Tricolor supera Vasco e fatura a Supercopa de Fut7

A grande final da Supercopa Liga Brasil de F7, aconteceu nessa tarde de sábado (2) na Arena Nacional. São Paulo e Vasco se enfrentaram fazendo a reedição da final do Circuito Rio x São Paulo, na qual o cruz-maltino faturou o título pelo placar de 2 x 1. O Vasco vinha bem preparado, depois de vencer no shoot-out a equipe do Botafogo e acredita em mais uma conquista na categoria. O Tricolor do Morumbi, que eliminou o Corinthians pelo placar de 2 x 0, se preparou bastante na semana para enfrentar a equipe do Vasco, tentando dar o troco com relação a final do ultimo torneio que as duas equipes se cruzaram.

O jogo foi bem movimentado desde o inicio. E foi o Vasco que teve a primeira chance da partida, depois da saída de bola errada do goleiro são paulino Erik, Arthur interceptou a bola no meio do caminho e a redonda sobrou para Wruck, que ao chutar foi travado pela marcação do São Paulo. Aos 7 minutos, Japa fez o pivô para Thithi, que de frente para o gol chutou a bola colocado, a mesma passou raspando a trave esquerda do goleiro Igor. Um minuto mais tarde, Zé Renaton dominou a redonda na intermediária, fez um belo giro e da entrada da área finalizou cruzado, a bola foi rasteira no canto esquerdo de Erik, que caiu e fez ótima defesa.

Com 12 minutos da primeira etapa, Zé Renato ganhou no corpo de Paulo Neto e quase sem ângulo no canto direito de ataque chutou forte cruzado, a bola foi alta no meio do gol e Erik espalmou para a lateral afastando o perigo. Dois minutos mais tarde, em ótima falta cobrada por Dabá, a redonda foi rasteira no canto esquerdo do arqueiro tricolor, a bola passou tirando tinta da trave. Aos 22 minutos,  Alex de um belo passe para Wruck, que sozinho na ponta direita de ataque dominou a bola e finalizou com força, a redonda foi no canto esquerdo de Erik e explodiu na trave.

No inicio da segunda etapa, Daniel arriscou um ótimo chute da intermediária, a bola foi no meio do gol alto e Erik bem colocado espalmou para escanteio. Aos 4 minutos, Amaral fez ótimo lançamento para Alex, que sem deixar a bola cair finalizou com força cruzado, a redonda passou por toda a extremidade da área e Dabá sozinho do outro lado cabeceou para fora. Um minuto mais tarde, Jorge Henrique finalizou da intermediária com força, a bola foi no ângulo direito de Igor, que fez ótima defesa espalmando a bola para escanteio.

Com 6 minutos do segundo tempo, Caio fez ótima jogada individual, cortou a marcação cruz-maltina e da entrada da área chutou com força, a bola foi no ângulo direito de Igor que nada pode fazer para impedir o gol do São Paulo inaugurando o marcador em 1 x 0. Aos 15 minutos, Wruck chutou falta forte, a bola foi no meio do gol e Erik outra vez bem colocado fez outra ótima defesa impedindo o empate do Gigante da Colina. Dois minutos mais tarde, Igor em saída de bola errada entregou para Caio, o camisa 3 do São Paulo achou Thithi bem colocado e tocou para o camisa 11 Tricolor, que sem goleiro chutou por cobertura, a bola foi no ângulo direito e morreu nos fundos das redes, 2 x 0.

Com 20 minutos, Alex recebeu belo passe na ponta direita de ataque e finalizou cruzado, Leno sem marcação do outro lado da área só teve o trabalho de empurrar a bola de cabeça para os fundos das redes, diminuindo o placar em 2 x 1. Aos 21 minutos da segunda etapa, Paulo Neto cobrou falta com força, a bola foi no meio do gol, Rubens rebateu a redonda para o meio da área e a bola sobrou para Jorge Henrique que sozinho so empurrou a redonda para as redes do Vasco, antes da bola entrar ela passou no meio das pernas do arqueiro vascaíno, finalizando a partida em 3 x 1 e dando o título inédito para o São Paulo.

