Antony dá show, São Paulo bate Mirassol e vai às quartas da Copinha

Sem sustos, o São Paulo superou as oitavas de final da Copinha. Na noite desta terça-feira, em Araraquara, o time sub-20 do Tricolor não tomou conhecimento do Mirassol e o venceu pelo placar de 3 a 0, com gols de Gabriel Novaes, Antony e Sena.

Em busca do tetracampeonato do torneio, o São Paulo enfrentará o Cruzeiro na próxima fase. Mais cedo, o time mineiro aplicou uma goleada por 6 a 0 sobre o Rio Preto-SP, em Marília. O duelo está marcado para a próxima quinta-feira, em Araraquara. O horário do confronto ainda será confirmado pela Federação Paulista de Futebol.

O Mirassol até tentou marcar em cima no começo do jogo, mas aos poucos o São Paulo foi se impondo e criando as suas chances. Sem muito esforço, o Tricolor abriu o placar aos 23 minutos. Integrante do elenco profissional, Antony cruzou na medida para Gabriel Novaes testar no contrapé do goleiro e se isolar ainda mais na artilharia da Copinha, com nove gols.

Pouco antes do intervalo, o São Paulo quase ampliou sua vantagem. Antony foi até a linha de fundo pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Paulinho pegou de primeira e exigiu grande defesa do arqueiro. O time do interior, por sua vez, nem sequer chegou a ameaçar a meta de Thiago Couto no primeiro tempo.

Com três alterações, o Mirassol voltou mais ofensivo, mas ainda assim o São Paulo continuou mais perigoso. Melhor em campo, Antony driblou, deu chapéu no marcador e marcou um belo gol.  Aos 22 minutos, o meia-atacante recebeu dentro da área e bateu de chapa, cruzado, sem chances de defesa para o goleiro.

Com a vitória praticamente assegurada, o técnico Orlando Ribeiro sacou Gabriel Novaes, Antony e Fabinho, já de olho no embate com o Cruzeiro. No apagar das luzes, Sena aproveitou passe de Vitinho para chutar cruzado e dar números finais à partida.

3 comentários em “Antony dá show, São Paulo bate Mirassol e vai às quartas da Copinha

  1. Depois de dois mata-matas, o que vi:
    Ainda vejo um time pouco organizado em campo tendo se beneficiando, até agora, da melhor qualidade individual de seus jogadores.
    Vejo que, mesmo jogando contra frágeis defesas e criando muitas oportunidades de gols, poucos garotos parecem ter “faro de gol”, ficando o time na dependência do Gabriel Novaes para dar a largada e marcar o primeiro – sempre o gol mais importante nos jogos da categoria (aquele que trás algum conforto liberando a adrenalina e dando segurança à molecada – dando certo temor no adversário). A meninada parece se afobar um pouco em frente à meta adversária (menos o Novaes, lógico) e acaba por perder gols incríveis.
    Nesta próxima fase, quando as coisas vão se equilibrar, é que, realmente, vamos ver a capacidade de nossos jovens e se o treinador vai ser capaz de fazê-los jogar mais organizados. Se isto acontecer, se melhorar a disposição tática do time, poderemos sonhar com mais uma final na categoria.
    Vai ser merecido!!!

  2. Exatamente, jogaram com seriedade, respeitando o plano tático do treinador, com qualidade nas jogadas e na marcação! Todos foram bem, mas os melhores para mim foram Antony, Gabriel e Tuta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.