Após sucesso na base, novo diretor quer São Paulo com a cara de Cotia

Luiz Antonio Cunha foi apresentado nesta segunda-feira como novo diretor de futebol do São Paulo e prometeu seguir os passos de Ataíde Gil Guerreiro, ex-vice-presidente do departamento. O dirigente, porém, também garantiu que a nova gestão será diferente em alguns aspectos, principalmente em relação ao trabalho feito no CT de Cotia, dedicado às categorias de base do clube.

Antes de chegar ao profissional, Cunha era diretor da base. Nos últimos meses, comemorou três importantes títulos no sub-20: a Copa do Brasil, a Copa RS e a Taça Libertadores da América. Por isso, acredita que a integração entre os departamentos seja um dos caminhos para afastar a crise que assombra o Morumbi neste momento.

– A própria nomeação do diretor de base para cuidar do profissional já deixa explícito o recado da alta direção do São Paulo: há uma vontade política e institucional de integrar o profissional e a base – explicou o novo diretor em entrevista ao GloboEsporte.com.

O dirigente tenta acompanhar de perto o desempenho de seus garotos. Torce pelo sucesso dos destaques do time sub-20, como Lucas Fernandes, que agora treina entre os profissionais e foi utilizado no empate com o Ituano no último domingo, e Luiz Araújo, atacante emprestado ao Novorizontino neste Campeonato Paulista.

David Neres é outro citado por Cunha. O novo diretor ri ao lembrar o que foi dito pelo garoto logoapós a conquista do título continental, em fevereiro deste ano: “Até na base quem manda no Libertadores somos nós”.

– O David Neres é um jogador que poderia nos ajudar no profissional, mas teve a clavícula operada. Vai precisar de quatro meses para se recuperar – ressaltou.

São Paulo sub-20 (Foto: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net)Time Sub-20 do São Paulo conquistou três títulos importantes nos últimos meses (Foto: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net)

Cunha vê com naturalidade a pressão dos torcedores para que os garotos sejam mais utilizados no profissional. O dirigente acredita que os títulos conquistados na base aumentam o carinho com os atletas. Na final da Copa do Brasil sub-20, por exemplo, as organizadas protestaram no portão principal do Morumbi antes de a bola rolar, mas apoiaram ao longo dos 90 minutos da partida contra o Atlético-PR.

– Esse carinho da torcida é evidente, até mesmo por causa da alegria que esses meninos deram a eles nos últimos anos. O São Paulo não tem conseguido grandes conquistas com o time principal, mas o sub-20 conseguiu três títulos importantes nos últimos meses – disse.

Na má fase vivida pela equipe profissional, que não vence há cinco jogos, Cunha lamenta pelo regulamento do Campeonato Paulista limitar o número de inscrições de jogadores.

– Neste momento, ficamos impossibilitados por causa do regulamento. Tivemos que inscrever apenas 28 jogadores no Paulista, sendo que temos outros na base que poderiam ajudar. Falta elenco nesse caso, você tira três goleiros, tira três convocados para Seleção, tira aqueles que estão no departamento médico, sobram poucos. Seria um bom momento para os garotos – alertou.

Se o torcedor do São Paulo espera que as categorias de base da equipe sejam mais utilizadas daqui pra frente, a filosofia de trabalho do dirigente é animadora. O presidente Leco já afirmou que o elenco deve passar por mudanças até a janela de transferências no meio do ano. Cunha afirma que, antes de ir ao mercado em busca reforços, a diretoria vai avaliar, na base, se há algum jogador que possa ser aproveitado.

– Quando formos ao mercado, se nós tivermos um jogador de igual valia na base, não vamos deixar fora. Mas se tivermos imaturos ainda, até atendendo ao clamor do torcedor, vamos buscar de acordo com a nossa condição financeira – acrescentou.

 

Fonte: Globo  Esporte

4 comentários em “Após sucesso na base, novo diretor quer São Paulo com a cara de Cotia

  1. Cunha, boa sorte! Sorte apenas não é suficiente neste momento. Melhor aproveitar a má fase do time, dispensar urgentemente o Bauza, promover o Jardine e, junto com ele, fazer um novo planejamento para o resto do ano já preparando o ano que vem onde, aí sim, o Jardine deverá ser cobrado por seu trabalho.
    Essa ideia de olhar para os jogadores da base para não contratar jogador pior do que aqueles que lá estão (tipo Centurion, Carlinhos, Bruno, Kieza, Kelvin ) é o que venho comentando aqui no site há muito tempo. O time sub20 tem zagueiro, volantes, laterais, atacantes pelos lados e até centroavante muito melhores do que a maioria que hoje estão no profissional. É só dar chances, moral e tempo para os garotos vingarem nos profissionais…

  2. MUITOS TORCEDORES JA DEIXOU SUAS MENSAGEM COM O DESEJO E ESPERNC,A NA BASE ATE COMEC,AR COM O TEC.JARDINE P/ O COMANDO DOS PROFISSIONAIS.SE AS PALAVRAS DO DIRETOR TIVER PROPOSITO MUITOS TORCEDORES Q GOSTAM DE UM FUTEBOL BONITO SEM MEDO E COM ALMA E AMOR PELO NOSSO SPFC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*