Com o título, o São Paulo se vinga do Vasco sobre a final do Torneio Rio x São Paulo e conquista o primeiro título da Supercopa da Liga Brasil F7. Já o Vasco volta para o Rio de Janeiro com a cabeça voltada para o Circuito Carioca de Fut 7.

 

Fonte: Site Oficial

Sub-17 de Futsal do SPFC fica com o vice-campeonato Estadual

Pela Final do Campeonato Estadual de Futsal, categoria sub-17 Prata, o São Paulo FC ficou com o segundo lugar.Como havia perdido o primeiro jogo da final, contra o Wilpro, precisava ganhar para levar o jogo para a prorrogação, e assim fez. 7 a 3 no tempo regulamentar. Na prorrogação, a equipe adversária conseguiu fazer um gol e venceu por 1 a 0, ficando com a taça.

O São Paulo FC parabeniza os atletas da categoria sub-17 pela raça e por honrar a camisa Tricolor, sendo o único time a derrotar o campeão em uma partida.

 

Fonte: Site Oficial

São Paulo entra na briga com Palmeiras para ter Falcão em 2016

A incerteza sobre o futuro do Sorocaba pode levar Falcão a voltar a vestir a camisa do São Paulo pela terceira vez na carreira. Além do Palmeiras, que já procurou o camisa 12, o time do Morumbi iniciou as conversas com o craque este mês. A ideia é que que o Tricolor absorva boa parte do elenco do Sorocaba a partir do próximo ano. Fundado em 2014, o time sorocabano não sabe se poderá contar com o seu principal patrocinador – uma marca de bebidas – na próxima temporada. Ciente disso, o presidente da empresa que patrocina o São Paulo, Luis Gricheno Junior, abriu negociação com o maior jogador de futsal de todos os tempos.

Falcão São Paulo 2005 (Foto: Diário de São Paulo)Falcão atuou pelo futebol de campo do São Paulo em 2005 (Foto: Diário de São Paulo)

– O dono da empresa que nos patrocina é um cara do meio do futsal e é amigo do Falcão. O primeiro contato foi em Fortaleza no amistoso Brasil x Portugal. Estamos sabendo que o patrocinador do Sorocaba não deve continuar no ano que vem, então o Falcão está buscando alternativas para o seu clube. Cientes disso, abrimos negociações com ele. Vamos fazer de tudo para ter o Falcão no ano que vem. A ideia é trazer também os atletas que ainda possuem contrato com o Sorocaba – afirmou o gestor de futsal do São Paulo, o ex-jogador da seleção brasileira, Sandrinho.

Segundo Sandrinho, a ideia de Falcão é continuar morando em Sorocaba, onde fixou residência. A primeira opção é que o São Paulo, hoje parceiro do São Bernardo, se mude para a cidade do interior. O contrato do Tricolor com a prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) vai até o fim deste ano ,e o time está nas quartas de final da Liga Nacional de Futsal após 16 anos longe da fase de mata-mata da competição.

– Estamos muito satisfeitos com a parceria com São Bernardo, superamos até a nossa expectativa. Quanto à continuidade da nossa parceria com São Bernardo do Campo, não podemos falar nada no momento, pois temos um contrato em vigência – desconversou Sandrinho.

Falcão Sorocaba Floripa liga nacional de futsal (Foto: Danilo Camargo/Divulgação)Tricolor quer contar com boa parte do elenco do Sorocaba (Foto: Danilo Camargo/Divulgação)

Outro fato que pesa a favor da volta de Falcão ao São Paulo é a mudança na diretoria do clube do Morumbi. Com a saída de Carlos Miguel Aidar, o novo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva quer aumentar o investimento nos chamados esportes olímpicos e amadores.

– A diretoria do São Paulo está disposta a trabalhar conosco, sendo que a gestão Aidar não dava muita importância para os esportes fora do futebol – destacou Sandrinho.

Caso não consiga levar Falcão para o São Paulo, o grupo que patrocina o Tricolor pode até mudar-se para o outro clube. Nestas condições, a opção seria o Palmeiras, que também iniciou um contato com o camisa 12 através do presidente Paulo Nobre.

