São Paulo testa Ganso como titular e pode ver Cañete fazer 3º jogo em mais de um ano

O jogo deste domingo diante da Ponte Preta pode não ter grande sentido para o São Paulo na hora de brigar por posições na tabela. Com a vaga garantida no G-4, o time de Ney Franco dificilmente conseguirá o vice-campeonato e, por isso, já até escalará os reservas na partida da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Para Paulo Henrique Ganso e Cañete, no entanto, a data pode ser especial.

O ex-meia santista deve fazer seu primeiro jogo como titular com a nova camisa. Testado até agora apenas saindo do banco de reservas, o camisa 8 não esconde a vontade de começar entre os 11 desde o apito inicial.

 

“A expectativa é grande de poder atuar os 90 minutos, de atuar com segurança e fazer eu melhor. Me sinto bem e quero ajudar o São Paulo a vencer em Campinas. Espero mostrar minha liderança em campo e o motivo de minha vinda para esse clube”, disse ele ao site oficial.

“É uma partida que vamos tentar vencer, mesmo jogando fora de casa, pois dará moral para o time visando o segundo jogo da Sul-Americana. Vamos jogar no Morumbi e contaremos com o grande apoio da torcida são-paulina”, concluiu.

Além disso, o argentino Marcelo Cañete poderá fazer seu terceiro jogo com a camisa tricolor em mais de um ano. Com um grave problema no joelho direito, ele conhece muito mais o Reffis do que seus próprios companheiros. Relacionado para o banco de reservas, ele só enfrentou até agora o Fluminense e Vasco, no Brasileirão do ano passado.

“Estou pronto para jogar, quero pegar ritmo de jogo. Está chegando o fim do ano e quero terminar bem 2012. Se o Ney Franco me der uma chance, vou estar preparado e concentrado para fazer o meu melhor com a camisa do São Paulo. Quero voltar a jogar, vestir essa camisa e ajudar o São Paulo. A equipe está muito bem no ano e tem tudo para conquistar essa Sul-Americana. Vou torcer muito para isso e espero dar minha parcela de contribuição”, disse o camisa 20.

Depois de enfrentar a Ponte Preta, o São Paulo enfrenta a Universidad Católica pela semifinal da Copa Sul-Americana já nesta quarta-feira. No jogo de ida, o placar terminou em 1 a 1, após o time brasileiro dominar quase todo o jogo e ver Rogério Ceni e sua zaga falharem no gol do rival, que precisa de uma vitória ou de empate de mais de dois gols para avançar à final.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*