São Paulo agenda reunião com Jardine sobre função de auxiliar

São Paulo quer ter André Jardine como auxiliar do elenco profissional e espera a volta do treinador do Uruguai ao Brasil para discutir o assunto.

O técnico do time sub-20 comandou a campanha da equipe quarta colocada na Libertadores Sub-20 (o Tricolor perdeu a disputa do terceiro lugar para o River Plate do Uruguai nos pênaltis).

Para a ideia virar realidade serão necessárias conversas e análises internas. Há, no entanto, um consenso de que Jardine é um ótimo profissional. Ele é muito elogiado internamente e, inclusive, tem ótima relação com a comissão técnica comandada por Dorival Júnior.

– É uma conversa que ficou agendada para o retorno, com o presidente, o Raí, o Ricardo Rocha… Pessoal do profissional. Preciso ouvir deles o que pensam, qual o projeto, a importância. O que eles têm para mim dentro do clube – disse Jardine, após a participação do São Paulo na Libertadores sub-20.

Jardine ressaltou que está satisfeito no sub-20, mas abriu as portas para a experiência no profissional.

– Hoje eu me sinto valorizado, mas se for ainda mais importante minha presença em outra função, vou estar disposto a ouvir. Vamos tomar a decisão em conjunto – completou.

No São Paulo desde 2015, Jardine conseguiu ser campeão da Libertadores, bicampeão da Copa do Brasil de forma invicta, bicampeão da Copa RS, Copa Ouro e Paulista. Na dupla Gre-Nal, ele conquistou mais de 30 títulos, incluindo Gaúcho, Copa do Brasil e Copa Santiago.

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “São Paulo agenda reunião com Jardine sobre função de auxiliar

  1. Tem que ser o cuca e o jardine de auxiliar técnico o luxa e passado não eo futebol enovado e que nem o pareira eo Felipão são lendas não tem mais dinâmica

  2. Rai;

    A reunião com Jardine , Dorival e Voce precisa ser assim; Como o Jardine entende muito mais que o Dorival sobre estrategia/esquema/aproveitamento de talento em cada posição, alem de ser muito mais CORAJOSO ele deverá ser assessor e não assistente! Se o Dorival não aceitar estas condições o Jardine NÃO DEVERÁ ACEITAR ser apenas assistente. Dorival não vai querer tirar emprego do filho dele que parece não se dar com nenhum jogador do São Paulo e de outros clubes que já passou. Sei que no São Paulo, em má hora já ameaçou o Cueva!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Rai; manter o Dorival parece não ser inteligente de sua parte. Traga o tecnico do Vasco. é jovem e muito atualizado ou crie CORAGEM e promova de uma vez o Jardine e V. junto com o Ricardo arrume um belo guarda chuva junto com o cobertor para segurar as pontas do inicio do Jardine . ELE É BOM !!!!

  3. Demorou para alçar o rapaz para o profissional, não que eu me iluda com os títulos da base, eu acho que devemos ter um auxiliar técnico de carreira para, em caso de necessidade, possa substituir o técnico, buscar novos talentos, acompanhar os jogos dos adversários enfim todas as atividades que hoje ninguém faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*