Vitória com autoridade. E uma grata surpresa

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo todo remendado, conseguiu uma vitória importante neste sábado, contra o Internacional, que veio inteiro ao Morumbi. Imaginem que tivemos nossa defesa sem algum dos titulares, o lateral esquerdo reserva, o volante reserva, e um ataque que nunca jogou. Méritos a Juan Carlos Osorio que conseguiu fazer esse time andar.

A grata surpresa ficou para a estreia de Rogerio, jogador formado no interior de Pernambuco, revelado pelo Náutico e destaque da série B do Brasileiro pelo Vitória. Pois o garoto entrou jogando em sua estreia, não se intimidou e desde os primeiros minutos dava mostra do que poderia fazer no jogo. E que seu gol seria consequência do seu trabalho. E assim foi. Rogerio foi, efetivamente, o melhor em campo e por isso mereceu nota 10 deste modesto editor.

Osorio não deixou o São Paulo mudar seu estilo de jogo, implantado desde que ele chegou ao Morumbi, e já no começo partiu para cima. A marcação adiantada, os dribles desconsertantes de Rogerio e finalizações não tão boas. Afinal, tínhamos Centurion como centro-avante. Mas o volume de jogo era grande.

O Internacional até conseguiu equilibrar o jogo a partir dos 20 minutos e em duas oportunidades obrigou Renan a fazer boas defesas. Mas no todo do primeiro tempo, o Tricolor teve mais posse de bola e soube alternar as jogadas pela direita e pela esquerda, com Michel Bastos avançando sempre como segundo volante.

No segundo tempo a superioridade foi ainda maior. Ganso começou a aparecer mais no jogo, chamar a responsabilidade para si e o toque ficou muito refinado. Bruno, que no começo só guardava posição, arriscou o ataque e fez grande jogada. Mas de novo voltou a ficar preso, sem passar do meio de campo.

Com o time marcando o Inter em seu campo, o domínio foi total. Depois do primeiro gol, então, foi um massacre. O São Paulo fez o segundo e poderia ter ampliado o marcador, não tivesse reduzido o ritmo de jogo. Um time formado com muitos reservas colocou na roda o time titular do Internacional, outrora tido como um dos favoritos à disputa do título.

Arrisco dizer que com a volta de alguns titulares – principalmente Pato – e a manutenção de Rogerio no time titular, poderemos conquistar um grande resultado na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro.

6 comentários em “Vitória com autoridade. E uma grata surpresa

  1. Achei que, mais importante que Rogério e Lyanco, é que o time assimilou bastante o que quer Osorio e joga do jeito que o treijnador quer.E Osorio foi inteligente, Daniel, em não abusar das trocas de posição em razão da falta de jogadores no elenco.Acho que o tsunami já está passando, e não acredito que seremos campeões (é possível, mas bastante improvável..) mas parece que estamos montando um time bem competitivo e moderno para 2016…

  2. Osorio, obrigado, pelo menos com voce esses jogadores deixaram o comodismo de lado, e agora lutam tienen ganas. Obrigado, o resto vem junto. Ate’ o Silva limitadissimo e sempre unico culpado joga alguma coisa. Se fosse em outros tempos inclusive com o 9 idolatrado e pipokkkero contumaz o resultado seria outro.
    O’timo, na parte do futebol porem na diretoria traveka na’o tem o que elogiar.

  3. PP, eu diria “Duas gratas surpresas esse jovem zagueiro Lyanco me pareceu muito seguro, serio, não sei a sua idade mas acho que bem conduzido deve ter um belo futuro no SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.