A produtiva temporada de Alan Kardec

O 14º personagem na série do site oficial do São Paulo sobre o ano dos atletas viveu um dos melhores momentos de sua carreira em 2014. A temporada do atacante Alan Kardec foi marcada por gols, artilharia e um momento especial: esteve na lista entre os 30 jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

No mesmo dia em que chegou ao São Paulo, no dia 13 de maio, o camisa 14 recebeu a notícia de que poderia defender o país no maior torneio de futebol do planeta. A lista de Felipão seguia protocolo da FIFA, que exigia a relação com 30 jogadores para a disputa da competição. No entanto, apenas 23 atuaram no torneio e, dessa forma, o reforço são-paulino foi um dos suplentes caso o treinador necessitasse fazer alguma alteração na delegação brasileira.

A relação com sete nomes servia para a comissão técnica substituir algum atleta caso ocorresse algum problema até o dia 2 de junho (data limite para a definição). “Nada pôde pagar aquele sentimento, porque fiquei muito honrado de estar entre os 30 convocados. Foram várias notícias boas, uma seguida da outra, mas só eu sei o quanto me dediquei para que isso acontecesse”, afirmou.

Para chegar entre os escolhidos de Scolari, Kardec se destacou no primeiro semestre. Ao lado de Luis Fabiano, Cícero (Santos) e Léo Costa (Rio Claro), o camisa 14 foi um dos artilheiros do Campeonato Paulista com nove gols atuando pelo Palmeiras. Após a disputa do Estadual, o centroavante despertou o interesse do Tricolor e acertou a sua chegada ao clube.

Na equipe são-paulina, o atacante logo ganhou a confiança do técnico Muricy Ramalho e se firmou no time. Em 35 jogos pelo São Paulo, sendo titular em 33, o jogador balançou as redes dez vezes e foi um dos artilheiros do Tricolor na temporada, atrás apenas de Luis Fabiano (20) e Alexandre Pato (12).

“Acho que o saldo é positivo, com muitas coisas alcançadas. Muitas delas até individualmente. Um ano em que estive presente em lista de Copa do Mundo, especulação em algumas convocações. Muitas coisas aconteceram na parte individual e coletiva também”, disse o centroavante, que em 2014 casou e fortaleceu o clube em busca da vaga para a Libertadores da América de 2015.

“Chegamos ao final do ano com coisas boas acontecendo, em segundo lugar no Brasileiro. Infelizmente perdemos a Sul-Americana, mas o saldo foi positivo”, finalizou o atleta são-paulino, que no início do próximo ano será pai pela primeira vez. A esposa do jogador está grávida da pequena Maria.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.