jogadores que mais se dedicam e protegem os que não rendem nada!

  3. De que adianta assumir o erro Bauza se persiste em errar fazendo as mesmas cagadas nas substituicoes, teimosia e burrice tem limites, estavamos acreditando que vc poderia dar um jeito nesse time mas estamos começando a desacreditar que isso vai acontecer.

  4. Paulo Pontes só vejo reclamação com o treinador ,pra mim é o que tem menos culpa ,,,,os verdadeiros culpados são esses jogadores que não tem um pingo de respeito com a camisa do Sao Paulo ,infelizmente o Sao Paulo não tem jogadores de verdade tem um bando de cara que não ta nem ai pro time e só pensa no dinheiro ,,esses jogadores não tem vontade de ganhar títulos ,não tem vontade de ajudar o treinador ,,,,,,eles vão fazer de tudo pra derrubar o treinador ,,,bando de paneleiros não são profissionais , são um bando de peladeiro ate amador tem mais respeito ,,,e esses tais jogadores profissionais sao tao esperto que eles sabem que a culpa vai ser de todo mundo menos deles ,,,decepção unica palavra pro meu time ,,,,,,,saudade eterna de ver RC ,Fabao,Lugano,Edcarlos,Cicinho,Mineiro,Josue,Junior,Danilo,Aloíso,Amoroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*