– Queremos muito continuar no São Paulo, mas queremos mais ainda contar com o Falcão no ano que vem. Caso não consigamos evoluir nesse nosso projeto, podemos procurar outro clube de camisa, no caso o Palmeiras, que já demonstrou interesse em montar uma grande equipe no ano que vem – afirmou Sandrinho.

Falcão tem duas passagens pelo São Paulo, sendo uma delas no futebol de campo. Em 2000, ele defendeu o clube do Morumbi, que na época tinha uma parceria com o Osasco. Na ocasião, a equipe chegou à segunda fase da Liga Nacional, mas não passou às semifinais. Em 2005, Falcão foi contratado para defender o Tricolor no futebol de campo. Com poucas oportunidades na equipe comandada por Emerson Leão, ele acabou retornando às quadras meses depois, tendo participado das vitoriosas campanhas do Paulista e Libertadores daquele ano.

 

Fonte: Globo Esporte

São Paulo perde para o Jaraguá, mas consegue inédita vaga nas quartas

Pela primeira vez na história, o São Paulo está na fase de playoff da Liga Nacional de Futsal (LNF). Participante da competição desde 1999, o Tricolor conseguiu a inédita vaga nesta segunda-feira graças a uma combinação de resultados. Quarto colocado no grupo A da segunda fase antes do início da rodada, o time do Morumbi precisava apenas de um empate diante do Jaraguá em São Bernardo do Campo (SP) para se classificar sem precisar torcer contra a Alaf, que tinha três pontos a menos na classificação e enfrentava o Joinville, fora de casa. O São Paulo saiu na frente, mas levou a virada e acabou derrotado por 3 a 2. Apesar do revés, a vaga veio com tranquilidade, uma vez que a Alaf levou 5 a 3 do Joinville e despediu-se da competição.

São Paulo Jaraguá Liga Nacional de Futsal (Foto: Yuri Gomes/Divulgação)Jogadores do São Paulo comemoram o primeiro gol da partida: classificação inédita (Foto: Yuri Gomes/Divulgação)

O São Paulo enfrenta o Carlos Barbosa nas quartas de final da LNF – as datas dos dois duelos ainda não foram divulgadas. Os demais confrontos são: Orlândia x Assoeva, Corinthians x Joinville e Jaraguá x Sorocaba.

O JOGO

O São Paulo começou melhor e tratou de abrir o placar logo aos dois minutos, com Johnny. A alegria tricolor durou pouco, pois, um minuto depois, Caio empatou para o Jaraguá. Para piorar a situação do clube do Morumbi, Yuri virou aos oito, resultado que forçava o São Paulo a torcer por uma derrota da Alaf para o Joinville.

Disposto a conseguir a classificação sem a necessidade de uma combinação de resultados, o Tricolor foi para o tudo ou nada no segundo tempo. Contudo, quem marcou novamente foi o Jaraguá, que ampliou aos 12, com Rafinha. Com dois gols de desvantagem, o torcedor são-paulino passou a se concentrar ainda mais na partida da Alaf. Contudo, naquela ocasião o Joinville vencia por 4 a 2.

Em situação tranquila, o Jaraguá continuou dominando os minutos finais de partida. A quatro minutos do término, Leco fez o quinto gol do Joinville, e a torcida do São Paulo já começou a comemorar a vaga. A partir de então, coube aos tricolores apenas aguardar o apito final para saborear a inédita classificação às quartas de final da LNF. O gol de Angelo para o São Paulo pouco alterou o panorama da partida.

ESCALAÇÕES

São Paulo: Filó, Ítalo, Daniel, Johnny e Pequeno. Entraram: Rodolfo, Ângelo, Jonhn Lennon, Rodrigo, Rafinha, Índio, Vitinho e Lucian. Técnico: João.

Jaraguá: Jean, Dian, Caio, Henrique e Poletto. Entraram: Jaime, Keko, Diego, Vitor Hugo, Assis, Rafinha, Galo, Yuri, Wendell e Oitomeia. Técnico: Sérgio Lacerda.

