Agente de Gonzalo Carneiro diz que atleta não sabia o que consumiu

Gonzalo Carneiro, do São Paulo, trata de uma depressão profunda e não sabia o que consumiu, segundo o empresário do jogador, Pablo Bentancur.

Em entrevista à rádio “Sport 890”, do Uruguai, o agente de Gonzalo Carneiro falou sobre a situação do atacante, suspenso provisoriamente por suspeita de uso de cocaína.

Ele foi flagrado no jogo contra o Palmeiras no Pacaembu, na primeira fase do Paulistão, no dia 16 de março – o atleta jogou os 90 minutos, e o Tricolor perdeu por 1 a 0.

– O garoto cometeu um erro. A depressão é um assunto complicado. Não sabia o que ele consumia. Pensava que era um cigarro – disse Bentancurt, em entrevista nesta terça-feira.

A afirmação do empresário sobre a depressão confirma a informação publicada nesta terça-feira no GloboEsporte.com. Após ter conhecimento do caso de doping, o São Paulo buscou mais detalhes da situação. O clube soube por terceiros que Gonzalo Carneiro procurou profissionais no Uruguai para tratar de uma depressão.

Introspectivo e pouco comunicativo, ele demonstrava no dia a dia do CT da Barra Funda alguns sintomas da doença nos últimos meses, por estar mais isolado do que o comum.

Bentancur também criticou a maneira como a recuperação da pubalgia de Gonzalo Carneiro foi feita no antigo clube do jogador, o Defensor Sporting. Ele foi contratado em abril de 2018 pelo São Paulo e estreou em julho. Antes, havia atuado pela última vez em novembro, no Uruguai. Ou seja, ficou oito meses parado.

– Não quero fazer polêmica, por sorte já mudaram as pessoas que comandam o clube (Defensor). Gonzalo esteve oito meses lesionado. Ficou sem jogar no São Paulo e isso ocasionou uma profunda depressão, da qual é muito difícil sair estando fora (do país). Ele fala pouco, é introvertido e uma coisa levou a outra. Hoje estamos tentando dar uma mão para ele. É um bom garoto que cometeu um erro. A depressão é um tema muito complicado – afirmou o agente.

A preocupação do São Paulo é sobre como Gonzalo Carneiro vai reagir ao problema a partir de agora. Até porque a expectativa é de que o jogador receba uma punição pesada. Ele tem até esta quarta-feira para pedir a contraprova do exame antidoping (sete dias depois do comunicado). Se o uruguaio não requisitar dentro do prazo, ele aceita o resultado do teste inicial.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Agente de Gonzalo Carneiro diz que atleta não sabia o que consumiu

  1. Não devemos julgar: cada qual é dono de seu nariz e o rapaz já não é criança.
    Agora; não saber o que estava usando é a desculpa de 10 entre 10 flagrados neste tipo de exame.
    É uma pena que jovens ricos, famosos, saudáveis, se deixem levar pela droga. Espero que não seja este o caso, porque se for, vai ficar muito difícil para o atleta…

  2. Depressao nao é facil, mas nao saber o que esta ingerindo ai é muita lerdeza, pq se a droga estava no cigarro é pq alguem deu a ele, a cocaina esta no cigarro, muito estranho, mas enfim se entrou nessa tem que sair, o problema que se for verdade vai pegar uma pena pesado, viram o caso do Guerrero tb por uso de drogas, 1 ano sem jogar, voltou recentemente.
    Tem que tratar para que nao piore pq pode haver ate suicidio como ja vimos casos parecidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.