Dois tempos opostos: o time perdeu, mas continua com crédito

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, não vou entrar na maré dos derrotistas, que aproveitam de uma derrota – doída, sim – para achar que tudo o que foi feito até agora não prestou e que vamos lutar para não cair. Já já virão as contas de quantos pontos faltam para nos livrar do rebaixamento. O comentário no Tricolornaweb é e sempre será livre, mas tenho o direito de avaliar os que entendem que só empurramos bêbados na ladeira e coisas do tipo como derrotistas.

Vamos analisar o jogo desta noite. O primeiro tempo do São Paulo foi soberbo. Encarou o Palmeiras de igual para igual, dentro da Arena, não ficou fechadinho lá atrás, equilibrou a posse de bola, manteve as jogadas que vinham dando certo normalmente.

A defesa estava segura e o Palmeiras não criou uma única chance (até porque se tivesse criado, teria marcado, com Sidão no gol…). A defesa sólida, Jucilei e Hudson formando uma parede na frente da zaga, Militão e Reinaldo se revezando nas descidas, Marcos Guilherme e Everton imprimindo velocidade e Nenê cadenciando o jogo quando preciso. Fizemos um a zero e poderíamos até ter feito o segundo.

A contusão de Hudson começou a colocar tudo a perder. Petros entrou sem ritmo, desligado da partida, passeando em campo. Mesmo assim tivemos um contra-ataque, onde Marcos Guilherme se enrolou com a bola. Tivesse dado um toque rápido, Everton iria sozinho em direção ao gol, partindo do meio de campo. Seria 2 a 0 e a fatura estaria liquidada.

Ao invés disso, tomamos um gol onde Reinaldo, de novo, foi facilmente batido e Sidão cortou para o meio da área. Tomamos o segundo gol impedido. Do terceiro, nada a reclamar.

Foram detalhes que marcaram o jogo. Perder faz parte do roteiro. Perder um clássico, na casa do adversário, com torcida única, é mais do que natural. O grande problema é o tabu. É não conseguirmos sequer empatar no campo deles. Mas lembrem-se que eles não ganham uma partida do Brasileiro, no Morumbi, desde 2002.

Então não vou pegar tudo o que o time fez até agora, que lhe garante na vice-liderança – sei que pode perdê-la até o fim da rodada – por conta de uma derrota. Mas, mesmo que perca a vice- o máximo que pode acontecer é ficarmos um ponto atrás do líder, pois se o Corinthians ganhar do Flamengo empate com o time carioca e nos passa um ponto; mesma coisa o Fluminense, se ganhar do Paraná, empata com o São Paulo e nos passa por número de vitórias.

Portanto a situação está muito longe de ser trágica. Comentava aqui no Jornal Tricolornaweb outro dia que, se conseguirmos chegar na Copa do Mundo entre os cinco primeiros colocados, vou comemorar muito. É que eu sabia que teríamos o Palmeiras e o Atlético-PR nas Arenas e já contava com derrotas. Assim como conto com vitórias sobre o Internacional e o Vitória.

Finalizando, Aguirre tem minha confiança, o time tem meu crédito. Como disse no início, não sou derrotista e não vou entrar nessa esfera de que está tudo horrível, nada presta, não vamos chegar a lugar nenhum, etc. etc.

