Social do São Paulo tem um dono. #SQN

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, a profissionalização dos diversos departamentos do São Paulo é algo mais do que necessário: é fundamental e obrigatório. De alguns tempos para cá temos vivido um amadorismo à toda prova, carregada de um tal de “eu sou diretor e mando aqui”, e outras coisas mais. Esmeram-se no poder para esconder explicações do sócio e, em última análise, da instituição.

Vejamos o que tem ocorrido na Social, talvez o setor mais importante do São Paulo FC depois do futebol. O atual diretor, Manuel Moreira, que é conselheiro vitalício, toma atitudes, faz eventos e nega-se a prestar contas ou dar esclarecimentos a quem quer que seja. Não responde a questionamentos do próprio vice-presidente Social e de Esportes Amadores, Carlos Henrique Sadi. Se não faz isso com seu superior, o que falar de um simples sócio.

Manuel é dono de um Buffet. Claro que não vou divulgar o nome aqui pois não costumo fazer propaganda de graça. Mas curiosamente foi seu buffet o responsável pelos três últimos grandes eventos no clube, na área social: Almoço do Dia das Mães, Jantar Português e Feijoada do Dia dos Pais. Este editor fez uma solicitação por escrito, pedindo informações sobre a licitação feita para as referidas festas, pois reza no regimento do clube que para qualquer compra a ser feita, ao menos três orçamentos devem ser apresentados. Ninguém me respondeu nada. O máximo que me falaram foi que eu deveria fazer um pedido através do CAU, que é o centro de atendimento ao sócio. Bem, mas um pedido feito lá vai para análise de quem? De Manuel Moreira, o diretor Social. Logo…

Há um setor no clube, o de Beach Tenis, que tem feito alguns eventos, dos mais interessantes, diga-se de passagem, para a promoção do esporte. Recentemente houve um torneio promovido pela Federação Paulista de Tênis. Cada participante pagou uma taxa de inscrição. A FPT destina parte desta taxa ao clube. Eu quis saber qual foi o balanço do evento, pois dezenas e mais dezenas de atletas entraram no clube. Também me foi negada a informação.

Semana passada houve um grande evento no G!: um sábado inteiro de Jiu Jitsu, promovido pela Academia Gracie. Sabe-se que há uma parceria desta academia com o clube. Ela fornece professores e o esporte é divulgado no clube. O evento foi gigantesco, com muita organização e envolvimento de muitos sócios. Só que ao clube, pelo que me foi informado, coube a exploração do bar. Mais nada.

Mas também fiquei sabendo que cada participante do evento pagou uma taxa de R$ 90. Um levantamento prévio que foi feito indica que cerca de três mil atletas participaram das atividades. Isso significa que a Academia Gracie faturou R$ 270 mil naquele evento. Fora as vendas numa butique que ali foi montada, de produtos próprios. Renda da academia.

Bem, tentei saber de todas as formas qual o lucro do São Paulo nesse evento. Me parece  justo que ao ceder o Ginásio principal do clube, por um sábado inteiro, valha uma compensação financeira ao Tricolor. Mas os diretores do esporte, Danilo Machado e Wilton Maurelio, bem na cartilha do diretor Social, preferem criticar quem quer clareza a transparência nas informações, desvirtuando o assunto principal, pois em nenhum momento critiquei o evento em si, e também se negam a dar esse tipo de informação. Dizem, nos corredores, que há um contrato assinado entre o São Paulo e a Academia que prevê, entre outras coisas, que um dia do ano o clube cederia o G1 para essa competição, sem auferir lucro. Desculpe, mas se de fato existe esse contrato, o responsável por ele, pelos lados do São Paulo precisa, no mínimo, dar explicação.

Não sei se o presidente Leco está ciente da situação. Se não está, é porque é um alienado da área Social do clube. Se está – e elas forem comprovadas – e não fez nada é, no mínimo, prevaricador. Em outros tempos, por muito menos do que isso, o diretor Social já teria sido substituído.

Mas abril vem aí. Muita coisa deverá mudar. Os sócios do São Paulo talvez tenham que esperar mais um pouco para ver a transparência ser implantada no setor.

Sei perfeitamente que o leitor do Tricolornaweb é, em sua grande e massacrante maioria, ligado ao futebol. Mas o número de sócios que acompanha nosso site também é gigantesco. Não poucos falam por todos os cantos que o Tricolornaweb é, sem sombra de dúvidas, o maior formador de opinião que existe no clube. E, até para honrar esse status que alcançamos, preciso tornar público o que ocorre nos bastidores do clube, e que acabam não sendo de conhecimento da maioria.