OUTROS RESULTADOS

Assoeva 1 x 2Sorocaba
Joinville 5 x 3 Alaf
São José 3 x 7 Orlândia
Floripa 1 x 5 Carlos Barbosa
Umuarama 1 x 3 Corinthians

 

Fonte: Globo Esporte

São Paulo sai na frente, mas cede empate ao Orlândia pela Liga Nacional

O São Paulo deixou escapar a vitória diante do Orlândia nesta segunda-feira, pela Liga Nacional de Futsal, a quatro minutos do fim da partida, no ginásio Adib Moisés Dib, em São Bernardo do Campo. O Tricolor vencia a partida por 1 a 0, com gol de Pesk no primeiro tempo após cobrança de escanteio, mas a quatro minutos do fim, Douglas aproveitou um vacilo da defesa são-paulina para empatar a partida.

O resultado, 1 a 1, foi bom para o time grená, que se manteve na liderança do Grupo A, somando 21 pontos, dois a mais do que o vice-líder Joinville, que tropeçou em casa diante do Guarapuava, empatando em 3 a 3.

Ao São Paulo, quinto colocado com 11 pontos, resta buscar vitórias nas duas últimas rodadas diante do Guarapuava, fora de casa, dia 5, e contra o Jaraguá, dia 12, para avançar às quartas de final.

O Orlândia, que terá a segunda partida da final do Paulista contra o Corinthians na próxima sexta-feira, folga na rodada do nacional e encara o São José no Tênis Clube, no Vale do Paraíba, somente no dia 12 de outubro.

Gadeia Orlândia São Paulo Liga Nacional de Futsal (Foto: Márcio Damião/Divulgação)Orlândia chega ao empate no fim e se mantém na liderança do Grupo A da Liga (Foto: Márcio Damião/Divulgação)
Fonte: Globo Esporte

Confira os resultados do Campeonato Estadual de Futsal, da Série Prata e Ouro

As equipes do São Paulo FC jogaram no sábado, dia 29, contra a equipe de São Bernardo, e domingo, dia 30, contra a equipe do 100Zala, todos pela série Prata. Os jogos ocorreram em nosso ginásio.

Pela Série Ouro, no dia 30, os jogos foram contra a equipe de Suzano.

Futsal Série Prata:

SPFC x São Bernardo

Sub 10:

SPFC 1×5 São Bernardo

Sub 12:

SPFC 0x3 São Bernardo

Sub 14:

SPFC 2×4 São Bernardo

Sub 16:

SPFC 5×1 São Bernardo

Sub 17:

SPFC 3×3 São Bernardo

SPFC x 100Zala:

Sub 10:

SPFC 2 x5 100Zala

Sub 12:

SPFC 2×0 100Zala

Sub 14:

SPFC 1×3 100Zala

Sub 16:

SPFC 0x2 100Zala

Sub 17:

SPFC 7×3 100Zala

Futsal Série Ouro:

Suzano x SPFC

Sub 10:

Suzano 1×4 SPFC

Sub 12:

Suzano 2×2 SPFC

Sub 14:

Suzano 1×4 SPFC

Sub 16:

Suzano 1×2 SPFC

Sub 17:

Suzano 2×2 SPFC

 

Fonte: Site Oficial

São Paulo bate São José e vence primeira na segunda fase da LNF

O São Paulo encerrou um jejum de cinco jogos sem vitória na noite desta segunda-feira ao derrotar o São José por 2 a 1, no ginásio do Tênis Clube, em São José dos Campos, pela Liga Nacional de Futsal. Pescoço e Paulinho Japonês marcaram os gols do Tricolor. Na reta final, Felipinho descontou para os joseenses, que só não empataram devido a uma grande atuação do goleiro Vitor Hugo.

Apesar da primeira vitória, o São Paulo segue em situação complicada, na lanterna do Grupo A, com quatro pontos após seis partidas. O São José cai para a vice-lanterna da chave, também com quatro pontos, mas um jogo a menos que o Tricolor Paulista.

O São José volta a jogar no próximo sábado, 15, às 19h, quando visita o Joinville, em Santa Catarina. O São Paulo tira duas rodadas de folga agora. Só volta a jogar pela segunda rodada do segundo turno, exatamente contra o São José, com ginásio ainda a definir.