43 comentários em “Dois tempos opostos: o time perdeu, mas continua com crédito

  1. Foi um jogo normal onde nosso time entrou mal, caiu na pilha das porcas e um juiz muito ruim que influenciou no resultado, caiu na pressao das porcas e da torcida e nosso time nao soube reagir ate pq nao sei pq Arboleda nao entrou , com Hudson saindo e entrando o Petros o time desandou de vez e por sorte nao levamos uma goleada historica pq estava desenhando de tao facil que estava, ninguem jogou nada e para ajudar nao temos goleiro e 3 gols sairam por culpa do seu Reinaldo que nao sabe marcar todos os lances ele estava do lado e nem para fazer falta a porcaria prestou bom enfim ninguem queria perder para eles pq ja esta virando mais que fregues, 7 jogos no chiqueiro 7 derrotas 21 gols sofridos, uma vergonha.
    bom o negocio é nao descabar a perder agora, é recuperar ja no proximo jogo contra o Inter em casa é dificil com certeza mas temos que nos impor, se perder ai vai comecar a ficar feia a coisa pq teremos a nossa pedra no sapato o Atletico-PR e depois o vitoria em casa que esse tem que ganhar, se hj o Fluminense ganhar ja cairemos mais uma posicao.
    Nesses 3 jogos temos que fazer pelo menos 7 pontos 2 vitorias e 1 empate ai sim ainda estaremos no pareo e vamos para pra copa do mundo entre os 4 primeiro, que para mim nossa meta é libertadores, campeao vai ser dificil tem time e elenco melhor que o nosso, com otimos goleiros e treinadores melhor que o nosso, mas vamos que vamos.

  2. gente desculpas mais não estou conseguindo colocar aqui no site a analise do jogo da suiça

    volto aqui no site na estreia do brasil na copa

    paulo pontes ,se tive repetio aqui os post eu peço desuculpas por ter enviado varia vezes por na esta conseguido enviar ok

    abraços a todos

  3. MARCELO M, SE PROCURA ACHA MAIS COMETÁRIOS MEUS DE 2017

    beto disse:
    24 de setembro de 2017 às 15:26
    paulo rp meu amigo , concordo com você, mais no momento atual do soberano ,infelizmente termos que aturar o leco e o Dorival ,porque a saída deles agora seria um desastres .

    2018 estar logo ai , e dorival e leco não estarão no soberano

    sim tivemos muitos erros do juiz hoje contra o soberano,isso é indiscutível

    abraços pra você

    FICOU ALGUMA DUVIDA A RESPEITO DO DOVIRAL JR ?

  4. Pela expectativa e pelo primeiro tempo promissor,
    parecia que seria nosso dia,
    porem, veio o segundo tempo sem o Hudson e com Petros,
    esperava Arboleda e vem Petros,
    o time desandou passando por ele, por Reinaldo,
    Sidao, Dios mio, torco por ele mas nao da seguranca,
    quando precisamos naufraga, mas e’ o homem de confianca do Aguirre,
    temos o Jean dos seis pilas e nada, o da base Lucas, devera com certeza
    morrer no berco como o outro que esta na selecao.
    Bem, isso nao e’ o fim do mundo, melhoramos e muito
    diferente dos anos anteriores por enquanto
    estamos brigando na parte de cima, sigamos assim, acredito.
    Agora, Arboleda e’ titularissimo, Reinaldo e Petros nao metem confianca e
    Militao que va’ logo, byeee

  5. Analise do jogo do brasil

    Qual tática adotar ?

    Nesse primeiro tempo ficou de forma muito clara que o brasil está sem tática definida. Um time sem uma tática definida ou mal treinada não conseguir jogar ,ou seja , um time fica espaçado desorganizado jogadores correndo sozinho com bola sem sabe o que fazer as laterais sem cobertura alguma . Tudo que vimos no primeiro tempo

    O tite precisa definir qual tática ele quer

    Tática ofensivo: terá que marcar na frente da bola e treinar principalmente jogadas de triangulação entre os jogados e velocidade e retomada de bola no campo de ataque , exemplo : de triangulação para treinamento 3S W2 VY .

    Tática seja defensiva precisa aprender a marcar atrás da bola foco no bloco bem compacto e trenar jogadas de contra- ataque teque e lançamentos logos .

    O tite tem que define ser quer jogar com a tática defensiva ou ofensiva e treinar a tática que ele escolher

    O brasil tem tudo para ser hexa e ser deus quiser seremos

    LOGO MAIS VOLTO AQUI PARA COMENTAR O JOGO DA SUIÇA

  6. O importante é aprender na derrota, fica evidente que o Petros não pode jogar. É urgente contratar ou promover um meio de campo de porte.

