Alguém me disse

Estava andando pelo clube no meio da tarde, encafifado com a compra do Iago por R$ 2 milhões – ainda não sabia da matéria que sairia agora detalhando o escândalo que foi este negócio – quando encontrei quatro pessoas, das mais diferentes correntes políticas do clube, que me afirmaram terem ouvido da boca da alta cúpula do Tricolor: se não entrar um patrocínio agora, no mês de outubro, o São Paulo estará literalmente arruinado financeiramente para novembro. Ou seja: só tem como bancar suas despesas até o próximo mês.

Também fiquei sabendo que está sendo fechado um patrocínio para a manga da camisa. A ideia era conseguir fazê-lo já para este jogo contra o Vasco, mas já parece impossível. Isso aliviaria momentaneamente a extrema gravidade do problema. Mas o tempo está prá lá de ruim no Morumbi.

E depois de tudo isso, ainda me comprar um zagueiro de 19 anos por R$ 2 milhões, do jeito que foi. Ah, leiam a matéria, por favor. Estou tão chocado e tão aborrecido com isso, que não tenho nem forças para escrever.

 

Paulo Pontes

20 comentários em “Alguém me disse

  1. Esse jornalista Paulo Pontes não é aquele que pediu ajuda da direção do São Paulo um tempo atras e por não ter recebido ajuda (espero que não seja um daqueles que recebiam favores da gestão JJ), começou a fazer uma enxurrada de acusações a atual direção do clube? Li algo assim na internet um tempo atras. Já não sei em quem acreditar, afinal hoje em dia todo mundo que tirar proveito de alguma situação.

    • Você, cidadão, é um dos que são mandados do presidente para defendê-lo aqui. Seja homem e se identifique, não ficando escondido sob pseudônimos e e-mails falsos, pois pelo seu ID posso te localizar. Mas vamos lá: prove o que você está dizendo sobre mim. Ou vá para o inferno, que é ficar ao lado de quem rouba o São Paulo.

  2. Vou ficar batendo na tecla até alguém me explicar tanta safadeza!
    Cade o dinheiro da venda do Boschilia? Foi realmente gasto em duas horas “pagando os empresários” (credores de que?)? Quem são eles?
    Há mais de um ano comento, aqui, que empresa séria nenhuma investiria em patrocínio master no SP, com essa diretoria não confiável. Por que será que, de-repente, expulsaram o patrocinador anterior antes do tempo? Deveria haver alguma mutreta envolvida que não deu certo, caso contrário, não precisariam ficar falando mal do patrocinador para tirá-lo de lá. Essa compra do Maidana também: por que não procuraram o clube para negociá-lo, ou o estafe do jogador para assinar um pré-contrato, se já possível? Dá para algum inocente desinteressado acreditar que esse mundo de grana (para a situação do jogador e financeira do clube) foi sem algum tipo de “por fora”? Infelizmente não consigo torcer para outro time: é muito tempo de dedicação e interesse para poder mudar. Não vejo luz no fim do túnel. Os “conselheiros” e quem os elege, semelhante ao que o PT fez com o país, aparelharam a máquina para continuar sempre os mesmos, independentemente do nome de seu presidente. Salvo alguma atitude extrema, tipo revolução, até com alguma ameaça e processos crimes contra diretores, não vai mudar nada. Mais um ano dessa diretoria e o SP vai ter que começar a pensar em venda de patrimônio para pagamento de dívida e, a meu ver, seria uma saída para evitar a quebra total do clube, como aconteceu com Portuguesa, Guarani etc. Melhor vender do que tê-lo leiloado. Pelo andar da carruagem, parece que todo mundo que pode, está tirando alguma “casquinha” antes que o último a sair apague as luzes: pobre Mais Querido….

    • Caro Paulo RP, perfeito e que mais me deixa indignado com tantas “correntes políticas no clube”, como mencionado por PP, é a passividade do conselho e dos sócios.
      Qualquer entidade que chegue a uma situação destas os associados se movimentam exigindo soluções ou a deposição dos responsáveis, afinal é seu patrimônio que está em risco.
      Isto me leva a acreditar que para grande parte deles se for salvo o setor social, dane-se o futebol, afinal quase 50% deles nem de futebol gostam ou torcem por outros times.
      Abraço.

      • Fernandes e amigos, os sócios até estão tentando fazer alguma coisa. O problema (se entrarem na página do Social do Tricolornaweb vão ler o que escrevi lá) é que a diretoria está usando a lei da mordaça e cassando sócios que ousam criticar a diretoria nas redes sociais, suspendendo os sócios, e expulsando quem fala mal da diretoria dentro do clube. Os sócios estão com medo. Estão tentando fazer alguma coisa comigo, mas não conseguem. Mas o Tricolornaweb vai intensificar a cobrança dos conselheiros a partir de agora.

