SP tenta retomar ‘reinado de vitórias’ entre brasileiros na Libertadores

O São Paulo receberá o The Strongest no Pacaembu na noite desta quarta-feira (17), no primeiro jogo da equipe na fase de grupos da Libertadores. No confronto contra os bolivianos, o time tenta recuperar a hegemonia de vitórias na competição entre todas as equipes brasileiras. O Cruzeiro divide a liderança com o clube tricolor, com 86 triunfos.

Em 55 anos de história, o São Paulo teve o maior número de vitórias entre os brasileiros ao fim de quatro edições da Libertadores (2010, 2011, 2012 e 2013). A equipe mineira tomou a ponta ao fim da edição 2014, quando alcançou o 81º triunfo, contra 80 do clube do Morumbi.

No ano passado, os times se enfrentaram nas oitavas de final. Ao bater o adversário por 1 a 0 no Morumbi, o São Paulo empatou o duelo particular. O Cruzeiro, no entanto, devolveu a derrota e passou à frente novamente.

O time mineiro, fora da edição 2016, deu a chance de o São Paulo empatar a disputa — o fato ocorreu quando a equipe paulista venceu o Cesar Vallejo por 1 a 0 no Pacaembu, na semana passada. Agora, o São Paulo terá, no mínimo, seis partidas para voltar à ponta (o clube com mais vitórias é o Peñarol, com 152, à frente do Nacional-URU, que tem 150).

Os paulistas têm mais participações no torneio: 18, com 169 partidas, 86 vitórias, 39 empates e 44 derrotas. O Cruzeiro já lutou pelo título em 15 edições, com 148 jogos, 86 vitórias, 27 empates e 35 derrotas.

Arrancadas do São Paulo

Até o começo da década de 1990, o São Paulo era apenas o quinto colocado entre os times do Brasil, com 16 vitórias, atrás de Palmeiras (31), Cruzeiro (29), Flamengo (21) e Inter (20). Em 1994, após dois títulos e um vice-campeonato, o clube assumiu o segundo lugar.

Dez anos longe da Libertadores fizeram o São Paulo perder as posições conquistadas. O time, então com 32 triunfos, participou de sete edições seguidas e arrancou para a liderança. De 2004 a 2010, o São Paulo conquistou 45 vitórias e chegou à marca de 77.

Nenhum time brasileiro que disputa a Libertadores 2016 ameaça a dupla São Paulo e Cruzeiro. O Palmeiras soma 76 vitórias em 16 edições, contra 74 do Grêmio, 55 do Corinthians e 26 do Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X THE STRONGEST
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 17 de fevereiro de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)
Auxiliares: Carlos Cáceres e Milciades Saldívar(ambos do Chile)
SÃO PAULO: Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Lucão e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Centurión, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Alan Kardec. Técnico: Edgardo Bauza
THE STRONGEST: Vaca; Maldonado, Marteli (Federico Pereyra), Torrico e Bejarano; Veizaga, Raúl Castro e Chumacero; Torres, Neumann e Pablo Escobar. Técnico: Mauricio Soria
Fonte: Uol

2 comentários em “SP tenta retomar ‘reinado de vitórias’ entre brasileiros na Libertadores

  1. kkkkkkkkkk, é de fazer rir muito quando vejo alguém falar que está com medo porque o lucão vai jogar ou porque o técnico escalou ele para jogar ,isso mostra quanto essas pessoas sabem de futebol .

    gente eu digo e repto o soberano está no caminho certo ou seja crescendo a cada jogo e eu tenho certeza que o bauza vai consegui transformar o soberano em um time de futebol logo ,logo . AH obs: ( depois explico o que um time de futebol para você ok)

    dicas do beto para bauza : fortaleça o psicológico dos jogadores e treine muito fundamentos do futebol no minimo 1 hora por dia com cada jogador .

    soberano 3 x 0 visitante

    para quem vai para o campo bom jogo eu infelizmente nao vou pode ir estou de plantão.

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*