São Paulo quer contratar “2 ou 3” reforços para 2015 e descarta veteranos

Jovens de 24 a 26 anos, com bom caráter e comprometidos, que venham para ser titulares. Esse é o perfil dos jogadores que o São Paulo quer contratar para a próxima temporada. E não precisam ser muitos: Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol, disse que o clube está buscando apenas dois ou três atletas para reforçar o reduzido elenco, que se dividia entre duas competições até a última quarta-feira.

O cartola também descartou contratar “veteranos”, como ele classificou atletas com muita idade e rodagem. E citou nominalmente Edu Dracena, 33, zagueiro e capitão do Santos, que recentemente foi apontado como alvo do São Paulo.

“O mundo é dos jovens, meu amigo”, disse ele à reportagem. “Você acha que um velhinho como eu pode fazer alguma coisa? Não que o Dracena não seja um excelente jogador, mas aqui temos uma questão de filosofia. Se quiséssemos zagueiro com experiência, contrataríamos o Lugano, que a torcida adora.”

A contratação do uruguaio, que volta e meia é especulada no Morumbi, sempre é descartada porque a diretoria acredita que é melhor apostar em atletas mais jovens.

Questionado sobre as posições prioritários para reforços, Guerreiro preferiu não indicar nenhuma e disse que novidades podem surgir para qualquer área do campo. O técnico Muricy Ramalho já disse que quer contar com jogadores versáteis, que possam fazer diferentes funções.

Em entrevista recente, Muricy chegou a cobrar mais celeridade nas negociações.

“Realmente está uma coisa muito demorada porque estão pedindo preços exorbitantes”, reclamou o cartola, se referindo ao mercado de transferência. Ele também disse que os reforços estão sendo discutidos constantemente com Muricy Ramalho.

Guerreiro descartou preocupação maior em contratar um substituto para Kaká, que deixará o time no fim da temporada, rumo aos EUA. Na visão da diretoria, Michel Bastos fará a função do atual camisa 8.

“A posição do Kaká está muito bem preenchida pelo Michel Bastos. Mas eu vou dizer uma coisa: bem que eu gostaria de trazer um jogador que desse assim um impacto tão bom como deu o Kaká, mas está difícil.”

De saída?

Quase todos os jogadores do São Paulo têm contrato, pelo menos, até dezembro de 2015. As exceções são Kaká, que deixará o clube, Rogério Ceni, que ainda não comunicou a data de sua aposentadoria, e o lateral Alvaro Pereira, que tem contrato de empréstimo (junto à Inter de Milão) até junho de 2015.

Ataíde Gil Guerrero diz que não existe preocupação agora em negociar a extensão do vínculo do uruguaio, titular absoluto de Muricy, cujo elenco é carente de laterais. O cartola afirma não temer uma possível saída de Pereira, que já poderia assinar um pré-contrato com outro clube a partir de janeiro.

“Se quiser sair, que saia. A lei permite, é direito do jogador. Não vou discutir contrato antes do fim do contrato. Acredito que se foi assinado, é para ser cumprido.”

Questionado sobre se algum dos atuais jogadores do elenco tem proposta para deixar o clube, Guerreiro disse que não foi comunicado por nenhum deles sobre isso.

Além dos “dois ou três” reforços, a diretoria pretende profissionalizar mais jovens de suas categorias de base. A ideia é testá-los no Campeonato Paulista e aproveitá-los depois na Libertadores e no Brasileiro.

O São Paulo treina nesta sexta para enfrentar o Figueirense, domingo, no último jogo no Morumbi pela temporada de 2014.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*