  7. Vejo aqui uma unanimidade quanto ao Sidão não ter condições de ser goleiro do São Paulo e, na maioria das vezes, pedindo a contratação de um goleiro, eu comungo com a pouca qualidade do Sidão mas discordo da contratação de novo goleiro, penso que devemos dar oportunidade ao Jean ou ao Lucas com uma continuidade para poder avaliar melhor.

  8. Não da p/ acreditar que foi o RC que indicou o Sidão, goleiro que nunca faz a diferença e entrega o ouro, contra o Santos entregou duas vezes sorte que eles não aproveitaram, Renan Ribeiro por muito menos perdeu a posição. Era reserva no Audax e no Bota virou titular por motivo de contusão dos titulares, quando Jefferson
    ficou bom o liberaram rapidinho.
    GOLEIRO É MEIO TIME, O SPFC ESTÁ JOGANDO COM A OUTRA METADE.
    RAÍ……………CONTRATE.

  9. atenção a todos :

    hoje estarei aqui fazendo um analise tatica de brasil e suiça

    quem quiser aprender um pouquinho de futebol aparece aqui apos os jogos

    abraços a todos

  10. O SPFC continua dependendo da base para nos dar orgulho, pois no profissional a saga de vexames e humilhações continua.
    Bem longe daqueles times da década passada, parece que essa década temos que sofrer pra pagar os pecados dos golpes do Juvenal cachaça e sua corja, que ainda estão no poder.
    Lamentável, a incompetência continua reinando, a ponto desse jumento de técnico não enxergar que não temos goleiro, pois Sidão e um poste eh a mesma coisa, goleiro fraco, não pula, não antecipa jogadas, nada, eh um zero à eaquerda. Mas infelizmente nosso treineiro e nosso diretor amiguinho desse treineiro não enxerga isso.
    Só não faz gol no SPFC o time que não chutar, porque o que vai entra.
    Acordo sr. Raí, contrate um goleiro de verdade!!!

  11. Bom dia tricolores!!
    Li muitos comentários pessimistas como se perder para as porcas fosse o fim do campeonato, é claro que foi doído, nos clássicos ficam expostas todas as fraquezas da equipe, tudo dentro do normal, perdemos para um time que todos sabemos ser melhor que o nosso, aí eu pergunto: sinceramente quantos times são melhores ou apresentam melhor futebol que o São Paulo? A minha resposta é: Palmeiras, Grêmio, Flamengo, Atlético Mineiro, talvez Cruzeiro e os gambás, fora esses não vejo ninguém melhor, então, se perdermos para esses na casa deles, não pode ser surpresa e nem desespero, precisamos sim vence-los em casa e se ganhar dos demais estaremos no rumo certo, não me surpreenderia com um título.

    • Concordo plenamente com seu comentário, Gelson. É assustadora a maneira como a torcida reage a cada jogo. Oscila mais do que biruta em tornado. Um jogo Hudson é queimado vivo, no outro, canonizado.

  12. Concordo em 100% com o editorial.
    Para quem ainda não sabe, este é o Campeonato Brasileiro, o torneio mais equilibrado do mundo. Neste momento, percorrido quase um quarto do total de rodadas, apenas 3 pontos separam o segundo (SPFC) do décimo colocado, e os jogos da tarde podem compactar ainda mais está distribuição.
    Este ano vamos brigar nas posições de cima – G4 – apesar das falhas que existem.

  13. No terceiro gol, ainda no campo do adversário, houve uma falta não marcada. A atuação do assoprador foi absolutamente lamentável. O Dracena não deveria terminar o jogo em campo. Fez falta puxando Marcos Guilherme e outro no Nene. No segundo tempo o Nene levou um pontapé sem o adversário receber cartão. Muito fraco, a favor do time da casa e, em minha opinião, influenciou o resultado. Isso sem contar o gol impedido.