        • Paulo P. boa tarde. Só uma pergunta um pouco fora do assunto, se quiser responder, respeito. Você disse que tentam fazer alguma coisa com você. Seria o mesmo que fizeram com o Paulinho do Blog?? Se for, então não temos mais democracia e direito de ir e vir nesse país??? Deus nos ajude se for algo assim. Lemos coisas boas, que nos alivia sobre o SPFC, logo mais tarde lemos coisas horrorosas sobre o mesmo, coisas que parecem ilícitas e mal explicadas sobre a gestão atual e passada. Já não sabemos mais o que filtrar sobre essas notícias. Fico pensando, se os jogadores tiverem acesso a tantas informações que circulam na net sobre o SPFC, ai sim meus amigos, estamos literalmente acabados, eu mesmo sinto uma tristeza tão grande que amigos meus ficam incomodados. Gosto de futebol, gosto do clube, gosto da disputa pela “bola de couro” sintético ou legítimo, não importa, é a BOLA, que rola e salta, rebate na cabeça no peito…às vezes nas mãos “de CENI” puxa vida, quanta alegria ele nos deu, e ela também a BOLA. Mas, quem dá bola para as coisas que acontece e aconteceram no SPFC ???? Mais uma vez….QUE DEUS ESTEJA CONOSCO E PRINCIPALMENTE NA CABEÇA DOS JOGADORES HOJE E SEMPRE.

          • Ronaldo, o Paulinho do Blog denunciou coisas que ele não conseguiu provar. Acho até que se excedeu, mas concordo que a democracia está em risco. Sim, o que pretendem fazer com todos que falam mau da diretoria é a mesma coisa. Os sócios estão sendo chamados e suspensos no Conselho Disciplinar, porque se posicionam contrários a esta diretoria. Eu só não fui ainda porque o faço aqui. Sou jornalista, este site é legalmente registrado e pertence a uma empresa legalmente constituída. Portanto, eles só podem me processar. Mas não o fazem pois não conseguem. Como sócio, sou um cidadão comum que joga tênis, faz academia, vai à piscina e, principalmente, vai a TODOS os jogos do São Paulo. Grande abraço.

        • Obrigado Paulo Pontes, passarei a ler a página do Social, apesar de não ser sócio, para acompanhar o esperado movimento dos associados.
          Lendo suas considerações e comentários naquele espaço, duas situações chamaram minha atenção, uma sócia mencionando o desinteresse de alguns sócios e o tratamento que vem sendo dado também aos sócios torcedores.
          Enquanto as demais entidades buscam atrair seus torcedores, inclusive fazendo-os mais participativos, esta administração segue uma linha autoritária, como a anterior, totalmente na contramão do que se espera de uma forma descente de governar.
          Característica própria de quem tem muita coisa a esconder.
          Contamos muito com você e este seu espaço e talvez através disto consigamos voltar ao lugar de onde nunca devíamos ter saído.
          Abraço.

  3. Vamos lá ,como o Osorio diz tem muita gente falando muito nesse clube , já que vc levantou essa denuncia poque não faz uma entrevista com o diretor financeiro e leva essas questões direta para ele explicar ,

    Outra coisa acho que está na hora da revelação dos nomes das pessoas que ficam falando , ai saberemos se são pessoas realmente incluídas na administração do clube , ou são pessoas como nós que sabemos que as coisas estão ruins mas não temos profundidade.

  4. Sem a necessidade de bola de cristal, domingo após a derrota, postei que nos restava aguardar para a semana as surpresas de Brasília e do Morumbi, dito e feito dólar a mais de 4 reais e isto agora.
    Com relação ao tricolor, enquanto la atrás nos preocupávamos com ciranda de técnicos, troca de elenco e péssimas atuações, e ao mesmo tempo iludidos com reformas de estádio, rejeição de patrocinadores que não condiziam ao tamanho do clube e outras coisas mais, a estrutura administrativa ia delapidando o patrimônio, criando dívidas e pior destinando recursos sem qualquer transparência, através de contratos no mínimo estranhos.
    Pergunto, onde estavam os conselheiros que hoje lamentam, e os sócios que os elegeram?
    A continuar desta forma, começarão a ver parte do patrimônio a trocar de mãos, pois nem todos os credores são como o da intermediação da Under Armour.
    Estão transformando o São Paulo em um museu, que viverá de um passado de glórias e nada mais.
    Precisamos de mudanças estruturais já, ou apenas alguém para limpar as taças.

  5. Mas como 4 pessoas aparecem do nada assim e falam que o spfc não tem dinheiro pro próximo mês? Além do que, o que fazem 5 pessoas no meio da tarde perambulando pelo clube?? Pelo amor viu… Parece imprensa gambá

  6. E a cúpula prepotente, por pura vaidade, dispensa a ajuda do Abílio Diniz para sanear as dívidas e modernizar a gestão, e assim colocar o clube no século XXI. Essa diretoria realmente é muito pior que a anterior.

  7. Infelizmente nosso tao soberano sao paulo esta virando um time comum, um time que com os problemas financeiros que se encontra faz negocios obscuros, levando o time em um buraco perigoso, sei que o desespero é grande para ter zagueiros e bons jogadores, mas esta chegando o ridiculo como esse caso.
    e pior que tudo isso vai refletir aonde, no time, no elenco.
    Vamos ver os proximos capitulos a partir de amanha, depois do jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*