São Paulo/São Bernardo empata em casa e segue lanterna na LNF

O São Paulo/São Bernardo segue sem vencer na segunda fase da Liga Nacional de Futsal (LNF). Nesta quinta-feira, o Tricolor recebeu o Alaf-RS no ABC paulista e ficou no empate por 2 a 2. Resultado que mantém o time paulista na lanterna do Grupo A, agora com um ponto. Já a equipe gaúcha vem logo acima, na penúltima colocação, com dois.

Após um primeiro tempo com os ataques em branco, as emoções da partida ficaram concentradas no segundo período. Johnny abriu o placar para os tricolores, mas Tininho empatou para a Alaf. No lance seguinte, o mesmo Johnny voltou a colocar o time da casa em vantagem, só que ainda havia tempo de Gessé deixar tudo igual mais uma vez e fechar o jogo em 2 a 2.

Na próxima rodada, o São Paulo/São Bernardo terá mais um compromisso em casa, desta vez, contra o Krona. Já a Alaf recebe o líder do grupo, Jaraguá, em Lajeado (RS).

Brasil Kirin conquista empate heroico no Paraná – Também na noite desta quinta, o Brasil Kirin conquistou um empate com gosto de vitória jogando contra o Umuarama, no Paraná. Após estar perdendo por 6 a 2, a equipe de Sorocaba (SP) foi para cima e chegou à igualdade a dois minutos do fim. O resultado, apesar de heroico, mantém o time paulista em 3º lugar no Grupo B, com cinco pontos. Já o Umuarama continua na vice-lanterna, com dois pontos.

Confira os resultados da Liga Nacional de Futsal nesta quinta-feira:

São Paulo/São Bernardo 2 x 2 Alaf-RS
Umuarama-PR 6 x 6 Brasil Kirin-SP
São José-SP 0 x 2 Guarapuava-PR
Assoeva-RS 0 x 0 Carlos Barbosa-RS
Floripa Futsal-SC 1 x 3 Concórdia-SC
Krona-SC 0 x 0 Orlândia-SP

Quartas de final da Liga Paulista de futsal terá Corinthians x São Paulo

Com a classificação do Mogiano na última sexta-feira diante do Pulo do Gato, estão definidos os confrontos das quartas de final da Liga Paulista de Futsal (LPF). A equipe de Mogi das Cruzes se junta a Itapeva, Taubaté e São Paulo, vencedores das oitavas de final, e enfrentam os quatro primeiros colocados da primeira fase. A tabela de jogos será divulgada nos próximos dias.

Como ficaram entre os quatro primeiros colocados na fase de classificação, Orlândia, Corinthians, Sorocaba e São José já estavam garantidos, de forma direta, nas quartas de final.

Líder da primeira fase, o time orlandino enfrenta o Mogiano, que tem a pior campanha entre os oito times desta fase. Os duelos regionais são entre Itapeva – que passou pelo Yoka – contra o atual campeão Sorocaba e São José dos Campos contra Taubaté, que venceu Indaiatuba nas oitavas de final

A fase de quartas de final da LPF terá também um clássico. Após vencer a AABB, o São Paulo, joga diante do Corinthians. Os semifinalistas serão definidos em jogos de ida e volta, com a vantagem do mando de quadra para as equipes que lideraram a primeira fase.

CONFRONTOS DAS QUARTAS DE FINAL

Orlândia x Mogiano
Sorocaba x Itapeva
São José dos Campos x Taubaté
Corinthians x São Paulo

 

Fonte: Globo Esport

Com gol contra esquisito, São Paulo sai na frente na 2ª fase da Liga Paulista

O São Paulo superou a AABB no primeiro dos dois duelos entre as equipes pela segunda fase da Liga Paulista. Jogando em seu ginásio, em São Bernardo do Campo (SP), o Tricolor contou com a colaboração de um jogador adversário para vencer por 4 a 2 e largar na frente no mata-mata. Com um gol contra esquisito quando a partida ainda estava 2 a 2, o fixo Cris, da AABB, acabou se tornando o grande personagem da partida, que terminou com um belo gol de Ítalo no fim, aproveitando o goleiro-linha do rival. Balançaram a rede ainda para o São Paulo: Pesk e Johnny. Os gols da equipe visitante foram marcados por Juninho e Daniel Cearense. A partida de volta acontece na quinta-feira, às 19h, no ginásio da AABB, em São Paulo, com transmissão ao vivo do SporTV. O confronto vale vaga nas quartas de final.

