Após desconfiança, Sidão brilha e é abraçado pelo elenco do São Paulo

A vitória por 1 a 0 sobre o Sport, no Morumbi, pode ter sido um divisor de águas para o São Paulo. O time ficou sem levar um gol após dez partidas, conseguiu segurar o resultado em casa e saiu do Z4 após sete rodadas consecutivas na zona da degola.

No entanto, o resultado pode ter sido uma mudança especialmente para Sidão, herói do jogo com duas defesas incríveis já nos acréscimos do jogo. Contestado por uma parte da torcida são-paulina, ele garantiu o placar e recebeu o apoio dos companheiros de clube.

Hernanes foi um dos que fizeram questão de abraçar o goleiro após apito final do árbitro. Para o meio-campista, Sidão foi o responsável pela vitória.

– Com certeza dei abraço no Sidão. Ele foi bem e conseguiu garantir o resultado para a gente – destacou.

E não foi só o camisa 15 do Tricolor que se manifestou. O atacante Lucas Pratto também fez questão de elogiar a atuação do companheiro. Para o camisa 9, Sidão foi determinante para os três pontos.

– Sidão e todos os goleiros do time merecem todo o respeito. Tentam fazer o melhor, como todo mundo. Graças a Deus hoje o Sidão está com uma regularidade boa, e parabéns para ele, porque hoje a gente venceu graças a ele – comentou o argentino.

Por fim, o elogio do comandante. Dorival Júnior mostrou confiança na evolução e viu participação essencial de seu goleiro titular no resultado contra o Sport.

– Sidão foi fundamental na manutenção do nosso resultado. Ele vem crescendo. Espero que mantenha e melhore. É uma condição que cabe a ele, de ir buscando gradativamente – avaliou Dorival.

Depois de momentos de desconfiança nas últimas rodadas, Sidão põde respirar aliviado, sair de campo satisfeito e abraçado por companheiros e torcidas, algo que o arqueiro comemorou.

– É muito gratificante. Passei por um tempo difícil aqui no São Paulo. Hoje é meu trabalho ajudar. Estou muito feliz – finalizou o titular da meta são-paulina.

Fora do Z4, o São Paulo volta a campo no próximo dia 11, às 21h45, contra o Atlético-MG, em confronto direto para se afastar do perigo da queda. Até lá, por conta da pausa para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, terá dez dias para encarar novamente o Brasileirão.

 

Fonte: Lance

3 comentários em “Após desconfiança, Sidão brilha e é abraçado pelo elenco do São Paulo

  1. Não houve brilho nenhum: pelo jeito estamos precisando de heróis!
    A primeira defesa não precisava de espalhafato algum e a bola poderia ter sido segurada por ele ao invés de se jogar da maneira que ele se jogou para mandá-la pra escanteio (aliás, ele não segura nenhuma bola: rebate todas). Fez isto para valorizar a defesa. A segunda sim, foi uma boa defesa que apenas corrigiu a exibição da primeira. A meu ver ele esteve pertinho de sair como vilão do jogo, caso não defendesse a segunda bola!!!

  2. Não vejo todo esse brilho. Qualquer goleiro mediano faria as defesas no final do jogo. Estão elogiando pelo fato dele não ter falhado. O São Paulo precisa de goleiro de defesas impossíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*