Após estreia, Lucas Fernandes quer “manter pegada” para seguir no time

O São Paulo teve uma das piores apresentações do ano no empate por 1 a 1 com o Ituano, no último domingo, mas saiu do estádio Novelli Júnior esperançoso com relação a uma promessa das categorias de base. O meia-atacante Lucas Fernandes, de 18 anos, foi acionado pelo técnico Edgardo Bauza aos 41 minutos do segundo tempo e pôde estrear pela equipe profissional. Apesar do pouco tempo em que ficou em campo, o jogador disse ter sentido a responsabilidade que é defender as cores do time principal.

“Infelizmente não conseguimos um resultado positivo, porque era o que todos nós queríamos, mas foi bom. Quero jogar, então pude aproveitar alguns minutos. Sofremos o empate no final da partida, mas estes poucos minutos em campo me deram ainda mais vontade de seguir em busca do meu sonho. Vi o quanto é bom representar o São Paulo e quero jogar mais vezes”, disse o jovem, ao site oficial do clube.

Lucas Fernandes não conseguiu comemorar os três pontos porque uma bobeada do goleiro Denis e da defesa são-paulina, aos 44 minutos da etapa complementar, levou ao gol de empate do Ituano. A entrada da promessa tricolor na partida também foi cercada de polêmica. Thiago Mendes, que deveria ter saído para a entrada do jovem, tentou tirar vantagem da substituição e levou o cartão vermelho por enganar o árbitro. Ganso, então, foi obrigado a deixar o campo para que o meia-atacante pudesse seguir no gramado.

Alheio à confusão, Lucas Fernandes só quer saber de jogar futebol. “Quero seguir mostrando o meu trabalho no dia a dia, com a mesma pegada, porque mais oportunidades surgirão. E quando elas aparecerem, quero aproveitar e mostrar o meu futebol. Se mantiver esta postura firme nos treinos, sei que ganharei mais espaço e poderei ajudar o São Paulo”, afirmou o atleta.

O meia-atacante é considerado uma das principais promessas formadas no CFA de Cotia. Os torcedores são gratos ao jogador por ele ter feito o gol que deu o título da Libertadores sub-20 ao São Paulo, em vitória por 1 a 0 sobre o Liverpool-URU, em fevereiro. Lucas Fernandes está desde 2011 no clube e também vestiu a camisa 10 do Tricolor nas conquistas da Copa do Brasil, da Copa Ouro e da Copa RS. É possível que Bauza aproveite o segundo tempo das próximas partidas do Paulistão para habituar o jovem à experiência de atuar como profissional da equipe.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Após estreia, Lucas Fernandes quer “manter pegada” para seguir no time

  1. É Lucas vc como outros da base se depender desse Paton vao amargurar um banco danado, ele colocou vc tudo bem, mas somente 10 minutos ou ate menos para que?
    alias faz tempo que nao temos um treinador descente que saiba aproveitar a base como se deve.
    A aproveitam sim quando algum garoto vai ter proposta para ser vendido e etc, ai trazem para o time principal.

  2. infelizmente esse ano nao dar para você garoto deveria ter ficado na base para treinar mais e quem sabe em 2017 joga o profissional .

    moro ta com medo de prende o lula ou nao tem nada contra ele de prova para prisão ?

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*