São Paulo aumentará proposta por Ganso e pode ceder atletas na transação

Apesar de o Santos recusar a proposta de R$ 11 milhões por 45% dos direitos econômicos do meia Paulo Henrique Ganso, o São Paulo promete não desistir da contratação do camisa 10. O UOL Esporteapurou que os dirigentes são-paulinos enviarão uma proposta financeira maior e, inclusive, colocaram alguns jogadores no “pacote”.

A diretoria do São Paulo já definiu que um dos atletas envolvidos será o lateral esquerdo Juan, emprestado ao Santos até o fim desta temporada. Os dirigentes também não descartam retomar a proposta inicial por Ganso, quando ofereceram Casemiro e Cícero, atletas que interessaram à cúpula santista.

O São Paulo quer ter 100% dos direitos econômicos de Ganso. Por conta disso, o clube do Morumbi adiantou as negociações da compra de 55% dos direitos econômicos pertencentes à DIS, braço esportivo do Grupo Sonda.

Os investidores, que acenaram positivamente com a proposta do São Paulo, continuarão sendo os representantes de Ganso – manobra semelhante à de André. A DIS negociou parte dos direitos do jogador com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, na temporada 2010, mas continuam representando o camisa 9 do Santos.

Desta forma, o São Paulo precisa apenas acertar a compra dos 45% do Santos. Apesar de o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro recusar a proposta de R$ 11 milhões, o clube do Morumbi está empolgado com o desfecho positivo, já que os santistas aceitam “abrir mão” de Ganso por menos de R$ 23,8 milhões, quantia referente à porcentagem a que tem direito.

As negociações entre São Paulo e Santos foram iniciadas nas duas últimas semanas, quando Pedro Luís Nunes Conceição, ex-diretor de futebol e atualmente integrante do Comitê de Gestão do clube, manteve contato com os dirigentes do clube do Morumbi.

Com a venda do meia-atacante Lucas para o Paris Saint-Germain por R$ 108 milhões, o São Paulo prevê dinheiro em caixa para tentar contratar Ganso. Não é a primeira proposta que o São Paulo faz pelo meia. No início do mês, o Tricolor quis contratá-lo por empréstimo de um ano. Ofereceu Casemiro e mais dois jogadores, mas o negócio não vingou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*