São Paulo viaja para Bolívia com mistério na lateral direita

O São Paulo embarca na tarde desta segunda-feira para a Bolívia sem a escalação do time definida para o duelo de volta da pré-Libertadores contra o Bolívar, quarta-feira. A dúvida está na lateral direita já que Paulo Miranda está de volta, e pode barrar o então titular Douglas.

O mistério de Ney Franco foi criado por conta da boa exibição do zagueiro improvisado no setor na vitória do time reserva contra o Atlético de Sorocaba no Morumbi, por 2 a 1, no último sábado. Paulo Miranda cumpriu suspensão imposta pela Conmebol por conta da expulsão na final da Copa Sul-Americana no ano passado, e não participou da goleada de 5 a 0 sobre o Bolívar no primeiro jogo.

“É que  o Douglas jogou muito bem (contra o Bolívar). Temos duas boas opções para o jogo de quarta. Independentemente de que for escolhido, tenho certeza de vamos estar bem servidos”, disse o técnico.

Na lista de relacionados para a viagem, o treinador vai incluir o Cañete, outro jogador de destaque na vitória dos reservas. Na visão de Ney Franco, a versatilidade do argentino o deixa com boas possibilidades de entrar em campo.

“Colocamos ele (Cañete) para trabalhar mais à frente, pelo lado esquerdo, na função do Osvaldo, mas com característica diferente. Ele não tem a velocidade, mas é muito talentoso. Ele leva a bola para o centro e consegue achar alguém dentro da área. O Cañete tem a facilidade em fazer tabelas se tiver um meia para servi-lo, como temos o Ganso e o Jadson. Ele está sendo adaptado para uma nova formação. Isso ajuda ele a entrar no time”, comentou Ney.

O provável São Paulo para encarar o Bolívar é: Rogério Ceni; Douglas (Paulo Miranda), Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denílson e Jadson; Osvaldo, Luis Fabiano e Aloísio.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*