Aidar determina: ‘Não quero e não teremos nenhum jogador chinês’

Se depender do presidente Carlos Miguel Aidar, o São Paulo não contará com nenhum jogador chinês no elenco comandado por Muricy Ramalho. O mandatário tricolor se mostrou irritado com as especulações sobre o empréstimo de um atleta do Shandong Luneng (CHN), parceiro do time do Morumbi nas categorias de base, levantadas na manhã desta terça-feira, em evento na cidade de Porto Feliz.

– Eles (Shandong) e os empresários que fizeram a parceria (Joseph Lee e a Kirin Soccer) gostariam de mandar alguém, mas o São Paulo não tem nenhum interesse. Eu não quero e não teremos nenhum jogador chinês. Nem se for apenas para treinar no CT da Barra Funda – reclamou Aidar, em contato telefônico com o LANCE!Net.

As conversas que poderiam levar o meia Wu Xinghan, de 21 anos de idade, ao Morumbi foram reveladas por Gabriel Aidar Abouchar, primo do presidente e diretor de relações internacionais do Tricolor. O dirigente disse ter sido informado de que o Shandong Luneng tem a intenção de emprestar o jovem, mas deixou claro não saber de nenhum detalhe além da idade do atleta. Para acabar com qualquer especulação, o São Paulo divulgou nota oficial.

“O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, desmente veementemente as notícias divulgadas nesta terça-feira (15) com relação a um possível interesse do clube por atleta asiático. Aidar reitera a excelente relação que o São Paulo FC tem com as equipes, torcedores e com o povo asiático, tendo inclusive parceria e escolas licenciadas na China, mas exalta que o clube já se reforçou com atletas de alto nível para a sequência da temporada 2014”, diz a publicação no site do clube.

Fonte: Lance

Um comentário em “Aidar determina: ‘Não quero e não teremos nenhum jogador chinês’

  1. Vamos lembrar que são mais de 1 bilhão de chineses. Se conseguirem popularizar o futebol naquele país, acredito que, na copa de 2022 já deverão fazer boa campanha para seus padrões. Assim sendo, acho que o SP deveria, sim, investir forte na parceria chinesa e, por que não?, deixar que alguns atletas de lá treinem e, se possível, joguem no nosso time. Isso só vai trazer benefícios ao tricolor . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*