  14. Pontes,
    no 2º tempo a porcada fez uma marcação alta e sem ter uma saída de bola razoável, o nosso time foi sufocado. Quando o time adversário faz esse tipo de pressão em nossos linhas defensivas, a participação dos VOLANTES na ligação com o ataque é FUNDAMENTAL. Jucilei e Petros foram absolutamente INOPERANTES nesse quesito: saída de bola.E é um problema recorrente no SPFC já faz um bom tempo. Nossos volantes titulares são marcadores eficazes mas fracos no apoio ao ataque.

    • Nessas situações, o time tem saído de trás usando o Diego Souza como pivô, ou fazendo uma ligação direta com um dos pontas. Mas ontem, no segundo tempo, o Palmeiras abusou das faltas para matar esses contra-ataques e o árbitro só foi dar cartão já perto do final do jogo. Vi o Diego Souza ser agarrado duas vezes e o Marcos Guilherme peso pelo braço. É certo que o time tem que ter resposta também para isso, mas ontem foi um jogo nervoso com uma arbitragem fraca, não serve como parâmetro.

  15. Perfeito. A coisa pode até vir a piorar, mas, neste momento, apostar contra o time é absurdo, pessimismo gratuito, derrotismo.
    Li outro dia aqui no Tricolornaweb que o planejamento é por uma vaga na Libertadores. O time já demonstrou potencial para tanto, mas alguns se acham mais realistas que o rei e insistem na conta do rebaixamento enquanto outros parecem querer uma garantia de sucesso antes de apoiar o time.

  16. Quanto desespero…
    Eu já esperava um jogo muito difícil.
    Fizemos um bom primeiro tempo, muito competitivo, mais disputado que jogado. Além do gol, Hudson furou cruzamento na cara do gol e Reinaldo bateu firme para defesa de Jailson. O Palmeiras não chegou nenhuma vez…

    No 2o tempo o apagão, 3 gols sofridos e mais uma derrota lá…
    1o gol falha de Reinaldo, desatenção do Bruno que não saiu na cobertura, Sidao que rebateu pra marca do pênalti, e Militão que desistiu de tirar a bola quando viu o Dudu quase impedido….
    2o gol: impedimento claro…
    3o gol: Militão faz bobagem no ataque, contra-ataque e Sidao não pegou bola defensável.

    Na minha opinião o nível de concentração da equipe caiu no segundo tempo. E por isso os gols sofridos em tão pouco tempo.

    Agora o importante é focar no próximo jogo, a vitória é obrigatória se quisermos algo no brasileiro!!

  17. Paulo Pontes, tenho a mesma visão, revi o jogo e ficou claro que a substituição do Hudson desarticulou totalmente o ritmo do time. Talvez, se o Lizieiro tivesse sido o substituto as coisas poderiam ter sido diferentes, mas como não ocorreu, só resta lamentar e aguardar o próximo jogo.

  18. volto aqui para comenta as estreias do brasil , alemanha e espanha e frança ,

    vou dar mais um show tatico , podem aguardar

    voces iram aprender muito

    como voces ja sabem so volto comentar sobre o soberano no proximo classico ou na zona de rebaixamento .

    abraços a todos

    fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  19. mais um editorial inútil como todos os outros .
    não pedi nem a contratação de um goleiro de verdade ,

    vamos lá : a onde o soberano jogou bem o primeiro tempo ? apenas saiu ganhado com um gol piada kkkkkk , ou foi uma jogada treinada ? kkkkk .

    alem de orgulho em não mudar de ideia e pedir a saida do aguirrer , tem mais algum argumento tecnico para pedir que ele fique ?

    dica do beto: começa a cobrar algumas coisa no seu editorial que sejam mais uteis ao soberano enquanto ainda dar tempo , como por ex: a contratação de um goleiro , um treinador , um lateral direito e um centravante , isso faria muito bem ao soberano

