Santos sonda São Paulo por Michel Bastos e ouve “não”, mas não desiste

O Santos fez uma consulta ao São Paulo na última semana para saber se o rival aceitaria liberar o meia-atacante Michel Bastos. De imediato, o Tricolor respondeu que não, mas o Peixe não desistiu da ideia. Isso porque o técnico Dorival Júnior se animou com a possibilidade de contar com o jogador.

A situação de Michel Bastos no São Paulo é delicada. Antes de sofrer um estiramento na coxa direita, o camisa 7 se tornou o principal alvo de críticas da torcida tricolor. Após a derrota por 1 a 0 para o The Strongest, na Libertadores, ele foi apontado como pivô de um pacto de silêncio por direitos de imagens atrasados. O acordo não cativou todo o grupo, já que Lugano, Calleri, Alan Kardec e Denis deram entrevistas.

Ciente do momento pelo qual passa Michel Bastos no São Paulo, o Santos decidiu consultar o rival. Caso consiga reverter o “não”, o desejo da diretoria santista é contar com o jogador para a disputa do Campeonato Brasileiro, já que não teria tempo suficiente para que ele fosse inscrito no Paulistão. Só que o Tricolor considera o atleta importante, e não pretende liberá-lo. Michel tem contrato até dezembro de 2017.

Michel Bastos atuou oito vezes na temporada, marcou dois gols e foi capitão da equipe nas primeiras partidas. Após a polêmica, o meia-atacante chegou a ser afastado por Edgardo Bauza por opção técnica, mas voltou a ser utilizado no jogo seguinte e, de pênalti, balançou as redes contra o Novorizontino.

 

Fonte: Lance

3 comentários em “Santos sonda São Paulo por Michel Bastos e ouve “não”, mas não desiste

  1. O Michel Bastos está jogando mal há algum tempo, é verdade. Entretanto o SP não tem ninguém melhor que ele para fazer o lado direito do ataque. O problema atual que o tem impedido até de chutar a gol – seu forte, é a posição em que o trenero de plantão insiste em colocá-lo. Se analisarmos friamente o que vem acontecendo com o time (tipo fazer uma comparação do time de hoje com aquele que encerrou o brasileiro do ano passado) vamos ver que o de hoje está muito pior, apesar das contratações efetuadas. O que mudou de lá pra cá? O cara contratado como grande vencedor que há dois meses no clube ainda não tem noção do que fazer para armar um time ao menos competitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*