– Nós sabíamos que o jogo de hoje era fundamental, porque quinta-feira vamos jogar na casa da AABB e sabemos o quanto é difícil jogar lá. Como jogamos em casa hoje, procuramos ser agressivos o tempo inteiro, enquanto a equipe deles buscava mais os contra-ataques. Cometemos falhas, levamos dois gols, mas felizmente conseguimos sair com a vitória – analisou o ala são-paulino Johnny.

O JOGO

O São Paulo tomou a iniciativa da partida nos primeiros minutos. Aos dois, o veterano Bagé, de 46 anos, fez a primeira grade defesa do jogo ao defender finalização de Johnny da direita do ataque são-paulino. A AABB respondeu em chute de longe de Vilian. A bola triscou a trave depois de ser desviada pelo goleiro Filó. Aos cinco, o São Paulo chegou com perigo novamente, dessa vez em chute de Pesk. A bola se perdeu pela linha de fundo.

São Paulo AABB Liga Paulista de Futsal (Foto: Yuri Gomes/Divulgação)São Paulo venceu a AABB no primeiro jogo entre as equipes pela 2ª fase (Foto: Yuri Gomes/Divulgação)

Jogando nos contra-ataques, a AABB esteve perto de marcar aos nove, quando Giva serviu Cris, que concluiu para fora. Aos 11, Johnny e Lelê finalizaram em sequência, colocando Bagé para trabalhar em ambos os chutes. A três minutos do intervalo, o São Paulo, enfim, conseguiu abrir o placar. Após chute cruzado de Johnny, a bola sobrou limpa para Pesk, que só teve o trabalho de empurrar para a rede. A AABB não desistiu e foi buscar o empate na sequência. O autor do gol foi Juninho, em toque de categoria na saída de Filó: 1 a 1, placar da etapa.

O segundo tempo começou com um chute de Johnny na trave. O lance motivou o São Paulo, que continuou a criar oportunidades nos minutos seguintes. Apesar da pressão são-paulina, foi a AABB quem voltou a marcar. Depois de receber passe na frente, Daniel Cearense tocou de cavadinha para virar o placar, em lance em que os jogadores do São Paulo alegaram que a bola não ultrapassou toda a linha do gol.

Aos 11, a AABB cometeu sua sexta falta, cedendo tiro livre direto ao São Paulo. Na cobrança, Johnny deslocou Bagé e empatou a partida: 2 a 2. O jogo ficou ainda mais aberto nos minutos finais. Aos 15, Paulinho Japonês bateu por cima da meta. O mesmo Paulinho concluiu de média distância aos 17, facilitando a defesa de Lucas, que entrara no lugar de Bagé minutos antes. Aos 18, o Tricolor conseguiu o gol da virada. Em jogada confusa na área da AABB, Cris tentou cortar e acabou marcando contra, atrapalhado por Johnny.

Jogando com Vilian como goleiro-linha, o time visitante foi para o tudo ou nada nos minutos finais, mas o São Paulo se trancou na defesa evitando novo empate do rival. Para fechar o caixão da AABB, Ítalo aproveitou o gol vazio para marcar o quinto gol em belo chute de longa distância, deixando o Tricolor a um empate das quartas de final da Liga Paulista.

ESCALAÇOES

São Paulo: Filó, Paulinho Japonês, Lelê, Johnny e Ítalo. Entraram: Rafinha, Pesk, Lelê, Rodolfo, Ângelo, Daniel, John Lennon, Índio, Vitinho e Pequeno. Técnico: João Batista Neto.

AABB: Bagé, Cris, Martin, Vilian e Rezala. Entraram: Giva, Bruno, Felipe, Daniel Cearense, Lucas Toledo, Juninho, Bruno Lopes, Lucas e Japa. Técnico: Kazu.

 

Fonte: Globo Esporte