    • O seu São Paulino de merda o São Paulo voltou a ter vontade em campo com a postura imposta pelo técnico colocou o Valdivia no banco que baixou de produção …fez o Diego Souza voltar a jogar …colocou ritmo no time e vc quer quem seu porra o Guardiola o Zidane …para de cornetar

      • wellington,

        primeiramente, seja educado em seus comentários

        segundo , vontade e garra sem técnica ou conhecimento do que fazer não leva a lugar algum .

        terceiro , falo hoje para mandar embora esse entregador de camisa para evitar mais uma eliminação que é certa com ele na sul-americana .

        quarto , ossorio e cuca o soberano estava bem servido

        não sou corneta ,eu quero apenas o melhor para o soberano , e hoje o melhor para o soberano é o aguirrer ir embora

        abraços pra você

      • macerlo M ,

        vou voltar aqui em todos os clássicos ou quando o soberano for para Z4 que esse ano e praticamente impossível

        abraços pra você

      • marcelo , m

        em 2017 era a pessoa certa para a situação do soberano .

        diferente de você eu pedir sua saída em 2017 no fim do campeonato brasileiro e sempre deixei claro que ele era para fica no soberano apenas ate o fim de 2017 ,procura nos comentários de 2017

        deferente de você e outros que pediram aqui no site que el continua-se em 2018 .ou você esqueceu disso ?

        meu treinador sempre foi : cuca ou osorio

        abraços pra você

  20. Infelizmente, esse tipo de derrota desmonta o time. Foi assim com o time do Rogério Ceni no ano passado. São derrotas muito traumáticas. No jogo que vem, jogaremos sem o Nenê. A chance de perder torna-se grande. Vamos ter que confiar a armação do time ao Shaylon. Também jogaremos sem o Marcos Guilherme. Teremos que confiar uma das pontas do time ao Lucas Fernanades ou ao Valdivia. Ou seja, é uma derrota trágica. O time está desarmado. Deve perder do Inter e do Patético Paranaense e voltar a rondar as ultimas posições antes do jogo com o Vitória. Infelizmente, o nosso sonho acabou. Essa partida era um divisor de águas, e a divisão foi pra baixo. Disputaremos o campeonato mais uma vez para não cair.

  21. O Aguirre cometeu alguns erros que influenciaram na derrota. Petros não deveria ter entrado no lugar de Hudson e o Diego deveria ter sido substituído na metade do segundo tempo.

  22. Sidão não tem condições de continuar, ninguém comenta isso internamente, nos responda por favor Paulo Pontes? A ditetoria está contente com ele?

    • Não sou fã do Sidao e acho que o Jean deveria ter chances. Mas não da pra colocar a derrota somente nas costas dele… o time se desligou do jogo e tomou os gols.

      Precisa aprender a jogar com intensidade o tempo todo. Os gols poderiam ser evitados se a marcação tivesse apertado no início das jogadas. 1o Keno não poderia receber a bola e ter tempo para dominar virar e partir pra cima… 2o Militão tinha que dividir e tomar a bola, ele tentou chutar e deu chance pro azar. 3o Jucilei precisava diminuir o espaço do Moisés e forçar o passe pra trás…

      • Bom dia, caro Marcelo, concordo com suas colocações 1°,2° e 3°, mas quando nada disso acontece e durante uma partida de futebol é comum pois do outro lado tem um adversário qualificado, o último bastião é o goleiro, é o defensor do último reduto, é nele que se deposita a última esperança por isso tem que ser alguém que transmita confiança, que os adversários respeitem, que tenha prestígio no cenário nacional e infelizmente não temos isso, como diz o ditado ” todo grande time começa com um grande goleiro”, portanto, na minha opinião, o Sidão não deveria estar lá e se continuar vai comprometer todo o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.