Atlético-PR recusa proposta de R$ 8,6 milhões por Marcos Guilherme

O São Paulo ainda não conseguiu entrar em um acordo com o Atlético-PR para tentar segurar Marcos Guilherme em seu elenco. O Tricolor paulista ofereceu 2 milhões de euros (R$ 8,6 milhões) por 50% dos direitos do atacante, que está emprestado ao clube só até o fim de junho. Tal valor seria parcelado e o time do Morumbi começaria a pagar somente a partir do ano que vem. Os paranaenses, porém, recusaram a proposta. Como Diego Aguirre ainda espera contar com o atacante, as duas partes devem voltar a conversar.

A situação de Marcos Guilherme está indefinida. Quando o jogador foi apresentado na última temporada, o São Paulo anunciou que os clubes tinham chegado a um acordo verbal e ele ficaria no Morumbi até o fim deste ano, sendo que o Tricolor paulista ainda teria a preferência de compra por 3 milhões de euros por 50% dos direitos.

No entanto, o Atlético-PR mudou de postura e disse que espera o retorno imediato do atacante caso o São Paulo não adquira a metade dos direitos. Como publicou a De Primeira, o jogador teve uma reunião com os dirigentes do Tricolor, na última semana, que tentaram tranquilizá-lo. Em suas últimas entrevistas, Marcos Guilherme se mostrou insatisfeito e preocupado com o imbróglio.

Na última sexta-feira (11), os são-paulinos enviaram a primeira proposta aos paranaenses. Com a situação de Marcos Guilherme indefinida, outros clubes, como Atlético-MG e Corinthians, demonstraram interesse na contratação, mas nenhuma negociação foi adiante. Sem clima no Atlético-PR, ele dificilmente ficará em Curitiba caso não entre em acordo com o São Paulo.

No Morumbi desde julho do ano passado, Marcos Guilherme disputou 46 partidas e marcou nove gols. Formado no Atlético-PR, o jogador, de 22 anos, tem passagens ainda pela seleções de base e pelo Dinamo de Zagreb, da Croácia.

 

Fonte: Uol

33 comentários em “Atlético-PR recusa proposta de R$ 8,6 milhões por Marcos Guilherme

  1. Infelizmente, o atlético está pedindo demais pelo jogador. Esse é preço de revenda para o exterior. Se bem trabalhado, é um atleta que poderia render muito mais. É uma pena.

  2. Jogador que não está fazendo a diferença não deve custar isso, para compor elenco, ser reserva, entrar fazendo correria, a base fornece a custo bem mais baixo, muito obrigado por nada e bye bye.

  3. Marcos Guilherme é um jogador que o torcedor gosta muito por ser esforçado e corre demais ! Agora , como jogador do SPFC precisa saber finalizar. Nota zero
    é muito pra ele. So chuta a bola fora do estádio. 2 milhoes de euros ? É muito !!!
    Precisa fazer treinos de 200 chutes diarios para aprender a chutar .
    O Atletico não vai achar ninguem que pague os 3 !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Verificando melhor as notícias sobre o interesse do SPFC em Marcos Guilherme percebo que o clube fez uma proposta que tinha quase 100% de chance de ser recusada.
    Somente quem está a frente dessas tratativas poderia fazer isso, pois conhece a fundo o perfil do negociador que detém os direitos do jogador.

    Mesmo assim, comprando agora para começar a pagar somente no ano que vem, (ou seja, entraria nos gastos do próximo orçamento), ainda seria uma aposta de risco, mesmo sendo um jogador novo e com potencial de mercado futuro.

    • Um jogador novo, mas já queimado no mercado externo – vide sua passagem pela Croácia. Aqui no Brasil, nenhum clube faria uma loucura dessas para ter um jogador do tipo “compor” o elenco. Quando leio uma notícia dessas, não sei porquê, mas fico com a impressão de que tem gente que quer se locupletar com essa operação financeira.

      • Realmente fica uma impressão meio duvidosa, mas ainda prefiro acreditar no caráter de Raí, nessa questão de lisura ou é ou não é.

    • Acho que o valor oferecido está bem dimensionado não da pra pagar o preço de tabela…

      Acho um jogador excelente. Não machuca, está sempre em forma e cumpre o que o técnico pede. Faz alguns gols e assistência mas não é um craque.
      Um time campeão precisa de jogadores assim. Danilo, Jorge Wagner, Souza, Leandro Guerreiro, Hugo… são varios jogadore que não eram craques mas que foram essenciais aos títulos conquistados em suas participações.

