São Paulo negocia renovação de contrato com Militão por mais quatro anos

O São Paulo deu início à negociação para prorrogar o contrato de Éder Militão por mais quatro anos. O atual vínculo vai até início de 2019. Aos 19 anos, o jovem tem sido um dos destaques da equipe no Campeonato Brasileiro. Ele foi promovido da base por Rogério Ceni no primeiro semestre, e sua versatilidade acabou conquistando a todos no clube.

Quando Militão subiu de Cotia para a Barra Funda, a antiga comissão técnica pretendia usá-lo como volante ou zagueiro. Em alguns jogos, ele atuou pelo lado direito, posição que acabou se consolidando com o atual técnico. Dorival Júnior, descontente, com os desempenhos de Bruno e Buffarini, testou o jogador no setor e ficou satisfeito com o resultado.

Militão tem se destacado no Brasileirão (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Militão tem se destacado no Brasileirão (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Militão disputou 17 partidas no Brasileirão e fez um gol, nos 2×1 sobre o Vitória, no Barradão. Com ele em campo, o São Paulo melhorou bastante na bola aérea, tanto ofensiva quando defensiva.

Antes de ser demitido, Rogério Ceni havia previsto que o pupilo não ficaria por muito tempo no Morumbi. A prorrogação contratual, caso se concretize, não assegura que ele cumprirá o próximo compromisso até o fim. Basta lembrar que Thiago Mendes e Luiz Araújo renovaram até 2021, meses antes de serem negociados com o Lille.

Militão será titular da lateral direita no clássico deste sábado, contra o Santos.

Veja as informações do São Paulo para enfrentar o Santos:

Local: Pacaembu, em São Paulo
Data e horário: sábado, às 17h (de Brasília)
Provável escalação: Sidão, Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei; Petros, Hernanes, Cueva e Marcos Guilherme; Lucas Pratto
Desfalques: Wellington Nem e Morato (cirurgias no joelho direito, só voltam em 2018), Bruno (lesão nas costas) e Brenner (defende a seleção brasileira no Mundial Sub-17)
Pendurados: Sidão, Rodrigo Caio, Petros, Hernanes, Lucas Pratto, Renan Ribeiro, Bruno, Lugano, Jonatan Gómez e Lucas Fernandes
Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa-RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Transmissão: Premiere e PFCI (com Milton Leite e Willian Machado)

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*