Para quem já tem no curriculum um processo movido por Juvenal Juvêncio, por ter denunciado as irregularidades que existiam em Cotia – e ganhei a ação -, participou ativamente, sendo o principal veículo de imprensa, para a queda de Carlos Miguel Aidar, presidente do clube, e já colocou em xeque alguns conselheiros e diretores, não se acomodará com essa situação.

É só mais uma batalha que está começando para o Tricolornaweb.

Comissão explica aos sócios o novo estatuto

A Comissão de Sistematização da Reforma Estatutária vai estar presente no Espaço Villanova Artigas, nesta quinta-feira (24), para elucidar pontos que não estejam claros e não foram entendidos no novo estatuto do São Paulo. Os membros da comissão ficarão na Praça Musical a partir das 19h30 aguardando os sócios que quiserem tirar suas dúvidas.

A Assembleia Geral que aprovar ou rejeitar o novo estatuto está marcada para o próximo dia 03 de dezembro. No Conselho Deliberativo a aprovação foi por unanimidade. Mas isso não significa nada, pois a palavra final é do sócio.

 

Paulo Pontes

 

Abertura da Olimpíada Vermelho, Branco e Preto 2016

No último dia 09 de outubro, aconteceu a festa de abertura da 32º Olimpíada Vermelho, Branco e Preto, tradicional evento são-paulino que reúne os associados para finais de semana de atividades.

A solenidade aconteceu no ginásio 1 do clube com o hasteamento das bandeiras do Brasil, Estado de São Paulo, Cidade de São Paulo, do São Paulo FC e da Olimpíada VBP feita pelo Presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, Presidente do Conselho Marcelo Abranches Pupo Barboza, Conselheiro Vitalício José Alcântara Filho, Conselheiro Adalberto Garcia Pena e pelo Diretor de Esportes Amadores Fernando Bracalle Ambrogi, respectivamente. Em seguida foram apresentadas algumas modalidades participantes do evento olímpico – COD, COTI, Vôlei, Beach Tênis, Tênis, Capoeira, Boxe, Ginástica Rítmica, Ginástica Aeróbica, Basquete, Atletismo, Patinação, Handebol, Futsal, Natação e Hidroginástica.

O volante Wellington do Tricolor teve a missão de acender a pira olímpica dando início aos jogos são-paulinos que acontecerão até o dia 29 de outubro. Logo após, os patronos Paulo Dias Gaspar (equipe Vermelha), Edson Francisco Lapolla (equipe Branca) e Antônio Luiz Belardo (equipe Preta), foram homenageados com a entrega de placas. A grande festa de abertura prestigiada por muitos associados, conselheiros e diretores do clube, foi finalizada com os discursos do Presidente Leco e do Diretor de Esportes Amadores Chapecó.

Dando sequência a programação esportiva, depois da festa de abertura os associados participaram da caminhada seguida de um delicioso café da manhã no ginásio 4. Nas quadras externas a criançada se divertiu nas diversas brincadeiras.wellington

 

Dando sequência a programação esportiva, depois da festa de abertura os associados participaram da caminhada seguida de um delicioso café da manhã no ginásio 4. Nas quadras externas a criançada se divertiu nas diversas brincadeiras.

 

Fonte: Site Oficial

Festa Italiana do SPFC foi grande sucesso

A Festa Italiana realizada neste final de semana no São Paulo FC foi absoluto sucesso. Novidade que quebrou a tradição dos últimos anos, ao invés do jantar da sexta-feira, que acabava sendo restrita para poucos sócios, o evento foi aberto, com entrada franca, no Ginásio 4. Os sócios puderam curtir muita música boa, com grandes bandas, tenores e cantores variados, e só pagavam o que consumiam.

É fato que as barracas estavam com preços elevados. Os comerciantes não cumpriram com a tabela encaminhada previamente para o clube. Manoel Moreira, diretor Social, foi informado dos preços adulterados, mas acabou aceitando passivamente a explicação de que houve erro na digitação. Bem, errar de R$ 15 para R$ 20 um prato de massas (são dois dígitos de erro), de R$ 8 para R$ 10 a fogazza (de novo dois dígitos de erro), não dá para engolir, apesar da boa qualidade da comida (desculpem o trocadilho infame). Mas com ele, é assim mesmo.

festa-italiana

 

Entretando a mudança, idealizada pela diretora de Eventos, foi muito bem recebida pelos sócios e convidados, porque democratizou o que antes era feito para uma pequena parcela dos sócios.

