São José supera maratona e arranca empate contra o São Paulo

A equipe de São José enfrentou uma maratona de jogos nesta quinta-feira. Os paulistas entraram em quadra as 8h da manhã, quando golearam o Pindamonhangaba por 6 a 1, pelas quartas de final dos Jogos Regionais, em Caraguatatuba (SP). Após o jogo, embarcaram direto para Londrina para enfrentar o São Paulo, no ginásio do Moringão e conseguiram sair da cidade paranaense com um empate por 2 a 2, em partida válida pela segunda-fase da Liga Futsal.

Com o resultado, a equipe chegou aos quatro pontos ganhos e assumiu a terceira posição, deixando a lanterna para o Minas. O São Paulo manteve-se na segunda posição, com sete pontos ganhos, atrás do Orlândia.

O treinador de São José, Ivan Gomes, reclamou bastante da situação vivenciada pela equipe, nesta quinta-feira.

– Infelizmente não tiveram bom-senso com nossa equipe e ficamos nesta situação, com dois jogos no mesmo dia. O que fizeram com a gente hoje foi uma covardia – reclamou o comandante.

O Jogo

A partida começou com o São Paulo tomando a iniciativa de buscar o jogo, nos primeiros cinco minutos, mas não contava com um início de partida inspirado do goleiro Paulo Victor, que fez pelo menos três excelentes defesas. São José tentava jogar aproveitando-se dos contra-ataques, mas sem muita efetividade, na primeira metade da etapa inicial. Aos 9m20s veio o primeiro lance de perigo. Em cobrança de falta ensaiada, o São Paulo chegou perto do gol, com o fixo Gérson, que parou nas mãos do goleiro de São José, que colocou a bola para escanteio. O jogo continuou truncado, bem disputado, mas os tricolores levavam mais perigo ao gol da equipe paulista, que parecia sentir o cansaço da maratona de jogos.

O São Paulo chegou ao gol no fim da primeira etapa. Em uma jogada pela ala esquerda, o ala Dario recebeu pelo meio e encheu o pé para abrir o placar no Moringão, aos 16m46s. Na comemoração, o tricolor homenageou a mãe, que completa 43 anos nesta sexta-feira. Pouco depois o fixo Goda, de São José, fez falta dura e recebeu amarelo. Segundos depois, São José teve a chande de empatar, quando Rafa recebeu, chutou forte, mas a bola desviou no goleiro Cris. O clima esquentou no fim do primeiro tempo. Foram três cartões amarelos em dez segundos, para Thiago Bolinha, do São José, além de Bocão e Gerson, pelo São Paulo, que foi para o intervalo com a vantagem do 1 a 0 no placar.

As equipes voltaram para a etapa final com o time tricolor cadenciando o jogo nos primeiros cinco minutos. O São José chegou com perigo, com um giro do pivô Thiago Bolinha, que Cris espalmou bem. Como numa reprise do primeiro tempo, Rafa recebeu de frente para o goleiro são-paulino, que novamente levou a melhor sobre o ala de São José, fazendo uma belíssima defesa.

O São José tanto insistiu que chegou ao empate. Goda avançou em jogada individual e finalizou forte, no canto direito de Cris, para igualar o marcador, aos 8m50s da etapa complementar. Mas o São Paulo voltou a ficar em vantagem. O ala Edu fez uma bela jogada pela esquerda e deixou Vitinho livre, para fazer 2 a 1 no placar, aos 14h57. A alegria tricolor não durou muito. Um minuto depois, depois de uma boa troca de passes pelo lado esquerdo, Rafa, que já havia perdido duas boas chances, não desperdiçou e voltou a empatar a partida, fechando o placar em 2 a 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.