São Paulo deve ter Hudson de titular, e Militão vira dúvida para quinta

O São Paulo está praticamente definido para o jogo contra o CSA, de Alagoas, na próxima quinta (15), pela segunda fase da Copa do Brasil. Na reapresentação da equipe ao CT da Barra Funda após a folga de carnaval, o técnico Dorival Júnior sinalizou que deve mesmo optar pelo volante Hudson na vaga do suspenso Petros. A única dúvida é a presença do lateral Éder Militão, que foi diagnosticado com amigdalite e não treinou com o elenco.

Depois de dois dias de folga, os jogadores do Tricolor voltaram aos trabalhos. Sob os olhares atentos da comissão técnica, o grupo fez um circuito para aprimorar a forma física e depois partiu para o treino com bola. Com a iminência da partida decisiva já no meio desta semana, Dorival Júnior simulou situações de jogo e pediu agilidade de seus meio-campistas e atacantes.

Suspenso por quatro jogos em competições nacionais por conta de um desentendimento na última rodada do Brasileirão do ano passado, o volante Petros nem sequer esteve no time reserva. Na sua vaga, Dorival colocou o volante Hudson – na sexta-feira da semana passada, o jogador também treinou entre os titulares – ao lado de Jucilei, Nenê e Cueva no meio de campo.

A notícia negativa ficou por conta do lateral Éder Militão. Titular absoluto do sistema defensivo do São Paulo, o jogador foi diagnosticado com amigdalite e nem sequer apareceu no campo. O departamento médico do Tricolor espera que o atleta esteja à disposição no treino da terça (13), o último antes da viagem para a região Nordeste.

Desta forma, Dorival Júnior formou o São Paulo da seguinte maneira: Sidão, Bruno, Bruno Alves, Rodrigo Caio, Reinaldo, Jucilei, Hudson, Nenê, Cueva, Marcos Guilherme e Diego Souza.

Na reta final da recuperação de uma cirurgia de reconstrução dos ligamentos colateral medial e cruzado posterior do joelho direito, o atacante Morato esteve no campo e revezou-se nos circuitos com os demais jogadores. Quando a comissão técnica fez o treino tático com bola, o jogador trabalhou com um dos preparadores físicos em um campo ao lado. Ainda não há uma previsão para a reintegração do atacante ao restante do elenco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*