  5. Vocês, diretores, estão brincando em querer pagar 9 milhões de reais em mais um reserva. 10 milhões no goleiro reserva, 6 milhões no centroavante reserva, 9 milhões em um atacante reserva. Quando vocês vão começar a comprar os titulares? Esses caras tinham que indenizar o São Paulo, estão achando que dinheiro do clube é brinquedo.

  6. Muito simples de resolver, devolve pro Atlético e duvido que algum time pegue ao menos o q o São Paulo ofereceu pela metade, sendo assim, sobe o Toro e coloca ele solto no ataque q ele faz estrago

  7. Proposta justa dentro do padrão brasileiro.

    Jogador novo tem mercado e pode ser vendido depois. Esse investimento não será perdido.

    vai entrar pelo menos 40milhoes da venda do David Neres.

    Vamos reforçar esse elenco!

  8. AI TEM, 2 MILHOES DE EUROS PELO M.G., ESTÃO DE BRINCADEIRA NÉ!!!!!!
    QUEM FEZ ESSA PROPOSTA DEVE ESTAR LEVANDO MUITA GRANA POR FORA, PELO AMOR DE DEUS, ONDE VAMOS PARAR??????
    PAULO PONTES, COM SEUS CONTATOS TENTE DESCOBRIR QUEM ESTÁ NESSA NEGOCIAÇÃO PARA TIRARMOS FORA DO MORUMBI RAPIDINHO.
    PORQUE NÃO COLOCAM O TORO E O HELINHO PARA JOGAR, SÃO 10X MELHORES QUE O MG.

    • Só pode ser o Rai que está na negociação: afinal, ele é o diretor da área e seria incabível outro qualquer estar negociando o atleta. O que acontece é que o Rai parece não lidar lá muito bem com valores (principalmente quando a grana não sai de sua própria conta), por isso esses absurdos como essa oferta e as compras do Diego Souza, Jean e Trellez. Foi nosso ídolo e deveria ter se mantido como tal! Agora, na posição de executivo de futebol, infelizmente, tem que receber nossas críticas. Não é porque o trenero Aguirre fica murmurando que se deve ficar com um atleta por esse preço; principalmente tratando-se desse atleta, um bom moço e um bom elemento para se ter no elenco mas, com certeza, apenas para o banco de reservas!!!

  9. Pelo amor de Deus, o Marcos Guilherme tem raça, mas é horroroso. A bola queima no pé.

    Duvido que se oferecerem 2 milhões de euros ao Independiente pelo Maximiliano Meza a proposta será recusada.

    É muuuuito melhor que o Marco Guilherme.

    • Concordo com a análise técnica laborada pelo companheiro. Jogador esforçado mas limitado demais. Se permanecer no elenco, será mais entre os tantos que ficam para “compor” o elenco.

  10. Se as brisas nao estao aceitando o valor que estamos oferecendo entao devolve e deixa ele sumir nesse timinho, e olha nao é lá essas coisas nao, pagar tudo isso por um jogador mediano e novo, só se for para negociar mais tarde, ganhar uma grana.

  11. Quantos jogos ele ja fez no brasileiro? Quantos faltam para q ele nao possa mais jogar por outro time?

    Precisa colocar o cara em campo urgentemente para estourar a cota. Depois devolve e nao aceita mais nem de graça com salarios pagos.

  12. Assim como Trellez, Jean e Diego Sousa, o valor está muito acima para os padrões de um clube brasileiro. O rapaz é muito esforçado mas por esse preço não vale a pena.

  13. Quem manda realmente no Patético do Paraná, é o tal de “Petraglia”, um predestinado a começar pelo próprio nome. Lembro que abrir negociação com mafiosos e realizar acordos verbais, como foi o caso, só pode ser um ato de gestor jejuno em futebol.

    • Valdir, porque ofender os outros. O que será que torcedores de outros times dizem quando seus clubes negociavam com JJ, Aidar, Leco e Cia.?

      • Meu caro João… não se trata de ofensa, mas de constatação. Procure se informar sobre a atuação do Sr. Petraglia. Quanto ao Aidar, os seus desmandos e malfeitos são de domínio público.

  14. 2 milhoes de euros é uma boa grana pelo M.Guilherme.
    Ninguem vai oferecer mais que isso. Se o SPFC falar que vai encerrar
    o assunto eles vão aceitar a oferta !!!! É questão de negociar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*