Venda de atletas e bilheterias impulsionam receita do São Paulo em 2015

As receitas geradas pelo Morumbi diminuíram no São Paulo, em 2015, comparando-se ao arrecadado pelo Tricolor no ano anterior. Por outro lado, as bilheterias e venda de atletas fizeram com que o montante arrecadado pelo clube em 2015 aumentassem, em relação ao ano anterior. Os números são de estudo realizado pelo consultor de marketing e gestão esportiva Amir Somoggi.

No último ano, o São Paulo conseguiu R$ 22,8 milhões com o seu estádio, contra R$ 27,7 milhões em 2014. Essa queda de cerca de R$ 5 milhões representou, percentualmente, uma diminuição de 18% na renda a partir do Morumbi. O local, muito utilizado em shows, viu a chegada do novo Palestra Itália como concorrente. Há dois anos, o estádio havia sido palco de seis apresentações. Em 2015, foram quatro, ajudando a diminuir o valor arrecado pelo Tricolor.

Por outro lado, as bilheterias das partidas do São Paulo aumentaram 42%. Em 2014, o clube conseguiu R$20,7 milhões pela venda de ingressos. No ano passado, houve incremento de R$8,8 milhões, totalizando R$ 29,5 milhões. No última temporada, o time tricolor disputou a Libertadores, competição que leva mais público ao Morumbi, diferentemente de 2014, quando a equipe ficou fora da disputa continental.

De todos os fatores que ajudaram no aumento das receitas do São Paulo, a principal foi a venda de atletas. O desmanche, criticado pelo técnico Juan Carlos Osorio, que criticou publicamente a diretoria pela perda de jogadores, rendeu R$ 108,8 milhões aos cofres.

O principal negócio envolveu a ida de Boschilia ao Monaco (R$ 24,3 milhões). As saídas dos volantes Souza (R$ 9,7 milhões), para o Fenerbahce, e Denílson (R$ 10,9 milhões), para o Al-Wahda, também foram importantes.

Em números gerais, o Tricolor conseguiu arrecadar, em 2015, R$ 330,9 milhões. Esse número representou um aumento considerável em relação ao ano anterior, no qual o total ganho pelo clube havia sido R$ 253,4 milhões. Na porcentagem, o crescimento foi de 31%.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.