São Paulo aumenta oferta por Ganso, e diretoria do Santos se reúne

O São Paulo segue interessado no meia Paulo Henrique Ganso. No final da tarde desta quinta-feira, o Tricolor fez nova proposta pelo camisa 10 do Santos, maior do que a de R$ 11 milhões por 45% dos direitos econômicos do atleta, oferecida há duas semanas.

No início da tarde, o LANCENET! noticiou que o Sampa seguia de olho no meia e observa a situação desgastante do camisa 10 no Alvinegro como aliada. Nesta noite, dirigentes do Peixe estão reunidos na Vila Belmiro para analisar a situação do atleta e estudar a proposta do São Paulo.

– Manifestamos, oficialmente, por carta timbrada, assinada pelo Adalberto Baptista (diretor de futebol), uma proposta para aquisição plena dos direitos do jogador, aumentando o valor da primeira oferta. Não vou revelar em quanto, mas não está longe (de R$ 15 milhões para o Santos)  – disse o vice-presidente são-paulino, Carlos Augusto de Barros e Silva, conhecido como Leco.

Ganso já participou de cinco jogos no Campeonato Brasileiro. Para poder defender outra equipe da Série A ainda na temporada, ele só poderá atuar em mais um.

Na tarde desta quinta, o LANCENET! revelou que o Peixe estuda nova proposta salarial para renovação de contrato e pode se reunir com o meia nos próximos dias. A atitude significa uma volta atrás do presidente Luis Alvaro Ribeiro, que, “de saco cheio”, já tinha dado a questão por encerrada.

A multa rescisória de Ganso é R$ 53 milhões, dos quais R$ 29,2 milhões (55%) são de direitos da DIS. Vale lembrar que, a partir de fevereiro, este valor sofrerá um decréscimo de cerca de R$ 5 milhões pela lei, ficando em torno de R$ 19 milhões e, reformulando o contrato de Ganso até lá, o Santos poderia renegociar a multa.

Após a derrota para o Bahia, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, Ganso foi muito hostilizado por torcedores do Santos, que o chamaram de mercenário. Além disso, alguns vândalos picharam o muro do CT Rei Pelé, pedindo a saída dele do clube.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*