Capitão reserva, Toloi pode assumir titularidade na fase de grupos

Elogiado até por dirigentes do São Paulo no ano passado, Rafael Toloi iniciou esta temporada  surpreendentemente no banco, mas pode voltar ao time em breve. O jogador, que perdeu a posição para o recém-contratado Lúcio e usou a braçadeira de capitão na vitória dos reservas sobre o Atlético Sorocaba, brigará por espaço caso a equipe confirme a classificação para a fase de grupos da Libertadores.

“Em função desse compromisso com o Bolívar, não quis mexer na estrutura da defesa. Conversando com o jogador, ele me disse que a experiência desde as categorias de base foi sempre pelo lado direito. Assim que passarmos de fase, nos treinamentos, no Campeonato Paulista, a gente pode fazer essa escolha por ele”, diz o treinador.

Rhodolfo é quem pode dançar nessa. Embora não seja habituado a jogar pela esquerda, lado em que atua o camisa 4, Toloi terá tempo para ser testado por ali, já que a primeira partida da fase de grupos do torneio continental está marcada para 13 de fevereiro, contra o Atlético-MG – os outros adversários do grupo 3 são The Strongest (Bolívia) e Arsenal (Argentina).

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net

Com a experiência do Goiás, defensor foi capitão pela primeira vez com a camisa do São Paulo

“Pela experiência que eu tenho, acho que não vai haver problema nenhum. Só preferi entrar com cada um na sua para que não desse nenhum erro contra o Bolívar”, falou Ney Franco, salientando mais uma vez o receio de, pela mudança, jogar por terra a classificação e consequentemente o primeiro semestre.

Titular ou reserva, Toloi vem mostrando personalidade para lutar pelo espaço que não demorou a conquistar no ano passado, assim que foi contratado do Goiás. No sábado, fez jus à braçadeira de capitão que é usada pelo goleiro Rogério Ceni, líder do grupo.

“Ele tem perfil para ser capitão. É um jogador que se comunica bem, tem facilidade para chegar à arbitragem. Ele entende bem a parte tática, sabe cobrar os atletas e já foi capitão no Goiás”, aprovou o comandante são-paulino, que, juntamente com a delegação tricolor, viaja a Bolívia nesta segunda-feira, dois dias antes da partida de volta contra o Bolívar – pela goleada por 5 a 0 no Morumbi, seu time pode perder por até quatro gols de diferença para avançar.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Capitão reserva, Toloi pode assumir titularidade na fase de grupos

  1. o Rafael Toloi é melhor que o Rodolpho e também melhor que o Lúcio. É uma injustiça sacá-lo do time…na minha opinião poderíamos até jogar com uma defesa a 3 e dois alas…nesse caso o Lúcio faria a sobra. Ganharíamos muito nas bolas aéreas e na consistência da defesa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*