Social

Sede social do São Paulo é arrasada pelas chuvas

 

Mais uma vez nosso clube foi inundado. As piscinas viraram lama, as quadras de tênis e poliesportivas desapareceram, os vestiários foram invadidos pelas águas. Não sei como estão minhas raquetes, toalhas e tênis nos meus dois armários. Mas isso, nesse momento, é o que menos importa. O fato é que, em pouco mais de cinco anos, é a terceira vez que esse fato se repete. E ninguém, eu disse NINGUÉM dessa diretoria, que, em última análise, é a mesma dos acontecimentos anteriores, toma ou tomou qualquer providência. E não me venham os pseudos “conselheiráveis” de 2014 fazer média aqui com este ou aquele grupo. O fato é esse. Sou obrigado a lembrar a velha máxima que, um dia, ouvi de dois diretores-conselheiros, sem que eles percebessem: “o sócio atrapalha muito”. É verdade. Nós pagamos nossa manutenção e não temos o retorno e o respeito necessário. Mas em 2014 virão atrás de nós. E eu, no Tricolor na Web, farei questão de lembrar que, de novo, nosso clube, para nossa tristeza, ficou imprestável. Nasci dentro deste clube e o tenho como meu segundo lar. Por isso estou com o coração ferido ao ver imagens tão tristes deste nosso lar. E ninguém, mais uma vez, fará qualquer coisa para que esses fatos não se repitam.