Atlético Nacional 2 x 1 São Paulo

Sobe

MICHEL BASTOS: assumiu a responsabilidade que sempre deveria ter e fez uma grande partida. Ganhou todas pelo seu setor e dele saíram as jogadas mais perigosas do São Paulo. Depois ajudou bastante na marcação.

CALLERI: as duas bolas que chegaram nele, uma pôs para dentro e a outra no travessão. É uma perda irreparável para o São Paulo. Não arrumaremos um centro-avante tão oportunista como ele por um bom tempo.

Desce

ARBITRAGENS: vergonhosas. A do Morumbi com aquela expulsão sem sentido do Maicon. A de Medelin um escândalo: o primeiro gol do Nacional impedido; o pênalti em Hudson não marcado. Só isso já bastou para mudar completamente o resultado do jogo. Canalha, filho da puta.

 

Paulo Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*