O Tricolornaweb cumprimenta a diretora de Eventos, a gerente Social e sua equipe e o vice-presidente Social e de Esportes Amadores, pela brilhante programação.

Paulo Pontes

Foto: Miguel Schincariol,  Site Oficial

Festa Junina Tricolor leva mais de 15 mil pessoas ao clube

Foi um sucesso a Festa Junina Tricolor, edição 2016. Nos três dias de comemoração, foram mais de 15 mil pessoas que passaram pelo clube, entre sócios e convidados. Com muitas barracas, comida de primeira qualidade e muito com, quase sempre ao vivo. as pessoas se divertiram muito no espaço destinado aos festejos.

Na sexta-feira a abertura no palco ficou por conta da dupla Andre e Kadu. Na sequência veio a Banda Studio 4, arrebentando tudo e causando grade euforia em todos os presentes.

O sábado reservou as apresentações de Foró de Mesa; Rita Garcia & Roer mariano; e Banda Nova Era. entre as atrações musicais tivemos a Quadrilha do Beach Tenis, a dança da Zumba e a quadrilha Tia Valcelice.

No domingo se apresentaram Piter & Eddie, Banda Red Fox, Jean Lopes e Banda e a Ginástica Feminina Melhor Idade. Às 21h foi feita a grande queima de fogos, ouvimos o Hino do São Paulo, o agradecimento pela presença de todos o grande show de encerramento com a Banda Studio 4, que fez com que todos ficassem dançando e cantando até a meia-noite.

O Tricolornaweb cumprimenta o vice-presidente Social e de Esportes Amadores, Carlos Sadi, o diretor Social, Manuel Moreira, a diretora de Eventos, Heloisa Cavalari, a gerente Social Darci Vaz e toda a equipe da gerência social, que não mediram esforços para que tudo saísse de maneira perfeita. E assim aconteceu.

 

bandafogospublico

 

Paulo Pontes

Bacalhau, música, animação: Festa Portuguesa agitou a sexta

A Festa Portuguesa realizada na última sexta-feira (03) pela Diretoria Social, através da Diretoria de Eventos, levou quase 400 pessoas ao Salão Social do São Paulo FC. Ao som de Valéria Soares e Banda Athenas, com direito a apresentação de um grupo folclórico português, os sócios e convidados tiveram muita diversão.

O jantar ficou por conta do Buffet Iguarias, com culinária típica portuguesa, de ótima qualidade.

portuguesa1portuguesa2portuguesa3portuguesa4

 

Praça Musical

Apesar de toda a chuva que caiu neste final de semana, as atrações não pararam na Praça Musical. No sábado, Samuca One Man Band fez a festa, que contou com a presença no público do “Pai da Matéria”, Osmar Santos. O “Garotinho” esteve no clube para acompanhar uma partida entre amigos do São Paulo contra o Garotinhos de Mogi das Cruzes.

No domingo foi a vez de Fábio Luciano, voz e violão, que, mesmo com toda a chuva, não deixou o ritmo cair e contagiou os sócios que enfrentaram o tempo ruim.

 

Paulo Pontes

Final de semana agitado no São Paulo

O clube viveu um final de semana de muita agitação, com intensa programação a todos os sócios. As noites de sexta e tardes de sábado não tem sido mais monótonas. A Praça Musical, no espaço Vilanova Artigas, teve na sexta-feira a dupla sertaneja Bianco & Bertini, acompanhado de caldos de mandioquinha, verde e de legumes, no sábado os sócios dançaram ao som do grupo Sabor de Samba.

sabor de samba

 

No sábado pela manhã foi inaugurada a nova quadra de Futebol Society, com grama artificial totalmente reformada. O evento contou com a participação do presidente Carlos Eduardo de Barros e Silva e dos vice-presidentes Roberto Natel, Carlos Sadi e José Francisco Manssur, além do diretor social Manuel Moreira.

campo society

 

 

No sábado à noite foi a vez do Saturday Night Fever. Ao som da banda Factory, com o show \”The Clevers\”, com participação especial de Ricardo Braga, mais de 400 convidados curtiram a “comida de boteco” e dançaram sem parar, num encontro que começou às 21h e se estendeu até as 4 horas da madrugada de domingo.

festa_futebol_social

Neste evento apenas duas restrições que tenho que fazer: o cantor Ricardo Braga, que veio interpretar Roberto Carlos, é muito ruim tanto que, durante sua apresentação, afugentou todos que estavam na pista dançando; e o serviço de Buffet. Entendo que faltou variedade no que foi servido, além de um pouco mais de qualidade. Mas valeu pela grande diversão

Apesar de pouco público, show e almoço abrilhantaram Dia das Mães

Foi realizado no último sábado, 07 de maio, o Almoço do Dia das Mães, no salão social do São Paulo. Evento tradicionalmente realizado apenas para as mulheres, neste ano teve uma grande novidade: a participação de pais e filhos.

