São Paulo abre o Paulistão tentando superar trauma do ‘Penapolepo’

O Penapolense atingiu o degrau mais alto de sua história em 2014, quando eliminou o São Paulo nas quartas de final do Campeonato Paulista e por pouco não tirou o Santos, finalista com uma vitória por 3 a 2. Na época, o hit “Lepo Lepo” fazia sucesso, e rivais ironizaram os torcedores do Tricolor criando a paródia “Penapolepo”. Quase um ano depois do vexame, e tentando apagar esse trauma recente de sua história, o São Paulo encara o Penapolense logo na abertura do Campeonato Paulista de 2015, neste domingo, às 17h, no estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

Apenas três titulares da equipe derrotada pelo Penapolense em 2014 devem começar jogando neste domingo: Rogério Ceni, que inicia seu 20º Paulistão, o meia Maicon, que ganhou chance como titular graças à lesão de Souza, e o atacante Luis Fabiano. De um ano para cá, o Tricolor perdeu Douglas para o Barcelona e Osvaldo para o Al Ahli, além de ter liberado Alvaro Pereira para o Estudiantes, Pabón para o Monterrey e Wellington para o Internacional. Do resto do grupo, Rodrigo Caio, Ganso e Ademilson tratam problemas e Antonio Carlos não está inscrito no Paulistão.

Muricy Ramalho, que segue no comando do Tricolor, inscreveu 19 jogadores para a estreia do Tricolor, e ainda pode relacionar mais nove nomes. Entre eles podem estar Ganso, Souza, Paulo Miranda, Auro, Ademilson, Rodrigo Caio e os reforços Daniel e Breno, desfalques contra o Penapolense por motivos diversos. Entre as novas contratações, aliás, Bruno, Carlinhos, Thiago Mendes e Jonathan Cafu estão relacionados e poderão fazer suas estreias oficiais pelo clube.

O treinador, contudo, não divulgou a escalação. Ele usou times diferentes nas partidas preparatórias, observou todos os nomes à disposição, mas não confirmou quem sai jogando no primeiro compromisso de 2015. Uma das dúvidas está entre Alan Kardec e Jonathan Cafu, que agradou nos testes a que foi submetido.

UM ANO DEPOIS…

Já o Penapolense, um ano depois de surpreender ao eliminar o Tricolor, tem um grupo bastante diferente. Nomes como Rodinei (Ponte Preta), Guaru (Rio Claro) e Petros (Corinthians) não fazem mais parte do grupo, que tem como principais nomes o volante Washington, ex-Palmeiras, o meia Wellington Bruno, ex-Flamengo, e os atacantes Dimba (ex-Santos) e Diego Rosa. Outra atração é o meia Sérgio Mota, badalado na base do São Paulo, e hoje reserva do Penapolense de Narciso.

FICHA TÉCNICA
PENAPOLENSE x SÃO PAULO

Local: Tenente Carriço, em Penápolis (SP)
Data/Hora: 1º de fevereiro de 2015, às 17h
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa

PENAPOLENSE: Leandro Santos, Arnaldo, Gualberto, Jailton e João Lucas; Gilmak, Washington, Wellington Bruno e Rafael Costa; Dimba e Diego Rosa. Técnico: Narciso.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos; Denilson, Maicon, Thiago Mendes e Michel Bastos; Alan Kardec e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*