Rogério já foi visto por 20 milhões de pessoas

Quem pode dizer: já vi o M1TO jogar? A pergunta até causa estranheza, mas mais de 20 milhões de torcedores puderam acompanhar de perto as defesas do M1TO e vibrar com as atuações do capitão são-paulino. Em 1183 jogos na carreira, o último no confronto com o Atlético Nacional-COL na noite de quarta-feira (26) quando mais de 45 mil pessoas lotaram o Morumbi, 20.132.450 pagantes presenciaram os jogos do Tricolor com o camisa 01 em campo.

O número é tão expressivo que importantes países não têm 20 milhões de habitantes, como Chile (17 milhões), Grécia (10 milhões), Portugal (10 milhões), Bélgica (10 milhões), Suécia (9 milhões) e Uruguai (3 milhões). Com aproximadamente 200 milhões de habitantes, é como se 10% da população do Brasil já tivesse acompanhado de perto as partidas de um dos maiores ídolos na história do clube.

Nesse período, o maior público que viu o M1TO jogar foi em 2000, na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro (2 x 1), no dia 9 de julho. Na ocasião, 85.841 pessoas assistiram ao duelo entre mineiros e paulistas na decisão e puderam ver Rogério em ação. Em contrapartida, o menor foi em 1994, quando 48 pessoas em uma noite fria de 5 de agosto acompanhou o ‘Expressinho’ no empate por 1 a 1 diante do Novorizontino, no Morumbi, pela Copa Bandeirante.

O time principal, conciliando as disputas de outras competições, estava viajando para o Chile pela Libertadores e, por isso, a comissão técnica optou por dar uma oportunidade aos garotos do Tricolor que marcaram época na década de 90. Sendo assim, no geral, a média nos 1183 duelos com Rogério em campo é de 17.018 torcedores por partida.

Curiosamente, apesar de já ter atuado em jogos com portões fechados, o M1TO disputou uma única partida preliminar na carreira. No entanto, obviamente, o público pagante foi levado em consideração pelo confronto principal entre São Paulo e Grêmio (3 x 1). Antes do embate com os gremistas, no dia 16 de novembro de 1994, o Expressinho havia derrotado o Sporting Cristal pelo mesmo placar no Morumbi.

Vale lembrar que o maior público presente em um dos 123 gols anotados pelo jogador foi no dia 18 de junho de 2000, na final do Campeonato Paulista, quando 74.916 pessoas puderam festejar com o capitão tricolor um dos gols no empate contra o Santos, por 2 a 2, no Morumbi, que rendeu ao clube o troféu estadual daquele ano.

Já o menor público presente em um destes gols foi no dia 10 de novembro de 1997, no empate por 4 a 4 com o Paraná, pelo Campeonato Brasileiro, no Morumbi: 1.991 pessoas. No entanto, curiosamente, Rogério já viveu uma situação peculiar: não pôde vibrar com os torcedores um de seus gols. No dia 12 de maio de 2007, em partida do Brasileirão contra o Goiás, o M1TO marcou um gol em um estádio com portões fechados; Fora funcionários, assistentes, imprensa e contratados, ninguém viu.

 

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*