Houve muita animação com a performance da Banda Composição, que mesclou todos os tipos de música e trouxe muita interação com os sócios presentes. A “comilança” ficou por conta do Buffet Iguarias, também de ótima qualidade.

Para este evento foi cobrado um valor de R$ 70 para sócios, sendo que a cada três no mesmo título a mãe entrava sem pagar nada, e R$ 100 para convidados.

Talvez a falta de uma melhor divulgação tenha sido responsável para que não se alcançasse a lotação total do Salão Social. Também percebi, como destaque negativo, uma pequena confusão no sorteio do último presente para os sócios.

 

3b292fc3-a516-4b16-8756-e6ba0d31bd4013122990_1019419344801671_5834049050680095902_o

 

 

13173460_1019419148135024_7483583462180834417_o13164446_1271228642906337_3001479544433954266_n

 

Paulo Pontes

Fotos: Helo Cavalari

Social bombou no fim de semana prolongado

Poucas vezes se viu o clube tão cheio nos últimos anos, como neste final de semana prolongado, pelo feriado de 21 de abril. Foram 7.500 sócios que passaram pelas catracas, sendo que 3.500 frequentaram as piscinas e, no mínimo, mil estiveram na Praça Musical. Com muitas atividades em diversas modalidades esportivas e de eventos, e com o calor que beirou os 33 graus todos os dias, os sócios curtiram muito estes quatro dias.

As piscinas ficaram lotadas. Teve momento em que houve dificuldade até para conseguir um guarda-sol.

No campo de Futebol Society um grande jogo: Franzinos x Parrudos. E os Franzinos venceram por 3 a 2. Foi um futebol diferente, que colocou de um lado o pessoal do futebol, com um pouco mais de barriga, e do outro a galera do fitness. Valeu pelo congraçamento.
Baroes

 

Praça Musical

Desde quarta-feira, grupos e artistas solo se alternaram em apresentações no Espaço Vilanova Artigas. Na quarta-feira (20) à noite foi a vez do Sax de Vitor Ferraz, que retornou ao clube na sexta-feira (22) à noite.

vitor

Na quinta-feira (21) e no domingo (24), o Grupo Total levou muito samba para o São Paulo. Os sócios tiveram muito motivo para dançar, comemorando, inclusive, a classificação do Tricolor para as oitavas-de-final da Libertadores, no empate conquistado na quinta-feira, em La Paz.

 

total

A tarde de sábado ficou por conta do Isaac di Paula. Com Violão e Voz, ele foi um pouco além da MPB e atacou de sertanejo antigo e muita música de dor de cotovelo.

isaac

 

Beach Tenis

Mais de 400 atletas participaram do Torneio de Beach Tenis, promovido pela Federação Paulista de Tênis, realizado no São Paulo FC. Equipes de todo o Estado estiveram presentes. Esse evento ajudou a movimentar muito o nosso clube neste feriadão.

 

beach tenis 01beach tenis002beach temis04

 

Parabéns aos organizadores destes eventos. Isso trouxe alegria ao nosso clube e aos sócios, razão maior para quem se dedica e atua nas diversas diretorias.

 

Paulo Pontes

Preços especiais para compra de título e taxas administrativas é definitivo

Devido ao bom número de adesões e, principalmente, o retorno de antigos associados, o São Paulo Futebol Clube decidiu manter em definitivo, e não mais em caráter provisório, os preços para  compra de título, transferências e readmissão.

Assim, os preços para inclusão de novos sócios e transferências, são os seguintes:

TÍTULO SOCIAL – Adquirido diretamente no Clube R$ 20.000,00 (vinte mil reais)

TÍTULO JÚNIOR – Filho (dependente de associado) R$ 10.000,00 (dez mil reais)
Taxa de transferência – entre terceiros R$10.000,00 (Dez mil reais)
Taxa de transferência – pais para filhos e vice-versa R$ 2.000,00 (dois mil reais)
Taxa de transferência – Avós para netos e vice-versa R$ 4.000,00 (quatro mil reais)
Taxa de transferência – entre irmãos R$4.000,00 (quatro mil reais)
Taxa de transferência – Entre cônjuges e ex –cônjuges ISENTA
Taxa de Readmissão R$1.000,00 (um mil reais)